Perguntar
Fechar

Fluxo Menstrual

Como reduzir o fluxo menstrual?
Dr. Ivan Ferreira
Dr. Ivan Ferreira
Médico

Para reduzir o fluxo menstrual existem tratamentos hormonais, no entanto é necessário saber se o fluxo menstrual é intenso e se há alguma causa para isso. Algumas mulheres têm um fluxo menstrual intenso sem causa aparente ou simplesmente sentem-se desconfortáveis com o seu fluxo menstrual. Para essas situações o médico poderá indicar o uso de anticoncepcionais orais, injetáveis ou implantes hormonais, que diminuem ou eliminam o fluxo menstrual. 

O fluxo menstrual intenso (menorragia) pode ser causado por distúrbios como o sangramento uterino disfuncional, endometriose, pólipos, adenomiose e mioma. Nesses casos, a redução do fluxo menstrual é conseguida após o tratamento desses distúrbios.

A menstruação é um sangramento que ocorre a cada 25 a 35 dias, dura de 2 a 7 dias, com uma perda de 20ml a 80ml de sangue. Os fluxos menstruais que não correspondem a essas características são considerados anormais.

O ginecologista ou o endocrinologista podem ser consultados para diagnosticar e tratar os problemas relacionados ao ciclo menstrual.

Saiba mais em: O que fazer para aumentar ou diminuir o fluxo menstrual?

Pílula do dia seguinte pode adiantar e reduzir a menstruação?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Sim. A pílula do dia seguinte pode adiantar e reduzir a menstruação.

A pílula do dia seguinte contém hormônios que irá desregular o ciclo menstrual habitual da mulher. Com esse desequilíbrio, a menstruação poderá vir depois do esperado ou antes.

Principalmente no ciclo posterior à tomada da pílula do dia seguinte, pode haver alteração na característica do sangramento menstrual. A mulher pode apresentar um sangramento reduzido e antes do período esperado para vir a menstruação.

Isso ocorre por causa da desregulação provocada pela medicação. Depois desse ciclo desregulado, a menstruação da mulher voltará ao padrão anterior.

A pílula do dia seguinte não é abortiva, por isso ela não impede a gravidez que já esteja efetivada.

Leia também:

A pílula do dia seguinte pode atrasar minha menstruação?

O que fazer para aumentar ou diminuir o fluxo menstrual?
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

O tratamento para aumentar ou diminuir o fluxo menstrual vai depender de cada caso.

É possível aumentar o fluxo menstrual através do uso do DIU (dispositivo intrauterino), por exemplo. Já para diminuir o fluxo menstrual intenso existem diversos tratamentos, que incluem desde o uso de medicamentos hormonais à histerectomia (remoção cirúrgica do útero).

Dentre os medicamentos usados para reduzir o fluxo menstrual estão:

- Injeção anticoncepcional progesterona, ou progesterona combinado a estrogênio

- Estrogênio oral

- Anticoncepcionais orais

- Medicamentos antifibrinolíticos

Os tratamentos não-medicamentosos para diminuir o fluxo menstrual incluem:

- Curetagem uterina: Através de uma raspagem ou sucção do útero, a curetagem acaba com sangramentos intensos sem prejudicar a fertilidade da mulher. No entanto, esse método cirúrgico não trata a causa da menstruação abundante e os fluxos vão continuar a ser intensos se outro tratamento, definitivo, não for iniciado.

- Tamponamento: Trata-se da introdução de um balão com líquido na cavidade uterina. Após 3 horas, cerca de metade desse líquido é retirado e, se não houver mais sangramento, o balão é retirado. Se o sangramento persistir ou for muito intenso, o balão pode ser mantido no útero por 12 horas.

- Histerectomia: A retirada do útero é a última opção de tratamento para fluxos menstruais abundantes, sendo indicada quando todos os outros métodos falham, e a mulher já possui idade mais avançada, família constituída e não desejar mais engravidar.

- Ablação endometrial: Acaba de vez com o fluxo menstrual intenso, pois destrói definitivamente o endométrio. Porém, não é recomendado para mulheres que ainda desejam engravidar.

É importante lembrar que antes de tentar aumentar ou reduzir o fluxo menstrual, é preciso saber o que está por trás da menstruação escassa ou abundante. Consulte um médico ginecologista para receber um diagnóstico adequado e o tratamento mais indicado de acordo com o caso.

Saiba mais em:

Dúvidas sobre menstruação, sangramentos, escapes

Como reduzir o fluxo menstrual?

Anticoncepcional pode mudar a coloração da menstruação?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Pode sim. Quando a mulher começa a tomar anticoncepcional, geralmente sua menstruação muda de características (tanto em número de dias, quantidade e aspecto do fluxo menstrual.

Posso manter o anticoncepcional mesmo tendo reduzido muito o meu fluxo menstrual?
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

Sim. Nos casos de alterações no fluxo da menstruação é importante manter o anticoncepcional que está em uso, e agendar consulta com ginecologista, pois a redução do volume do fluxo menstrual faz parte da ação do anticoncepcional.

A menstruação ocorre devido um estimulo hormonal na camada interna do útero, chamado endométrio, que se torna mais espessa para receber e nutrir o feto; quando não ocorre a gestação esse endométrio descama dando origem ao sangramento.

O anticoncepcional age impedindo o estimulo hormonal no útero, e consequentemente, impedindo o aumento e maior concentração de sangue neste endométrio, com isso quando descama, na menstruação, a quantidade do fluxo sanguíneo esperada é bem menor.

Antes fazer qualquer alteração na forma de uso do anticoncepcional a mulher deve primeiro passar por uma consulta com o/a médico/a ginecologista, para avaliação e orientações adequadas.

Pode também lhe interessar: