Perguntar
Fechar

É possível ter meningite mais que uma vez?

Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

Sim, é possível ter meningite mais do que uma vez, principalmente crianças com menos de 5 anos, pois ainda não têm o sistema imunológico completamente desenvolvido.

Com o tempo, grande parte das pessoas desenvolve anticorpos e fica imune à maioria dos vírus e bactérias que causam meningite, porém a imunidade adquirida é específica para cada tipo de vírus e bactéria.

Isso significa que uma pessoa que teve meningite viral e ficou imune àquele vírus, pode contrair outros tipos de meningites (bacteriana, fúngica) ou ainda novo episódio de meningite viral, causada por um vírus que não teve contato prévio.

Além de vírus, bactérias, fungos e parasitas, a meningite também pode ser causada por lesões físicas, inflamações, doenças vasculares, câncer ou uso de medicamentos - meningite asséptica. Pois existe a reação inflamatória, sem a presença de um agente infeccioso.

Leia também: Uma otite pode virar meningite?

Como ocorre a transmissão da meningite viral e bacteriana?

As meningites virais e bacterianas são transmitidas através do contato direto com pessoas infectadas, que transmitem o micróbio ao falar, tossir, espirrar ou beijar.

No caso da meningite viral causada por vírus que habitam o intestino (enterovírus), a transmissão ocorre também pelo contato acidental, com fezes de pessoas contaminadas, como no uso de objetos contaminados.

Vale lembrar que a doença nem sempre é transmitida por pessoas que estão com meningite. A meningite meningocócica, por exemplo, pode ser transmitida por indivíduos que abrigam a bactéria meningococo na garganta e não estão doentes.

Como prevenir a meningite?

A melhor forma de se prevenir contra a meningite meningocócica é através das vacinas, que protege contra os tipos A, B, C, W e Y. Outras formas de prevenção incluem:

  • Evitar locais com aglomeração de pessoas;
  • Manter os ambientes bem ventilados;
  • Lavar as mãos depois de ir ao banheiro;
  • Limpar e higienizar adequadamente os ambientes.

O tratamento, na maioria dos serviços, se baseia no início precoce da antibioticoterapia, devido ao alto risco de morbidade e mortalidade, e deve ser reavaliado após os resultados de exames.

A resposta ao tratamento depende basicamente do início precoce do tratamento, quanto antes for diagnosticado e tratado, menor a chance de complicações e ou sequelas.

Na suspeita de meningite, procure imediatamente um serviço de emergência médica!

Também pode lhe interessar:

Como saber se tenho meningite?

Meningite deixa sequelas?