Perguntar
Fechar

Crescimento

Queria saber até quando os seios crescem?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

O corpo de mulher, incluindo os seios, podem sofrem modificações durante toda sua vida. Quando a mulher engorda os seios tendem a aumentar de tamanho porque são moldados por gordura e o inverso ocorre quando a mulher emagrece. Antes da menstruação tendem a estar maiores por causa dos hormônios. Quando a mulher engravida, pela primeira vez, as glândulas mamárias terminam seu desenvolvimento e os seios tendem a tornarem-se maiores. Algumas mulheres tem um grande crescimento das mamas durante a gestação, porém os seios tendem a regredir, em parte, após ela parar de amamentar.

Falando em crescimento que ocorre na fase juvenil, geralmente ele para por volta dos 18 anos de idade, porém ele se modifica muito pouco após os 16 ou 17 anos. Portanto no seu caso que está com 17 anos: o corpo que você tem é este ai, não vai mudar muito.

Qual remédio pode ser usado para aumentar a altura?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Após o fechamento dos núcleos de crescimento não é mais possível crescer, geralmente isto ocorre bem antes dos 20 anos nas mulheres, não adianta tomar remédio para crescer com 21 anos de idade, a não ser que você faça uma radiografia e ainda tenha núcleos de crescimento abertos ai sim o remédio faria algum efeito, mas tudo isso precisa ser feito com a avaliação de um especialista em crescimento ou endocrinologista.

Não tome medicamentos sem orientação médica, hormônios de crescimento são muito perigosos quando usados sem orientação e acompanhamento médico.

Existe alguma forma para estimular o crescimento?
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

Sim, existem formas de estimular o crescimento em crianças com baixa estatura.

Entretanto, o tratamento varia conforme as causas do crescimento inadequado e pode incluir:

  • Correção de hábitos alimentares (inadequados);
  • Orientação para uma alimentação adequada para a idade;
  • Estímulo à atividade física;
  • Orientações quanto a necessidade de sono adequado;
  • Tratamento oral:
    • Medicamentos, Suplementos alimentares
    • Hormônio do crescimento (GH).

Os medicamentos e os suplementos são indicados em casos de doenças ou carências nutricionais que afetam o crescimento.

Já o hormônio do crescimento é utilizado em casos de deficiência hormonal ou para corrigir casos de atraso de desenvolvimento.

Quais alimentos podem estimular o crescimento?

Os alimentos que auxiliam no crescimento são aqueles que são ricos em cálcio e proteínas. O cálcio é um mineral essencial para um crescimento saudável e para a resistência dos ossos. Já as proteínas são a matéria prima utilizada pelo organismo para a produção e crescimento dos músculos.

Alguns alimentos ricos em cálcio:

  • Leite, queijo;
  • Sementes de gergelim;
  • Salsa, espinafre, couve;
  • Sardinha;
  • Amêndoas;
  • Carne de caranguejo.

Alguns alimentos ricos em proteínas:

  • Carnes, aves, peixes;
  • Ovos (clara);
  • Queijo parmesão;
  • Soja;
  • Leguminosas (feijão, ervilha, lentilha, grão de bico, amendoim);
  • Amêndoas, castanhas, nozes.
Atividade física pode estimular o crescimento?

Sim. Os exercícios físicos, além de estimular a liberação de hormônio do crescimento, ajudam a evitar o sobrepeso e a obesidade, condições que atrapalham o desenvolvimento.

Crianças acima do peso crescem mais rápido e antes do tempo, porém param de crescer mais cedo, resultando em uma baixa estatura, ou uma estatura menor do que a esperada de acordo com as características familiares.

Dormir estimula o crescimento?

O sono é fundamental para o crescimento, pois é durante o sono que a maior parte do hormônio do crescimento é fabricado e liberado. Principalmente na fase do sono REM.

Logo que anoitece, a glândula hipófise, localizada no cérebro, aumenta a produção do hormônio do crescimento, que se espalha pelo corpo e estimula a produção de outro hormônio pelo fígado.

Este último hormônio atua na cartilagem que envolve os ossos, estimulando a produção de células que expandem os ossos.

O hormônio do crescimento também atua na quebra das células de gordura e na produção dos músculos.

É durante o sono que as pessoas crescem. Por isso, recomenda-se que crianças com até 2 anos de idade devam dormir 12 horas por noite, mesmo que não seja de forma contínua. A partir dos 2 anos até à adolescência, bastam 8 horas de sono por noite para garantir um bom crescimento. 

Como é o tratamento com hormônio do crescimento?

O uso do hormônio de crescimento é indicado nos casos em que há uma deficiência deste hormônio. O tratamento é feito com injeções no tecido subcutâneo, logo abaixo da pele, através de canetas aplicadoras e praticamente não causam dor.

O hormônio de crescimento também pode ser usado em crianças quem não têm deficiência do hormônio em questão, mas que apresentem uma velocidade de crescimento muito baixa e todos as outras causas já foram excluídas pelo/a médico/a pediatra e ou endocrinologista.

Nesses casos, se após 6 meses de tratamento com o hormônio, a criança apresenta melhora do crescimento, o tratamento deve ser fortemente considerado.

É possível estimular o crescimento em adultos?

Não, não é possível estimular o crescimento em adultos porque a cartilagem do osso já se fechou. Depois que as cartilagens se fecham, já não é possível crescer mais.

Isso ocorre, em média, por volta dos 18 anos, mas varia de acordo com um início mais precoce ou tardio da puberdade. Meninas chegam à puberdade mais cedo do que os meninos, por isso param de crescer antes, por volta dos 14 ou 15 anos.

Mesmo se um adulto tomar hormônio do crescimento, ele não irá crescer e poderá ainda estimular o aparecimento de tumores e acromegalia, uma doença que provoca um crescimento exagerado de nariz, queixo e orelhas.

Saiba mais em: O que é acromegalia?

O principal objetivo de um tratamento para estimular o crescimento é identificar e tratar os fatores que estão prejudicando o crescimento e criar condições para que a criança aproveite todo o seu potencial genético.

O tratamento para estimular o crescimento é da responsabilidade do médico/a pediatra e ou endocrinologista.

Também pode lhe interessar: Nanismo: o que é e quais são as causas?

Quais os efeitos colaterais da utilização do hormônio do crescimento (GH)?
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

O hormônio do crescimento (GH) geralmente causa poucos efeitos colaterais e é bem tolerado, desde que seja utilizado corretamente, segundo a prescrição médica. 

Nos adultos, os principais efeitos colaterais do GH relacionam-se com a retenção de água que o hormônio do crescimento pode promover, causando inchaço, dores articulares ou musculares e formigamentos de extremidades.

Em alguns casos mais raros, podem ocorrer reações no local da aplicação da injeção, como dor e vermelhidão.

O uso de GH pode causar, raramente, hipertensão intracraniana benigna, que provoca dor de cabeça, vômitos, alterações da visão, agitação ou alterações no ato de caminhar.

Como é o tratamento com GH?

O tratamento com hormônio do crescimento é realizado por meio de injeções subcutâneas, aplicadas diariamente em regiões com maior concentração de gordura, como coxas, braço, nádegas ou abdômen. 

Em crianças com baixa estatura que precisam de GH, o uso do hormônio do crescimento é mantido até que a pessoa atinja a altura planejada no início do tratamento.

Para determinar até quando será mantido o GH, não se utiliza a idade, mas sim o crescimento ósseo e o crescimento apresentado pela pessoa até então. Muitas vezes, o uso de GH é mantido até o fim da vida.

O que é GH?

GH é a sigla em inglês para "hormônio do crescimento". O GH está presente em todas as pessoas e é produzido pela glândula hipófise, localizada na base do crânio, sendo muito importante para o crescimento a partir dos primeiros anos de vida.

Quando o uso de GH é indicado?

O tratamento de reposição com hormônio do crescimento é indicado para qualquer pessoa, adultos ou crianças, que tenha deficiência na produção de GH.

Na infância, o GH pode ser benéfico para meninas com Síndrome de Turner devido à baixa estatura das mesmas, bebês com tamanhos pequenos para a idade gestacional, portadores da Síndrome de Prader-Willi, crianças com insuficiência renal crônica, entre outras indicações.

Existem contraindicações para o uso de GH?

Sim, há casos e situações em que o uso do hormônio do crescimento não é indicado, tais como:

  • Câncer;
  • Presença de tumores benignos dentro do crânio;
  • Diabetes descompensado;
  • Retinopatia diabética;
  • Complicações após cirurgia cardíaca, cirurgia abdominal, traumatismos;
  • Insuficiência respiratória aguda. 

O hormônio de crescimento (GH) deve ser prescrito pelo médico endocrinologista.

Saiba mais sobre o assunto nos links:

Existe alguma forma para estimular o crescimento?

Até que idade uma pessoa cresce?

Tenho 16 anos e 1,61m o que preciso fazer para crescer mais?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Precisa ir ao médico (endocrinologista ou neuroendocrinologista ou pediatra ou qualquer médico) que possa começar uma investigação para apurar as causa de sua baixa estatura e a partir do diagnóstico planejar um tratamento.

Tenho 19 anos, posso tomar o remédio GH para crescimento?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Somente pode tomar os remédios que seu médico prescrever. Pode tomar GH, mas não vai mais crescer não, na sua idade crescer é muito improvável. Para o uso desse medicamente precisa de uma avaliação para ver se ainda pode crescer se não poder mais crescer de nada adiante tomar o medicamento, procure um endocrinologista.

Tenho 13 anos e 1,71 m de altura, vou crescer mais?
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

Depende. O principal fator que determina se ainda deverá crescer, é a puberdade. O crescimento normal de uma criança/adolescente se dá até que ocorra a puberdade.

A puberdade começa, em média, entre os 12 - 14 anos, exatamente a sua idade, portanto é preciso saber se desenvolveu as características da puberdade, ou seja, os caracteres sexuais secundários esperados no processo da puberdade.

No caso dos meninos, em média aos 9 anos e meio começam a aparecer essas características, como o crescimento do pênis e testículos, aparecimento de pelos ao redor do pênis, axilas, barba e no peito, aumento dos músculos, alargamento dos ombros, mudança no tom da voz, que se torna mais grave, e por fim o marco da puberdade do menino, que é a primeira ejaculação.

Nas meninas, as mudanças típicas do início da puberdade se iniciam aos 12 anos de idade, em média, quando apresenta aumento na altura e no peso, alargamento da cintura, aumento dos quadris, surgimento do broto mamário, aumento dos seios gradativamente, crescimento dos pelos, odor nas axilas, até a primeira menstruação. 

Podemos dizer que até o marco da puberdade do menino ou da menina, ainda podem crescer.

Lembrando que o crescimento está relacionado a diferentes fatores, os principais são a herança genética, sistema neuroendócrino, hábitos alimentares, fatores externos e atividade física.

Deste modo, para melhor avaliação e esclarecimento de suas dúvidas, agende uma consulta com pediatra ou médico/a da família.

Pode lhe interessar também:

Até que idade uma pessoa cresce?

Até quando a mulher cresce?

Em que idade o pênis começa a crescer?

É ainda possível crescer com 19 anos?
Dra. Janyele Sales
Dra. Janyele Sales
Medicina de Família e Comunidade

É mais difícil, mas ainda existe alguma possibilidade. A maioria das pessoas sejam homens ou mulheres atingem a estatura da idade adulta e deixam de crescer por volta dos 18 anos, algumas pessoas podem parar o crescimento um pouco antes, outras um pouco depois. 

Isto ocorre porque o crescimento permanece até a calcificação e amadurecimento de todas as cartilagens de crescimento do nosso corpo e esse processo persiste até por volta dessa idade.

Além disso, o crescimento depende de muitos fatores, por isso, é difícil responder com precisão até qual idade a pessoa continuará crescendo e qual altura final irá atingir.

Alguns fatores que podem influenciar o processo de crescimento e a estatura final são:

  • Genética;
  • Nutrição;
  • Doenças;
  • Urbanização;
  • Atividade física;
  • Estresse.

Para uma avaliação mais detalhada sobre o seu crescimento procure o seu médico de família ou clínico geral.

Para mais informações, leia:

Até que idade uma pessoa cresce?

Existe alguma forma para estimular o crescimento?

Tenho 19 anos e 1,64m. Tem como eu crescer 1cm?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Precisa procurar um médico especialista em crescimento, geralmente uma sub-especialidade de um endocrinologista.

O que é acromegalia?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Acromegalia é uma doença causada pela produção excessiva de hormônio do crescimento (GH). Nos adultos, a acromegalia caracteriza-se pelo crescimento de partes moles, como pele, músculos, tendões e cartilagens. Em crianças e adolescentes, a doença provoca um aumento exagerado do crescimento, sendo por isso chamada de gigantismo.

Quase todos os casos de acromegalia são causados por um tumor benigno na hipófise, que é a glândula responsável pela produção e secreção do hormônio de crescimento.

Em adultos, os sinais e sintomas da acromegalia muitas vezes são confundidos com as mudanças físicas resultantes do envelhecimento, como crescimento das mãos, pés, nariz, orelhas e lábios, alargamento da testa, proeminência do queixo, perda de dentes, espaçamento entre os dentes e aumento do tórax.

Outros sinais e sintomas incluem:

⇒ Espessamento e aumento da oleosidade da pele;

⇒ Transpiração excessiva, sobretudo nas mãos;

⇒ Problemas respiratórios, cardiovasculares, gastrointestinais, musculoesqueléticos, neurológicos e visuais.

Por ter uma evolução lenta, a acromegalia muitas vezes é diagnosticada tardiamente, cerca de 7 anos após o início dos sintomas. Os pacientes normalmente procuram um médico devido às complicações decorrentes da doença, como pressão alta, insuficiência cardíaca, dores articulares, tendinites, dor de cabeça, entre outras.

O atraso no diagnóstico pode trazer outras complicações causadas pelo crescimento do tumor, como perda da visão. Além disso, o diagnóstico tardio reduz as chances de sucesso do tratamento cirúrgico.

O tratamento da acromegalia é cirúrgico, na grande maioria dos casos. A cura depende sobretudo do tipo de tumor e se houve invasão de estruturas adjacentes à hipófise.

Mesmo quando a cirurgia não é capaz de curar a acromegalia, ela pode amenizar os sintomas pois diminui o tamanho do tumor, descomprimindo estruturas e normalizando os níveis hormonais. 

Se a cirurgia não normalizar os níveis hormonais, o tratamento da acromegalia pode ser feito com medicamentos e radioterapia. Apesar da radioterapia ajudar a controlar o crescimento do tumor, a normalização hormonal nem sempre acontece e pode levar vários anos até ser alcançada.

O medicamento mais eficaz para tratar a acromegalia é o pegvisomanto, capaz de regular os níveis de hormônio de crescimento em mais de 90% dos casos.

O/a especialista responsável pelo diagnóstico e tratamento da acromegalia é o médico/a endocrinologista.

Também podem lhe interessar: 

Continuar crescendo depois de adulto, o que pode ser?

Existe alguma forma para estimular o crescimento?

Queria saber quando uma adolescente (menina) para de crescer?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

A mulher geralmente para de crescer por volta de 2 a 3 anos após iniciar as menstruações.

Até quando o homem cresce?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Até mais ou menos 16 ou 17 anos, as vezes um pouco até os 18.