Perguntar
Fechar

Cardiologia

O que é alteração inespecífica da repolarização ventricular?
Dra. Janyele Sales
Dra. Janyele Sales
Medicina de Família e Comunidade

Uma alteração inespecífica da repolarização ventricular significa uma alteração na onda T do eletrocardiograma, muito observada em hipertensos e indivíduos acima de 40 anos. Na maioria dos casos não é sinal de doença, daí a designação "inespecífica", é possível que pessoas completamente saudáveis possam apresentar alterações inespecíficas da repolarização.

A onda t do eletrocardiograma representa a repolarização ventricular, que é a fase em que o coração está se preparando para uma nova contração.

As alterações da repolarização ventricular podem ser localizadas, nesses casos é especificado no resultado do eletrocardiograma o local do coração em que ocorrem, por exemplo, alteração da repolarização ventricular em parede anterior, inferior, ântero-septal, lateral, etc.

Embora, de modo geral, uma alteração na repolarização ventricular não signifique que exista alguma doença cardíaca, muitas doenças do coração podem provocar essa alteração no eletrocardiograma. Algumas condições e doenças em que essa alteração é comum:

  • Hipertensão arterial;
  • Insuficiência cardíaca;
  • Valvulopatia;
  • Hipertrofia ventricular esquerda (aumento do volume do músculo cardíaco);
  • Idade avançada;
  • Obesidade;
  • Pacientes que já sofreram infarto;
  • Gravidez.

O médico poderá esclarecer se há algum motivo para alteração da repolarização ventricular ou se trata-se apenas de um achado de exame sem repercussões, de acordo com o caso específico do paciente. 

Alteração da repolarização ventricular no ECG?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Este tipo de alteração é muito comum em hipertensos e pessoas acima de 40 anos, na maioria das vezes não tem nenhum significado (na maioria das vezes não é sinal de alguma doença).

Existe tratamento para coração inchado e água no pulmão?
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

Sim existe tratamento. 

A água no pulmão na verdade é uma das consequências do coração "inchado", ambos podem ser tratados e atingir a cura quando diagnosticado precocemente.

O coração inchado é o aumento do coração, conhecido no meio médico por Cardiomegalia. Esse aumento do coração enfraquece o músculo cardíaco, fazendo com que não haja força suficiente para bombear o sangue para todo o corpo, e como consequência a pessoa pode apresentar sinais e sintomas característicos, podemos citar os mais comuns:

  • Fraqueza
  • Falta de ar aos esforços
  • Fadiga
  • Acumulo de líquido no pulmão ("água no pulmão")
  • Aumento da pressão arterial
  • Tosse seca persistente
  • Edemas (principalmente nas pernas). 

As causas para desenvolver a cardiomegalia são diversas, como hipertensão arterial sem controle adequado, infarto agudo do miocárdio, infecções ou viroses que atinjam o músculo cardíaco (miocardite), hábitos ruins como alcoolismo e uso de drogas ilícitas, e mais raramente pode ser decorrente de causas genéticas.

O tratamento se baseia no controle dos sintomas através de medicamentos, sendo os mais utilizados: a furosemida, espironolactona, carvedilol, metoprolol, enalapril e captopril, associados a orientações alimentares, evitar sal e gordura e adotar estilo de vida mais saudável, com atividade física regularmente. Como última opção, quando todos os tratamentos são falhos, pode ser indicado transplante cardíaco.  

O médico/a especialista para esse caso é o cardiologista. Sempre que houver queixas de dor no peito, cansaço aos esforços, tosse persistente e ou edema nas pernas, deve agendar consulta com o especialista que solicitará exames para definir o caso e dar continuidade ao tratamento.

Pode lhe interessar também:

Quais são as principais doenças cardiovasculares e suas causas?

Veja como identificar um infarto

O que é dispneia e quais são as causas?

ECG - Eletrocardiograma
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

1 - O que é ritmo sinusal?

É o ritmo normal do coração, é o ritmo proveniente do marcapasso natural do coração.

2 - O que significa alterações inespecíficas da repolarização ventricular?

Geralmente é uma achado de exame comum em pessoas acima dos 40 anos e em pessoas com pressão alta, não tem nenhum significado clínico, ou seja não significa doença  (geralmente).

O que é desvio do coração? Isto é perigoso?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Depende em qual exame esse desvio foi verificado, o tipo e o grau do desvio, mas na maioria das vezes não tem nenhum significado médico numa criança de 6 anos.

Porque o coração acelera quado fico nervosa ou levo susto?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Porque você está viva e isso faz parte do seu sistema de proteção defesa\ataque, a descarga de adrenalina em situações de risco faz seu coração acelerar para melhorar sua capacidade de resposta aos estímulos que lhe parecem ofensivos.

Distúrbio no ramo direito do coração, é grave?
Dra. Janyele Sales
Dra. Janyele Sales
Medicina de Família e Comunidade

Geralmente distúrbios no ramo direito do coração isoladamente não representam gravidade, podem inclusive aparecer em pessoas assintomáticas e aparentemente saudáveis, contudo esse tipo de distúrbio também podem ser sinal de alguma doença cardíaca preexistente que exige maior atenção e cuidado.

O distúrbio da condução do ramo direito se refere a interrupção parcial do impulso elétrico que percorre o ramo direito do feixe de His, que é um conjunto de fibras que transmitem os impulsos elétricos do nó atrioventricular até os ventrículos. Quando ocorre interrupção total da transmissão desse impulso elétrico tem-se o bloqueio completo do ramo direito. 

Algumas doenças que podem estar relacionadas ao bloqueio de ramo direito são:

  • Cardiopatia hipertensiva
  • Infarto agudo do miocárdio
  • Doença de Chagas
  • Cardiomiopatia dilatada idiopática

Consulte o seu médico de família, clínico geral ou cardiologista, para que ele possa fazer uma melhor análise dos sintomas, sinais e resultados de exames e assim fazer o diagnóstico mais adequado.

Pode também lhe interessar:

O que é Doença de Chagas

Quais são os sintomas da Insuficiência Cardíaca?