Perguntar
Fechar

Existe alguma forma de estimular a ovulação?

Sim, existem formas de estimular a ovulação com medicamentos orais ou injetáveis que melhoram a qualidade e a quantidade de óvulos, aumentando as chances de gravidez.

Os principais medicamentos utilizados para estimular a ovulação são:

  • Comprimidos:

    • Citrato de clomifeno, comercializado com os nomes Clomid, Serofene e Indux;
    • Letrosol, vendido com o nome comercial de Femara;
    • Corticoides (Meticorten) também podem ser usados no tratamento para induzir a ovulação;
  • Medicamentos injetáveis:
    • Gonadotrofina coriônica: São as injeções mais utilizadas. As gonadotrofinas são fabricadas com os hormônios provenientes da urina da mulher na menopausa ou fabricados pela engenharia genética;
    • Hormônios FSH e LH (Puregon, Gonal, Luveris, Menopur, Bravelle, Gonadopin.

O uso de estrogênio e progesterona visa apenas complementar hormônios e não induzir a ovulação.

O objetivo da estimulação da ovulação éfazer ovular as mulheres que não ovulam normalmente ou buscar a ovulação múltipla naquelas que já produzem normalmente 1 óvulo por ciclo.

As doses de medicamento variam de acordo com o objetivo do tratamento, a idade e os antecedentes da mulher, além da experiência do médico.

O tratamento geralmente dura 10 dias, podendo variar entre 5 e 35 dias.

Existe alguma forma de estimular a ovulação naturalmente?

Embora não haja ainda comprovação científica, há indícios de que o consumo de inhame pode eventualmente estimular a ovulação de forma natural, influenciando a fertilidade das mulheres.

Isso porque o inhame possui um fito-hormônio chamado diosgenina, que estimula os ovários, além de ajudar a equilibrar os níveis hormonais das mulheres na menopausa,

O inhame pode ser consumido cru ou cozido, embora o seu efeito seja potencializado na forma de chá feito com a sua casca.

Para maiores esclarecimentos sobre os possíveis métodos de estimular a oculação, fale com o seu médico ginecologista.