Febre: quando é hora de procurar um médico?

Dra. Janyele Sales
Dra. Janyele Sales
Medicina de Família e Comunidade

A febre é o aumento temporário da temperatura corporal em resposta a alguma doença ou condição. Uma criança ou bebê tem febre quando a temperatura do corpo está igual ou superior a 37,8°C, quando esta temperatura for medida na axila. Um adulto está febril quando a temperatura está acima de 37,5°C e com febre a partir de 37,8ºC.

Em caso de febre, deve-se procurar um médico se a criança ou o bebê estiver chorando e não conseguir se acalmar, se a pessoa não acordar facilmente ou não acordar, parecer confusa, não conseguir andar, tiver dificuldade para respirar, estiver com unhas, língua ou lábios roxos, tiver dor de cabeça muito forte, apresentar rigidez de nuca, recusar-se a mexer um braço ou uma perna (crianças) ou ainda tiver convulsão.

Febre em bebê e criança: quando procurar um médico?

Bebês e crianças com febre devem ser vistos por um médico pediatra nas seguintes condições:

  • Bebê com 3 meses ou menos, com febre;
  • Febre acima de 40ºC;
  • Febre com mais de 3 a 4 dias que não melhora, ou apresenta picos febris espaçados durante uma semana ou mais;
  • Presença de manchas, erupções ou hematomas na pele;
  • Presença de gemido, convulsões, dificuldade respiratória, vômitos incoercíveis ou sinais de desidratação;
  • Criança se apresenta prostrada ou sonolenta;
  • Presença de doenças crônicas ou graves, como problemas cardíacos, anemia falciforme, diabetes ou fibrose cística;
  • Imunidade baixa devido a tratamento prolongado com corticoide, transplante de medula óssea ou órgão, remoção de baço, tratamento de HIV ou câncer;

A doença provavelmente não é grave se a criança tiver interesse em brincar, estiver comendo e bebendo bem, estiver acordada e sorrindo, apresentar uma cor de pele normal e um bom estado geral quando a temperatura cai.

Febre em adultos: quando procurar um médico?

Um adulto com febre deve procurar um médico nas seguintes situações:

  • Febre persistente por mais de 3 a 5 dias, que permanece por semanas em picos espaçados ou se mantém por mais de uma semana mesmo sendo baixa;
  • Presença de outros sintomas confusão mental, vômitos incoercíveis, dor de cabeça que interfere nas atividades diárias, rigidez de nuca, dificuldade em respirar ou dor no peito, urina mais escura ou dor ao urinar;
  • Presença de manchas, erupção cutânea ou hematomas;
  • Presença de doença grave, como problemas cardíacos, anemia falciforme, diabetes, fibrose cística, DPOC (doença pulmonar obstrutiva crônica) ou outros problemas pulmonares crônicos;
  • Imunidade baixa causada por terapia prolongada com corticoide, transplante de medula óssea ou órgão, remoção de baço, tratamento de HIV ou câncer;
  • Viagem recente para outro país.

Qual é a temperatura normal do corpo?

A temperatura normal do corpo varia entre 36,1ºC e 37,2ºC. Vale lembrar que a temperatura corporal pode variar de acordo com a hora do dia, sendo geralmente mais alta no início da noite. Outros fatores que podem afetar a temperatura do corpo:

  • Fase do ciclo menstrual (na segunda metade do ciclo, a temperatura corporal da mulher pode aumentar em 1ºC ou mais);
  • Atividade física;
  • Emoções fortes;
  • Alimentação;
  • Roupas grossas;
  • Uso de medicamentos;
  • Temperatura ambiente elevada;
  • Umidade do ar alta.

A febre é um importante mecanismo de defesa do organismo contra infecções, já que a maioria das bactérias e vírus que causam infecções prosperam melhor à temperatura de 37°C.

O que fazer para baixar a febre antes de procurar um médico?

Cuidados gerais

  • Retire o excesso de roupas ou cobertores;
  • Mantenha o local com uma temperatura confortável, nem muito quente, nem muito fria;
  • Use uma camada de roupa e um cobertor leve para dormir;
  • Tome um banho morno ou passe uma esponja molhada no corpo para ajudar a baixar a temperatura (essa medida é especialmente eficaz após a administração de medicamentos);
  • Não tome banhos frios nem espalhe álcool pelo corpo, pois esfriam a pele e muitas vezes pioram a situação, causando calafrios, o que aumenta a temperatura do corpo.

Medicamentos

Para bebês com mais de 6 meses de idade e adultos, são indicados medicamentos como dipirona, paracetamol e ibuprofeno, que podem ser administrados quando a criança ou adulto apresenta desconforto importante ocasionado pela febre. O ácido acetilsalicílico (aspirina) não deve ser usado em crianças, exceto com indicação do pediatra.

No caso de bebês com até 3 meses de idade, consulte o médico pediatra antes de administrar os medicamentos.

O tratamento para casos de febre depende da duração e da causa da febre, além de outros sintomas.

Para maiores informações, consulte um médico clínico geral ou um médico de família.