Perguntar
Fechar

Colágeno Hidrolisado: para que serve e quais são as contraindicações?

Dra. Juliana Guimarães
Dra. Juliana Guimarães
Enfermeira doutorada em Saúde Pública

O colágeno hidrolisado é comumente utilizado como suplemento alimentar. É produzido a partir de cartilagens e ossos bovinos e é popularmente utilizado para prevenir o envelhecimento, auxiliar na manutenção da firmeza e elasticidade da pele, fortalecer unhas e cabelos, melhorar a saúde dos ossos e articulações e ajudar no tratamento da osteoporose.

É o colágeno a proteína mais abundante no nosso corpo. É importante para a manutenção da elasticidade e firmeza da pele, faz parte da formação das unhas, cabelos, ossos, ligamentos, tendões e dos tecidos que ligam as nossas células umas às outras. Por estes motivos, o colágeno é essencial à nossa saúde.

Colágeno e sustentação da pele

Como atua o colágeno hidrolisado?

Ao ser ingerido, o colágeno é digerido ao passar pelo sistema digestivo onde é quebrado em várias moléculas de aminoácidos. Nos intestinos, estes aminoácidos são absorvidos e transformados em outras moléculas, de acordo com a necessidade do nosso organismo. Portanto, o colágeno ingerido não necessariamente será absorvido pelo corpo e transformado em mais moléculas de colágeno.

Assim, ainda não há estudos que comprovem que o colágeno hidrolisado aumenta a produção de colágeno pelo organismo.

Como estimular a produção de colágeno no seu organismo?

O mais indicado é ingerir boas proteínas e bons aminoácidos. É esta ingestão de boas proteínas que melhora a produção de colágeno no corpo.

Além disso:

  • Aumente o consumo de vitamina C: esta vitamina, além de antioxidante, ajuda na produção do colágeno.

Veja também:

Quais os benefícios da vitamina C?

  • Evite a degradação de colágeno: a degradação do colágeno pode ser evitada com a ingestão de antioxidantes (como a vitamina C) e antioxidantes como o ômega 3;
  • Evite uma alimentação rica em carboidratos simples: em sua rotina alimentar evite alimentos como açúcar refinado, arroz branco, massas brancas, bolachas, e outros açúcares que não existem na natureza. A ingestão de grandes quantidades destes açúcares promove a glicação, um processo que provoca a inflamação da pele e que favorece a degradação do colágeno;
  • Prefira uma alimentação rica em carboidratos complexos: dê preferência a alimentos como batata doce, massas integrais, arroz integral.
  • Evite excessiva exposição ao sol, que ajuda a degradação do colágeno, e utilize protetor solar;
  • Evite uso de álcool e tabaco: ambos os hábitos ajudam a degradar o colágeno;
  • Pratique atividade física.

A única contraindicação para quem deseja usar o colágeno hidrolisado é alergia aos componentes da fórmula.

Converse com seu médico/a ou nutricionista para definir as melhores proteínas e aminoácidos a serem ingeridas no seu plano alimentar.