Perguntar
Fechar

Quais os benefícios da pera durante a gravidez?

Dra. Juliana Guimarães
Dra. Juliana Guimarães
Doutora em Saúde Pública

Especialmente durante a gestação, o consumo de frutas e o hábito de uma alimentação saudável são essenciais. Os benefícios que as frutas trazem à mãe também são repassados ao bebê e, deste modo, algumas frutas são mais benéficas que outras. A pera se enquadra nesta condição de trazer benefícios importantes para a mulher e o feto durante a período gestacional.

Peras

1. Auxilia na manutenção do peso

A pera é uma fruta que possui alta densidade nutricional. É rica em nutrientes, fibras e possui baixo teor calórico. Isto quer dizer que a pera é capaz de oferecer nutrição e, ao mesmo tempo, auxiliar na manutenção do peso por promover saciedade. Evitar o sobrepeso é importante para que não ocorram complicações durante a gravidez.

2. Promove o bom funcionamento intestinal

Durante a gravidez é comum que os intestinos funcionem de forma mais lenta. Nestes casos, a pera pode ser uma importante aliada para promover o bom funcionamento intestinal. A alta concentração de fibras presentes na fruta ajuda a regular a função e estimula a motilidade intestinal. A maior concentração de fibras da fruta é encontrada em sua casca. Por este motivo, lave bem a pera e consuma sem descascá-la.

3. Ajuda a manter a hidratação

Rica em água e potássio, a ingestão de pera auxilia na hidratação do organismo. Na gravidez o estado de hidratação da mulher deve ser observado, uma vez que a água é importante no desenvolvimento da gestação e formação do bebê. Além disso, o potássio é importante para o bom funcionamento do coração, dos neurônios e do coração.

4. Promove reforço ao sistema imunológico

A grande quantidade de vitamina C presente na pera ajuda a fortalecer o sistema imunológico a mulher grávida e ajuda a evitar gripes infecções. Estes distúrbios podem ser bastante prejudiciais durante a gestação.

Uma pera média possui cerca de 101 Kcal. Sua composição nutricional é de 0,2 g de gordura, 27,1 g de carboidratos, 0,6 g de proteínas e 5,5 g de fibra e 149,4 g de água. É rica em vitamina C, vitaminas do complexo B, vitamina E e K. Contém altas concentrações de potássio, cálcio, magnésio e fósforo e médias quantidades de cobre, ferro, manganês, selênio e zinco.

Durante a gravidez é ainda mais importante que a mulher tenha uma alimentação saudável, rica em nutrientes. Isto favorece a prevenção de complicações na gravidez e o desenvolvimento do feto.

Procure um/a nutrólogo/a ou nutricionista para obter um plano alimentar adequado à você e ao seu bebê.

Leia mais

Que alimentos e bebidas devem ser evitados durante a gravidez?

O que fazer em caso de indigestão na gravidez?