Pergunte ao Médico
Como Funciona

Dor nos Seios

Dor nos bicos dos seios. O que pode ser?

Dor nos mamilos (bicos dos seios) podem ter várias causas, normalmente associadas a um aumento dos hormônios estrogênio e progesterona circulantes, ou a alterações locais. Abaixo, cita-se algumas dessas causas:

  • gravidez
  • período pré- e pós-menstrual
  • pré-menopausa e menopausa
  • uso regular de contraceptivos orais, drogas terapia de reposição hormonal e alguns tipos de antidepressivos
  • seios muito grandes
  • irritação local pelo uso de sabonetes e detergentes irritantes à pele do mamilo e aréola
  • amamentação, quando ocorrem fissuras nos mamilos
  • infecções, como micoses.

É importante ficar atenta a alguns outros sintomas, que, se associados, podem indicar doença potencialmente grave:

  • Prurido e edema no mamilo
  • Formação de fissuras
  • Hemorragia (sangramento)
  • Aparecimento de caroços ou inchaços ao redor da aréola
  • Descarga de secreção espontaneamente pelo mamilo

Para uma melhor avaliação, é necessário consultar médico ginecologista ou mastologista.

Leia também:

O que é doença de Paget? Quais os sintomas?

Tenho bolinhas nos mamilos. O que pode ser e o que fazer?

Mamilos sangrando. O que pode ser e o que fazer?

Estou sentindo meus seios inchados e doloridos, o que pode ser?

Seios inchados e doloridos podem ser causados por diversas situações, sendo as mais frequentes: período pré-menstrual (TPM), alterações hormonais, uso de anticoncepcional, gravidez, etc.

A principal causa de inchaço e dor nos seios quando a mulher não está grávida são as alterações hormonais que ocorrem durante o ciclo menstrual. Esses sintomas tendem a piorar nos dias antes de menstruar, na fase pré-menstrual.

Os próprios anticoncepcionais hormonais também podem deixar os seios inchados, sendo outra causa comum de inchaço nas mamas.

Procure o/a médico/a ginecologista, clínico/a geral ou médico/a de família para uma avaliação completa e detecção da causa do inchaço e dor nos seios.

Leia também:

Seios inchados fora do período menstrual, o que pode ser?

Anticoncepcional deixa os seios inchados?

Após a menstruação meus seios continuam muito doloridos...

Seios doloridos e inchados é realmente comum antes da menstruação (coisa que incomoda as mulheres e os homens), porém como você mesmo disse isto tende a passar assim que a menstruação desce, geralmente quando não passa significa que a mulher tem algum tipo de distúrbio hormonal (geralmente com excesso de hormônios), mas voltando a sua pergunta que fala sobre a menopausa (na menopausa existe a falta dos hormônios), então acredito que isso não deve ser decorrente da menopausa, até porque em teoria faltam uns 5 anos para você chegar na menopausa. Provavelmente o que você tem é apenas uma alteração hormonal que na maioria das vezes tende a melhorar em poucos dias (as vezes meses). O importante lembrar que você já tem 45 anos então deve fazer a mamografia regularmente.

Senti muita dor nos seios, posso estar grávida?

Se você teve relações sexuais sem usar nenhum método contraceptivo existe sim a chance de ser gravidez, mas o principal sintoma é o atraso menstrual. Os outros sintoma juntos com o atraso menstrual são importantes. Dor nos seios sem mais nada associado é somente dor nos seios e mais nada, não significa gravidez, a princípio.

Nódulo na mama que doí muito é câncer?

Você já deve ter feito exames para avaliar o tipo de nódulo que você tem na mama e ele provavelmente não é câncer, mas para saber só fazendo os exames. Na sua idade os nódulos são, geralmente benignos. Dieta para nódulo de mama "é novidade para mim".

Apareceu um caroço no meu seio esquerdo...

Pela sua descrição parece um nódulo causado por algum tipo de infecção ou inflamação, pode ser até uma coleção de pus (abcesso), mas só há um jeito de ter certeza do que é, você precisa ser examinada por um médico, procure ajuda.

Tomar duas pílulas de anticoncepcional faz mal?

Tomar duas pílulas de anticoncepcional juntas não faz mal.

Porém não há necessidade de tomar mais de uma pílula por dia, isso não irá aumentar a eficácia do anticoncepcional.

As pílulas anticoncepcionais foram planejadas para serem tomadas 1 a cada dia e de preferência no mesmo horário todos os dias.

Essa situação de tomar 2 pílulas no mesmo dia pode acontecer quando a mulher esquece de tomar uma pílula, e então ela deve tomar a pílula esquecida o mais breve possível. Quando o esquecimento ocorre, alguma falha pode acontecer e é recomendado o uso de outro método anticoncepcional em conjunto como o preservativo masculino ou feminino para garantir a proteção.

Caso a mulher tome duas pílulas no mesmo dia, no dia seguinte ela deve continuar a tomar a medicação normalmente tomando um comprimido por dia. Dessa forma, ela terminará a cartela um dia antes do previsto.

Mesmo assim, deve fazer a pausa prevista de acordo com o anticoncepcional (alguns 7 dias e outros 4 dias) e começar a nova cartela como habitualmente.

Também pode lhe interessar: 2 pílulas de anticoncepcional tem o mesmo efeito da pílula do dia seguinte?

Dor e coceira nos seios, o que pode ser?

Dor e coceira nos seios podem ocorrer quando as mamas incham, ficando doloridas e a pele estica devido ao inchaço, causando assim coceira.

Os seios podem ficar doloridos e inchados devido às mudanças hormonais que ocorrem durante o ciclo menstrual, principalmente próximo à menstruação.

Durante a gravidez, as mamas também podem ficar doloridas porque as glândulas mamárias aumentam, preparando-se para o armazenamento do leite.

coceira nos seios pode ser uma alergia a algum produto, como sabonetes, cremes ou tecidos que estiveram em contato com os seios.

Outras causas de coceira nas mamas incluem:

  • Pele seca;
  • Escabiose ("sarna");
  • Micoses de pele;
  • Banhos quentes;
  • Tumores mamários;
  • Picadas de insetos;
  • Alergia alimentar;
  • Exposição ao sol.
Coceira no bico da mama, o que pode ser?

Coceira no bico da mama com vermelhidão e descamação pode ser eczema, também chamado de dermatite. Trata-se de uma inflamação da pele decorrente de alguma alergia.

O tratamento do eczema é feito com cremes à base de corticoide, que promove uma melhora rápida dos sintomas.

Porém, coceira e vermelhidão constante no bico do seio, mais especificamente na região da aréola (ao redor do bico), pode ser um tipo raro de câncer de mama, chamado doença de Paget.

Os sintomas da doença de Paget são:

  • Coceira no mamilo ou na aréola (geralmente é o primeiro sintoma);
  • Feridas na aréola ou bico do seio;
  • Eliminação de secreção;
  • Dores fortes.

O tratamento da doença de Paget consiste na remoção cirúrgica do tumor.

Saiba mais em: O que é doença de Paget? Quais os sintomas?

Se esses sintomas durarem mais de 10 dias ou não desaparecerem num curto espaço de tempo após o uso de medicamentos específicos para dermatites alérgicas, procure o/a médico/a mastologista ou dermatologista para uma avaliação.

Leia também:

Tenho bolinhas nos mamilo. O que pode ser e o que fazer?

Mamilos sangrando. O que pode ser e o que fazer?

Seios doloridos e sinto algo mexendo na barriga, posso estar grávida?

A probabilidade de estar grávida sempre deve ser pensada em mulheres na idade fértil e com vida sexual ativa.

Em geral, o início da gravidez é marcado pelo atraso menstrual associado a outros sintomas como náusea, vômitos, aumento de sensibilidade nas mamas, etc.

Leia também:

Sintomas de gravidez?

Seios doloridos pode ser um dos sintomas de gravidez, mas, normalmente, o início da gravidez vem acompanhado do atraso menstrual.

O dolorimento nas mamas pode ter outras razões como aproximação da menstruação (TPM), alterações hormonais e o uso de anticoncepcionais hormonais.

Quanto a sentir algo mexendo na barriga, pode ser gases intestinais decorrentes da movimentação habitual do trato digestivo. A movimentação fetal é percebida a partir do ou 5º mês de gestação.

Se a sua menstruação é regular e continua vindo todos os meses, observe melhor quando acontece esse dolorimento dos seios, se é ou não próximo ao período menstrual e se está relacionado com uso de anticoncepcionais hormonais. Caso esse não seja seu caso, você pode procurar o/a ginecologista, médico/a de família ou clínico/a geral para uma avaliação.

Leia também:

Seios inchados fora do período menstrual: o que pode ser?

Sinto minha barriga mexer: o que pode ser?

Tenho dor nos seios 15 dias antes da menstruação?

Não. Nenhum tipo de dor é normal, quando esta dor é repetitiva e sempre na mesma época do ciclo menstrual provavelmente tem relação com as alterações hormonais normais do ciclo menstrual e pode não ser uma doença, porém nunca pode ser considerada normal.

Nódulo em mama direita com dor, o que pode ser?

Nódulo em mama direita com dor pode ser cisto ou fibroadenoma.

A presença de nódulo na mama é uma situação comum nas mulheres. Os cistos e fibroadenomas são as lesões mais comuns dentro das lesões benignas. E as lesões benignas são as mais comuns comparadas com as malignas.

Normalmente, as lesões malignas possuem as características de serem um caroço duro, que não se move, com bordas irregulares e único. Porém, cada pessoa pode haver uma manifestação diferente e não há um único padrão para identificar as lesões malignas.

Após identificar um nódulo na mama, é importante procurar um/a médico/a ginecologista, médico/a de família ou clínico/a geral para um exame detalhado das mamas. Após o exame físico, o/a médico/a pode solicitar algum exame complementar como a mamografia, ultrassonografia ou biópsia do caroço para caracterizar adequadamente o nódulo e saber a natureza dele enquanto benigno ou maligno.

Procure um serviço de saúde para marcar uma consulta.

Anticoncepcional causa dor nos seios?

Alguns anticoncepcionais podem causar aumento da tensão mamária e da sensibilidade nas mamas. A dor é uma sensação pessoal e cada pessoa apresenta um limiar para iniciar a dor.

Dor propriamente dita não é um sintoma causado pelo anticoncepcional, mas como dito anteriormente, cada pessoa apresenta um limiar da dor e, sendo assim, uma sensibilidade aumentada nas mamas pode ser percebida como dor.

Se esta sensação está lhe causando incômodo, é importante consultar o/a médico/a ginecologista, médico/a de família ou clínico/a geral para avaliar a possibilidade de mudança do anticoncepcional por uma outra medicação ou por um outro tipo de método.