Fico com câimbras quando como doces, o que pode ser?

O aparecimento de câimbras pode não ter relação conhecida com o fato de comer doces, porém uma alimentação inadequada, rica em carboidratos e açúcares e deficiente em sais minerais pode aumentar a retenção de líquidos, contribuindo para o aparecimento das câimbras. Algumas pessoas têm uma maior predisposição para terem câimbras sem que haja uma causa clara para isso.

Porém, existem algumas condições conhecidas que podem aumentar o risco para o aparecimento das câimbras como o calor intenso, que leva à desidratação e à perda de líquidos e sais minerais (magnésio, potássio e cálcio) através do suor; as temperaturas extremas de frio ou calor; os exercícios físicos intensos, principalmente nos casos de mau condicionamento físico, podem alterar reflexos nervosos estimulando à contratura muscular; a má circulação levando à má oxigenação muscular; a perda ou falta de magnésio, potássio e cálcio ocorrida devido à falhas na alimentação, ao uso de medicações ou à tratamentos.

As câimbras podem, ainda, ser mais frequentes em mulheres grávidas, pessoas com diabetes, com insuficiência renal, cirrose hepática, com alterações na tiroide ou no sistema nervoso, em idosos e usuários de medicamentos que causam a perda de magnésio, cálcio, sódio ou potássio.

Quando as câimbras forem frequentes, causarem muito desconforto, não melhorarem facilmente (média de 8 a 9 minutos em adultos e de 2 minutos em crianças) ou forem associadas à outras alterações como fraqueza muscular, inchaço (edema) ou vermelhidão no local deve-se procurar um médico clínico geral para avaliar e orientar o tratamento mais adequado.