Perguntar
Fechar
Fiz um exame de sangue - TSH e o resultado deu alterado?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

O resultado deste exame significa que você tem hipotireoidismo. O ideal é aguardar 30 dias, refazer o exame e se continuar alterado vai ter que começar a tratar. Procure seu médico ou um endocrinologista.

Exame do hormônio tireoestimulante (TSH) alterado...
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

O ideal é a confirmação desse resultado alterado com a repetição do exame em um tempo específico a critério do seu médico, confirmada a alteração tem indicação de tomar remédio e continuar investigação para averiguar a tireoide.

Quais são os sintomas de tireoide alterada?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Os sintomas de tireoide alterada surgem quando a tireoide não está funcionando adequadamente ou por produzir hormônios em excesso (hipertireoidismo) ou em quantidades insuficientes (hipotireoidismo), o que pode ocorrer em homens e mulheres, em qualquer etapa da vida.

Os sintomas de tireoide alterada são:

  • Hipotireoidismo:

    • Falta de energia;
    • Lentidão;
    • Diminuição da frequência cardíaca (o coração bate mais devagar);
    • Intestino preso;
    • Perda de memória;
    • Cansaço excessivo;
    • Intolerância ao frio;
    • Dores musculares e articulares;
    • Sonolência;
    • Pele seca;
    • Unhas quebradiças;
    • Queda de cabelo;
    • Ganho de peso;
    • Irregularidade menstrual;
    • Depressão.
  • Hipertireoidismo:
    • ​Aceleração dos batimentos cardíacos;
    • Ansiedade;
    • Irritabilidade;
    • Problemas para dormir;
    • Aumento de apetite;
    • Perda de peso;
    • Diarreia;
    • Fraqueza;
    • Tremores;
    • Aumento da transpiração;
    • Apesar de se sentir com muita energia, a pessoa também se sente muito cansada;
    • Olhos saltados.

Leia também: Quais são os sintomas de tireoide alterada?

Um sintoma que também pode surgir, tanto no hipo como no hipertireoidismo, é o aumento no volume da tireoide, chamado bócio

A presença de nódulos é outro problema frequente da tireoide, mas apenas em 5% dos casos eles são malignos.

Saiba mais em: Quais os sintomas de um nódulo na tireoide?

A tireoide é uma glândula que está localizada na parte anterior pescoço, logo abaixo do Pomo de Adão ("gogó") e que produz os hormônios T3 (tri-iodotironina) e T4 (tiroxina), que agem em todos os sistemas do corpo humano.

A tireoide atua na função de órgãos como, coração, cérebro, fígado e rins, além de desempenhar um importante papel no crescimento e desenvolvimento das crianças e adolescentes, regulação dos ciclos menstruais, fertilidade, peso, memória, concentração, humor e controle emocional.

O diagnóstico e o tratamento das alterações na tireoide são da responsabilidade do médico endocrinologista.

Também podem lhe interessar:

Quais são os sintomas de câncer de tireoide?

Nódulo na tireoide é perigoso? Qual é o tratamento?

Hormônio da paratireoide (PTH) alto: quais os sintomas e como tratar?

Hormônio da paratireoide (PTH) baixo: quais os sintomas e tratamento?

Meu exame de sangue TSH ultra sensível deu 0,07 uUI/ml...
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Seu exame está alterado e pode significar que sua tireoide está com a produção de hormônio alterada (o diagnóstico só com seu médico...), provavelmente não deve ser por causa da sibutramina.

Quais os sintomas de nódulo na tireoide?
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

O principal sinal de um nódulo na tireoide é a presença de um caroço na região anterior do pescoço, em frente à garganta. Contudo, nem todos os nódulos crescem ao ponto de ser notado, e a maioria deles não causa sintomas específicos, pelo menos no início da doença.

Quando existem sintomas, estes são provocados pela produção excessiva dos hormônios da tireoide, pelo nódulo ou pela compressão de estruturas adjacentes ao tumor, no caso dos nódulos grandes.

Se o nódulo produzir hormônios tireoidianos em maior quantidade, a pessoa irá apresentar sintomas de hipertireoidismo, o que pode incluir ansiedade, irritabilidade, insônia, aumento de apetite, emagrecimento, diarreia, cansaço, fraqueza, tremores, aumento da transpiração e olhos arregalados.

Veja também: Quais são os sintomas de tireoide alterada?

Esse tipo de nódulo de tireoide é chamado de hiperfuncionante, uma vez que produz grandes quantidades de hormônios.

Por outro lado, existem também os nódulos de tireoide que não produzem hormônios, chamados hipofuncionantes, mas que podem causar sintomas se começarem a crescer e comprimir estruturas vizinhas. 

Esses nódulos costumam ser grandes e podem ser notados se a pessoa palpar a região do pescoço conhecida por "gogó", localizado na parte anterior do pescoço, ou quando ela se olha ao espelho e visualiza o caroço na garganta. 

O crescimento exacerbado do nódulo também pode comprimir outros órgãos e estruturas vizinhas causando: dificuldade para engolir ou até respirar, rouquidão ou engasgos. Nódulos de tireoide grandes também dão a sensação de que existe um "caroço na garganta".

A presença de um nódulo na tireoide requer atenção, já que o principal sinal de câncer de tireoide é o aparecimento de um nódulo ou inchaço no pescoço. Embora grande parte dos casos de câncer de tireoide sejam assintomáticos, ou seja, sem qualquer sinal ou sintoma, alguns sintomas podem estar presentes, sem que seja dada a devida importância, como a tosse persistente, dificuldade para engolir, rouquidão prolongada ou alteração na voz.

Saiba mais em: Quais são os sintomas de câncer de tireoide?

Vale lembrar que a maioria dos nódulos encontrados na tireoide são tumores benignos, sem risco de evoluir para um tumor maligno (câncer).

Mesmo assim, a presença de nódulos, cistos ou caroços na tireoide devem ser avaliados por um médico endocrinologista, pois somente através de testes específicos será possível determinar se o caso é de um tumor benigno ou maligno.

Leia também: Nódulo na tireoide é perigoso? Qual é o tratamento?

Também podem lhe interessar:

Um nódulo benigno pode virar maligno?

O que pode causar tireoide alterada?

Caroço no pescoço, o que pode ser?

Meu exame de T4 livre deu... O que significa?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Exame dentro dos limites da normalidade. Qualquer valor entre 0,5 e 5 é considerado normal, porém somente seu médico pode fazer a correta interpretação desse resultado, baseado nos motivos que o fizeram solicitar esse exame.

Resultado do TSH deu <0,01, o que quer dizer?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Um valor de TSH menor que 0,01 indica que esse hormônio está alterado e abaixo do valor considerado normal.

O que é o TSH ultra sensível?

O TSH é a sigla do Hormônio Estimulante da Tireoide. Ele é produzido na glândula hipófise e atua estimulando a glândula tireoide a produzir os seus próprios hormônios (T3 e T4). Todos esses hormônios são responsáveis por estimular o metabolismo corporal.

O TSH ultra sensível é o exame laboratorial realizado para avaliar os níveis deste hormônio no sangue.

O nome dele é ultra sensível pois esse exame tem uma sensibilidade elevada e é capaz de detectar mesmo os valores bem baixos do hormônio. Ele é o teste de escolha para diagnosticar hipertireoidismo. É um exame simples realizado a partir da amostra de sangue e, em geral, é solicitado pelo médico juntamente com outros exames de sangue.

Para que serve o TSH?

O hormônio TSH é importante para investigar o funcionamento da glândula tireoide. Com o seu resultado, é possível acompanhar e investigar alterações que afetam a produção de hormônios da tireoide.

Qual o valor normal do TSH?

O valor considerado normal do TSH varia entre 0,5 e 5,0 µUI/mL. Esse valor de referência pode variar em função do laboratório, da idade do paciente e do método utilizado para análise.

O resultado do seu exame (menor de 0,01) está abaixo dessa referência. Por isso, pode-se dizer que o seu TSH está baixo.

O que significa um TSH baixo?

Um valor baixo de TSH pode indicar uma funcionalidade elevada da glândula tireoide, o que pode ser devido a:

  • Hipertireoidismo
  • Tumores da hipófise
  • Uso de medicamentos (corticoides, dopamina, levodopa)
  • Estresse
  • Ansiedade
  • Distúrbios alimentares
  • Doses altas de levotiroxina utilizada no tratamento do hipotireoidismo

O desajuste no tratamento do hipotireoidismo pode provocar uma redução excessiva do TSH. Por isso, quem faz tratamento com uso de hormônio levotiroxina (Puran T4®) deve realizar um acompanhamento médico contínuo para avaliar a necessidade de ajuste da dose diária do remédio.

O TSH desejável de quem faz uso da levotiroxina é entre 0,3 e 3,0 µUI/mL.

Quais os sintomas do TSH baixo?

A pessoa com TSH baixo pode apresentar sintomas de um metabolismo acelerado como:

  • agitação e irritabilidade
  • ansiedade e nervosismo
  • problemas para dormir
  • aumento do apetite
  • perda de peso
  • fadiga
  • fraqueza muscular
  • tremores
  • pele quente e úmida
  • aumento da transpiração
  • aceleração dos batimentos cardíacos (taquicardia)
  • evacuações frequentes
  • bócio
  • olhos saltados
  • alterações menstruais
Quais as causas do Hipertireoidismo?

O hipertireoidismo pode ser causado pela Doença de Graves, Ademona Tóxico, ou Bócio Multinodular Tóxico.

Esses acometimentos levam à alteração no funcionamento da glândula tireoide levando a uma alta produção de hormônios T3 e T4. Com isso, há uma supressão na glândula hipófise que, consequentemente, reduz a sua produção de hormônio TSH.

TSH baixo na gravidez

Durante a gestação, a função tireoidiana deve ser monitorizada adequadamente pois os hormônios produzidos pela mulher devem ser suficientes para ajustar os metabolismo fetal e materno.

Por isso, os valores de referência do TSH durante a gravidez é diferenciado. Um valor acima de 2,5 µUI/mL deve ter um acompanhamento mais específico e, por vezes, é indicado o uso de medicação para atingir o valor desejável do hormônio.

Valores de TSH baixo na gestação podem indicar hipertireoidismo. Quando ele é leve e moderado, pode ser controlado com o acompanhamento clínico. Porém, caso a gestante tenha sintomas importantes, o tratamento é indicado.

Diante desse resultado de exame, é importante marcar uma consulta com o médico que solicitou o exame para que ele possa dar seguimento ao seu caso clínico e indicar o melhor acompanhamento possível de acordo com sua história pessoal.

Leia também:

O que significa TSH ultra sensível alterado?

O que é hipertireoidismo e quais os sintomas?

Nódulo na tireoide é perigoso? Qual é o tratamento?

Referências:

Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia

Sociedade Americana de Tireoide

Fiz exame de TSH e deu um pouca aumentado...
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

è uma pequena alteração que isoladamente não confirma o diagnóstico de hipotireoidismo, precisa levar esse exame a um médico para continuar a investigação.

Quais são os sintomas de câncer de tireoide?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

O principal sinal de câncer de tireoide é a presença de um nódulo ou inchaço no pescoço, que pode ser detectado através do autoexame. Outros sintomas incluem dificuldade para engolir, tosse persistente, rouquidão ou alteração na voz que não passa. Porém, a maioria das pessoas com câncer na tireoide não apresenta sintomas.

O câncer de tireoide afeta principalmente mulheres com mais de 35 anos. Apesar de atingir também os homens, o tumor é cerca de 4 vezes mais frequente nas mulheres.

Os principais fatores de risco para desenvolver a doença são o histórico familiar de câncer de tireoide e a exposição à radiação, principalmente durante a infância ou adolescência.

Muitas vezes os sintomas do câncer na tireoide passam despercebidos ou são confundidos com outras doenças. Por isso, mais da metade dos casos de tumores malignos na tireoide é detectada em estágio avançado.

Se for diagnosticado no início, o câncer de tireoide tem grandes chances de cura. O diagnóstico é feito através da introdução de uma agulha fina no nódulo para retirar material que é analisado ao microscópio. 

O tratamento do câncer de tireoide pode incluir cirurgia, terapia com iodo radioativo, radiação externa e quimioterapia. As opções de tratamento dependem do tipo de tumor e da ocorrência de metástase (disseminação do câncer para outras partes do corpo).

Na cirurgia, normalmente é removida toda a glândula tireoide, além dos gânglios linfáticos alterados e que estão próximos ao local. Após a retirada da tireoide, a pessoa deverá tomar hormônio tireoidiano (comprimidos) continuamente para sempre. 

Saiba mais em: Tireoidectomia: quais os riscos e as consequência da cirurgia da tireoide?

Na terapia com iodo radioativo, é aplicada uma pequena dose de iodo radioativo para destruir o tecido que não foi removido na operação. Esse tratamento também serve para combater o câncer que se disseminou para outras partes do corpo.

radiação externa serve para destruir as células doentes e diminuir o tumor. Esse tratamento é especialmente indicado para casos de câncer de tireoide avançado em que não é possível realizar a cirurgia.

Já a quimioterapia consiste no uso de medicamentos específicos para eliminar as células tumorais.

O diagnóstico e tratamento do câncer de tireoide é da responsabilidade do/a médico/a endocrinologista e/ou cirurgiã/o especialista em cabeça e pescoço.

Saiba mais em:

Quais os sintomas de um nódulo na tireoide?

Nódulo na tireoide é perigoso? Qual é o tratamento?

O que pode causar tireoide alterada?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

A tireoide alterada (hipotireoidismo ou hipertireoidismo) pode ter diversas causas e acometer  mulheres, homens, adultos e crianças, embora seja mais comum em mulheres. 

hipotireoidismo (queda na produção dos hormônios T3 e T4) é causado principalmente por uma inflamação denominada Tireoidite de Hashimoto, uma disfunção autoimune que leva o organismo a produzir anticorpos que danificam a tireoide, reduzindo assim a sua capacidade de produzir os hormônios. 

Já o hipertireoidismo (produção excessiva dos hormônios T3 e T4) pode ser causado por:

  • Doença de Graves: doença autoimune que provoca aumento do volume da tireoide (bócio). É a causa mais comum de hipertireoidismo;
  • Nódulo tóxico: presença de um único nódulo na tireoide que produz muito hormônio tireoidiano (veja também: Quais os sintomas de um nódulo na tireoide?);
  • Bócio multinodular tóxico: vários nódulos na tireoide que produzem excesso de hormônio tireoidiano além de causar aumento do volume da glândula;
  • Tireoidite subaguda: inflamação da tireoide que provoca um aumento doloroso da glândula;
  • Tireoidite pós-parto: pode ocorrer vários meses após o parto, os sintomas do hipertireoidismo podem durar meses, sendo frequentemente seguido por diversos meses de sintomas de hipotireoidismo (fadiga, cãibras, inchaço e ganho de peso);
  • Tireoidite silenciosa: assemelha-se à tireoidite pós-parto, mas não está relacionada com a gravidez e não é acompanhada por dor na tireoide;
  • Ingestão excessiva de iodo: substâncias com altas concentrações de iodo, como comprimidos, certos expectorantes e amiodarona (medicamento usado para tratar arritmias cardíacas);
  • Superdosagem de hormônio tireoidiano: pessoas que tomaram altas doses de hormônio tireoidiano para tratar hipotireoidismo.

O diagnóstico e o tratamento da tireoide alterada devem ser realizados pelo clínico geral ou endocrinologista.

Também pode lhe interessar:

Problema na tireoide pode causar queda de cabelo?

Quais são os sintomas de câncer de tireoide?

Nódulo na tireoide é perigoso? Qual é o tratamento?

Hormônio da paratireoide (PTH) alto: quais os sintomas e como tratar?

Tireoidectomia: quais os riscos e as consequência da cirurgia da tireoide?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

A cirurgia de retirada da tireoide pode acarretar em algumas complicações como:

  • Formação de quelóide no local da cicatriz;
  • Infecção local;
  • Hipoparatireoidismo e consequente hipocalcemia (queda dos níveis de cálcio no sangue);
  • Paralisia transitória das cordas vocais com alteração temporária da voz;
  • Necessidade do uso de hormônio tireodiano;
  • Hematoma no local da cirurgia;
  • Dor e desconforto na região cervical.

Em geral, a cirurgia da tireoide é bem tolerada e apresenta boa resolutividade.

A tireoidectomia é indicada em alguns casos como tratamento do hipertireoidismo, bócio, câncer da tireoide, nódulos ou cistos suspeitos.

Também pode lhe interessar: Quais são os sintomas de câncer de tireoide?

Após a realização da cirurgia, a pessoa deve realizar as orientações do pós operatório passadas pelo/a médico/a.

Gostaria de saber o resultado do exame de TSH que fiz...
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

Significa que está um pouco acima da faixa da normalidade.

Os valores normais do TSH ultra sensível, de acordo com as referências do laboratório, variam entre 0,34 e 5,60 micro UI/ml, e o valor encontrado no seu exame de sangue foi de 7,56; portanto um pouco acima do normal.

O que é TSH ultra sensível?

O TSH (hormônio estimulante da tireoide) ultra sensível, é o exame laboratorial que avalia os níveis desse hormônio no sangue. O TSH é um hormônio produzido pela glândula hipófise, responsável por estimular a tireoide a produzir os hormônios T3 (triiodotironina) e T4 (tiroxina). Os hormônios da tireoide por sua vez, são responsáveis por estimular o metabolismo do corpo.

Os níveis de TSH, T3 e T4 são controlados por um ciclo de retroalimentação entre a hipófise e a tireoide. Quando os níveis de T3 e T4 estão abaixo do normal, a hipófise recebe um sinal e libera mais TSH para estimular a glândula tireoide a produzir mais hormônios. Da mesma forma, quando os níveis de T3 e T4 estão acima ou dentro da faixa de normalidade, a liberação de TSH é reduzida, mantendo sempre esse equilíbrio hormonal.

Causas de TSH ultra sensível alterado TSH ultra sensível aumentado

A causa mais comum de TSH aumentado é o hipotireoidismo, doença autoimune da tireoide, bastante comum na nossa população, sobretudo em mulheres adultas. No hipotireoidismo, a tireoide produz uma quantidade insuficiente de hormônios T3 e T4, com isso a hipófise tenta compensar aumentando o estímulo na tireoide através da liberação de mais TSH.

Leia também: O que é hipotireoidismo e quais os sintomas?

Outras causas de TSH elevado são: Uso de medicamentos como lítio, metimazol, propiltiouracil ou após ser submetido a exames com contraste.

TSH ultra sensível diminuído

Situações que causam a redução da produção de TSH são aquelas em que os hormônios da tireoide estão aumentados, como o hipertireoidismo, tumores da hipófise, ou o uso de medicamentos como glicocorticoides, levodopa ou dopamina.

Ainda podem ser causas de alteração do TSH, o estresse, ansiedade e distúrbios alimentares.

Para maiores esclarecimentos e orientações sobre o seu caso, recomendamos agendar uma consulta com médico/a endocrinologista.