Perguntar
Fechar

Alergia

Coceira em alguns pontos do corpo quando tomo banho...
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Precisa procurar um dermatologista e talvez até precise fazer alguns exames, porém pela sua descrição parece que é algum tipo de alergia, sua pele parece sensibilizada a determinados estímulos, isso é muito comum na urticária de origem emocional (desde que a origem não seja conhecida), mas na verdade qualquer coisa que eu escrever aqui estaria apenas "chutando", são só suposições, uma avaliação dermatológica mais aprofundada é necessária para se chegar ao diagnóstico.

Depois de ter gripe tenho muita tosse em crises...
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Pela sua descrição isso pode significar uma alergia do aparelho respiratório (provavelmente asma). Precisa em primeiro lugar ir ao médico para o correto diagnóstico e em seguida fazer o tratamento de acordo com o diagnóstico.

Será que minha namorada tem alergia de mim?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

O site só serve para tirar dúvidas, de maneira nenhuma serve para "consulta médica", sua namorada precisa procurar um médico, preferencialmente quando esteja com as lesões (vai ser mais fácil para o médico fazer o diagnóstico. Com o diagnóstico correto será possível tratar.

Minha namorada tem alergia à massa, bolo, pão, pizza...
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Bom como você mesmo disse ela tem alergia ao produtos derivados de trigo, pode ser alergia ao glúten ou outra substância que esses alimentos possuem. O ideal é ela procurar um médico para fazer o correto diagnóstico e controle dessa alergia.

Fumarato de Cetotifeno usado por 1 ano sem interrupção?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Meu melhor livro de remédios está no consultório, só vou lá na segunda-feira, então na segunda vou dar uma opinião mais detalhada. Porém já posso lhe adiantar se fosse meu filho, jamais estaria usando esse medicamento por tanto tempo. Existem muitos outros medicamentos ou medidas que podem ser adotadas em relação a alergia. Mas tudo tem que ser analisado individualmente, cada caso é um caso. O ideal é uma reavaliação desse tratamento para alergia.

Tenho uma alergia que nunca foi descoberta a causa há anos?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Bom além de rezar, pode também não ficar nervosa. Você sabia que existem alergias desencadeadas por problemas emocionais (quem sabe não está aí a causa para sua alergia que tanto você procura). Caso não encontre sua resposta procure um médico homeopata, talvez ele não te dê a resposta, mas provavelmente encontrará um remédio para curar ou melhorar sua alergia.

Hematologista pode ajudar em emagrecimento e alergia?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Provavelmente não. Hematologista cuida das doenças relacionadas com sangue e medula óssea. Procure um nutricionista para emagrecer e um homeopata ou dermatologista para os problemas de alergia.

Quais são os sintomas de alergia alimentar?

Os sintomas da alergia alimentar se manifestam sobretudo na pele, no aparelho gastrointestinal e no sistema respiratório. Na pele, causa urticária (lesões vermelhas elevadas que coçam muito), coceira, inchaço e inflamação cutânea; no aparelho gastrointestinal provoca diarreia, dores abdominais e vômitos; os sintomas respiratórios incluem chiado no peito, tosse e rouquidão.

Casos mais graves de alergia alimentar podem causar uma reação alérgica grave, conhecida como reação anafilática. Os sintomas são mais intensos, podendo acometer vários órgãos aos mesmo tempo e levar à morte.

As manifestações podem incluir coceira generalizada, tosse, dificuldade para respirar, rouquidão, inchaço nos lábios ou na garganta, cólicas, diarreia, vômitos, desmaio, tontura, confusão mental, arritmias cardíacas e queda da pressão arterial.

Não existes remédios capazes de curar a alergia alimentar ou prevenir novas reações. O tratamento é feito com medicamentos específicos para aliviar os sintomas durante uma crise. Além disso, é fundamental evitar o contato com o alimento que desencadeia a reação.

Veja também: Como saber se meu filho tem alergia à proteína do leite?

Quem tem alergia alimentar grave deve andar com braceletes ou cartões que identifiquem o alimento desencadeante para agilizar os cuidados médicos em caso de ingestão acidental do mesmo. 

Também recomenda-se que indivíduos com história de reações alérgicas graves andem sempre com medicamentos específicos para usar numa crise, como adrenalina, por exemplo.

Veja aqui o que fazer em caso de reação alérgica.

Em caso de manifestação de sinais e sintomas de alergia alimentar, procure um médico alergologista.

Também pode lhe interessar:

Quais são os sintomas de alergia ao ovo?

O que fazer em caso de alergia na pele?

Como saber se tenho alergia ao sol? Quais são os sintomas?

O que pode causar alergia na pele?

A alergia na pele pode ser causada por infecções, alimentos, estresse, medicamentos, contato com produtos de limpeza, bijuterias, cosméticos ou outros materiais ou substâncias irritantes.

A urticária e a dermatite de contato são os tipos mais comuns de alergia na pele. A urticária caracteriza-se pela erupção de lesões vermelhas salientes na pele que causam coceira intensa.

Já a dermatite ou eczema de contato manifesta-se por erupções que coçam, deixam a pele vermelha e causam bolhas, inchaço, descamação e sensação de queimação.

A urticária pode ter diversas causas: medicamentos, insetos, alimentos, frio, sol, calor, pressão sobre a pele, hepatite A ou B, citomegalovírus, H. pylori, fungos, parasitas, além de doenças como tumores e sarcoidose.

Veja também: Como saber se tenho alergia ao sol? Quais são os sintomas?

O eczema de contato é causado pela ação direta de algumas substâncias sobre a pele, que atuam como agentes irritantes. As principais causas desse tipo de alergia na pele são o uso de cosméticos (esmalte, batom, lápis de olho, tinta para cabelo, xampus, sabonetes, perfumes, condicionadores), cremes, pomadas, loções, bijuterias, produtos de limpeza, entre outros.

Vale lembrar que, no caso da dermatite de contato, a alergia na pele surge depois de algum tempo de uso do produto e não logo na primeira vez em que ele é usado.

Em caso de alergia na pele, consulte um médico dermatologista para determinar a causa da alergia e receber o tratamento adequado.

Saiba mais em:

O que fazer em caso de alergia na pele?

Alergia ao frio causa que tipo de sintomas?

O que é urticária?

O que fazer em caso de alergia na pele?

Em caso de alergia na pele, aplique uma compressa fria no local para diminuir o inchaço. Para aliviar a coceira, aplique loção de calamina ou pomadas com aveia coloidal ou bicarbonato de sódio. Além disso, se já tiver um remédio antialérgico indicado pelo médico para tomar em caso de reação alérgica, tome.

Se a alergia na pele for causada por picada de inseto, lave o local da picada com água e sabão neutro, tome um medicamento analgésico para aliviar a dor e siga os procedimentos acima.

Esteja atento aos sintomas. Os ataques alérgicos leves desaparecem espontaneamente ou reagem aos medicamentos anti-histamínicos (antialérgicos).

A presença de um ou mais desses sinais e sintomas pode indicar uma reação alérgica grave e a pessoa precisa receber atendimento médico com urgência:

  • Dificuldade para respirar;
  • Inchaço nos lábios ou na garganta;
  • Desmaio;
  • Tontura;
  • Confusão mental;
  • Batimentos cardíacos acelerados;
  • Urticária (lesões vermelhas na pele, parecidas com vergões, que surgem rapidamente e coçam muito);
  • Cólicas;
  • Náuseas e vômitos.

Saiba mais em: O que fazer em caso de reação alérgica?

A alergia na pele pode ser causada por infecções, alimentos, estresse, medicamentos, contato com produtos de limpeza, bijuterias, cosméticos ou outros materiais ou substâncias irritantes.

Veja também: 

O que pode causar alergia na pele?

Quais são os sintomas de alergia nas mãos e quais são as causas?

Para determinar a causa da alergia e receber o tratamento adequado, consulte um médico dermatologista ou alergologista.

Como saber se meu filho tem alergia à proteína do leite?

Os sintomas da alergia à proteína do leite de vaca normalmente aparecem logo após a ingestão do leite e manifestam-se principalmente na pele, causando dermatite (inflamação cutânea) e urticária (lesões vermelhas elevadas que coçam muito). Pode haver também sintomas respiratórios e gastrointestinais associados, como chiado no peito, nariz escorrendo, vômitos e diarreia.

A alergia à proteína do leite também pode se manifestar depois de horas ou dias da pessoa ter bebido leite. Nesses casos, os principais sintomas são o vômito e a diarreia, podendo haver ainda presença de sangue nas fezes. As reações na pele e no aparelho respiratório podem ou não estar presentes.

As reações alérgicas que se manifestam rapidamente são desencadeadas por anticorpos (IgE), sendo facilmente diagnosticadas através do teste na pele ou análise do sangue.

Já as alergias que demoram para se manifestar são mais difíceis de serem detectadas, pois não são mediadas por anticorpos e podem dar resultados negativos nos testes de pele e sangue. Além disso, muitas vezes essas alergias provocam doenças crônicas que não são relacionadas à alergia à proteína do leite, o que dificulta mais o diagnóstico.

A grande maioria das pessoas com alergia à proteína do leite de vaca consegue tolerar poucas quantidades de leite após excluir da alimentação o leite e os laticínios que causam alergia durante cerca de 3 anos. Algumas crianças e adultos podem até mesmo deixar de serem alérgicos ao leite depois de evitar o alimento durante esse período.

É importante lembrar que alergia à proteína do leite e intolerância à lactose não são a mesma coisa. Pessoas intolerantes à lactose têm dificuldade em digerir a lactose, que é o açúcar do leite. Os sintomas mais comuns nesses casos incluem dor abdominal, diarreia, gazes, flatulência, inchaço abdominal e vômitos.

Saiba mais em: Quais são os sintomas de intolerância à lactose?

Se o seu filho apresentar algum dos sintomas mencionados no artigo após ingerir leite, consulte o médico pediatra ou o médico de família da criança.

Também pode lhe interessar:

Quais são os sintomas de alergia ao ovo?

Quais são os sintomas de alergia alimentar?

Como saber se meu bebê tem alergia ao calor e o que fazer para tratar?

Como saber se meu bebê tem alergia ao calor e o que fazer para tratar?

Os sintomas da alergia ao calor em bebês manifestam-se através de pequenas bolinhas parecidas com bolhas, que aparecem sobretudo no tronco, pescoço, axilas e dobras da pele, causando coceira e queimação.

Contudo, os sinais e sintomas da alergia ao calor podem variar conforme o tipo de alergia. Há casos em que podem ocorrer lesões mais profundas e avermelhadas nas axilas, virilhas e regiões em que há maior atrito da pele, gerando coceira.

O tratamento da alergia ao calor em bebês inclui cuidados para refrescar a pele e evitar o suor excessivo, de maneira a aliviar o desconforto e melhorar as lesões.

Para isso, recomenda-se manter a casa fresca e bem ventilada, colocar roupas leves no bebê, aplicar um pano molhado sobre as regiões afetadas, usar água morna ou à temperatura ambiente para dar banho ao bebê, deixar a pele do bebê secar naturalmente após o banho, passar cremes no bebê apenas com orientação do médico pediatra e não usar amaciante para lavar as roupas do bebê.

Em casos de infecções decorrentes da alergia, o tratamento pode incluir medicamentos corticoides e antibióticos.

É importante lembrar que não existe propriamente alergia ao calor. O que acontece é que o tempo quente favorece a obstrução das glândulas que produzem suor, dando origem a reações inflamatórias na pele.

O que as pessoas geralmente chamam de "alergia ao calor" na realidade é uma inflamação da pele chamada miliária, popularmente conhecida como brotoeja. Suas principais causas são o excesso de roupa, ambientes quentes e úmidos e febre alta.

Se o seu bebê apresentar algum desses sintomas, consulte o médico pediatra.

Também pode lhe interessar: Como saber se meu filho tem alergia à proteína do leite?