10 Motivos para Mudar de Anticoncepcional

Os principais motivos para mudar de anticoncepcional são os efeitos colaterais que o medicamento pode provocar. Se a mulher não estiver se sentindo bem com o anticoncepcional oral, injetável ou adesivo, é preciso tentar um outro que provoque menos reações adversas.

Alguns motivos (efeitos colaterais) que podem fazer a mulher mudar de anticoncepcional:

  1. Hemorragias entre as menstruações;
  2. Ausência de menstruação;
  3. Dor de cabeça;
  4. Náuseas e vômitos;
  5. Tontura;
  6. Cólicas menstruais;
  7. Dor nas mamas;
  8. Prurido vaginal;
  9. Alterações emocionais e da libido;
  10. Variações de peso.

No entanto, a troca de anticoncepcional também pode ser indicada para tratar problemas específicos, como ovários policísticos, TPM e acne.

Publicidade

A pílula anticoncepcional com progesterona, por exemplo, melhora a TPM e os sintomas pré-menstruais.

A escolha do novo medicamento, porém, deve obedecer a vários critérios para que seja o mais indicado para a paciente. Além do histórico clínico e familiar da mulher, é importante levar em consideração as doses hormonais que variam de acordo com o anticoncepcional.

Por essa razão, a mudança de anticoncepcional deve ser feita com orientação e supervisão de um médico ginecologista.