Perguntar
Fechar

Minhas fezes estão verdes, o que pode ser?

Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

Fezes verdes podem indicar que você está com algum problema na digestão, e pode evoluir com diarreia.

Durante o processo de digestão, o fígado secreta a bile, um suco digestivo de coloração amarela-esverdeada que serve para dissolver as gorduras. Se o alimento passar rapidamente pelo intestino, como acontece na diarreia, não há tempo para a bile se degradar por completo, o que pode deixar as fezes verdes.

Além disso, as fezes verdes podem ter como causa a ingestão de grandes quantidades de vegetais verde-escuros, como rúcula, couve, brócolis ou espinafre, consumo de alimentos com corantes azuis ou ainda o uso de suplementos de ferro.

6 motivos de fezes verdes

1. Alimentos verde-escuros

Pessoas que consomem muita salada, legumes e verduras de coloração verde-escura, acabam por eliminar parte desse alimento nas fezes, tornando a sua cor mais esverdeada.

Não é sinal de problema na saúde e para resolver, basta reduzir o consumo. São exemplos, o brócolis, espinafre, agrião e couve.

2. Uso de antibióticos

Medicamentos como os antibióticos, atuam eliminando as bactérias do organismo, incluindo as "boas" bactérias da flora intestinal. Por isso, um efeito colateral comum ao seu uso são a diarreia, dores abdominais e a mudança de cor nas fezes, que podem se tornar esverdeadas.

Nesse caso, é importante ingerir bastante água e alimentar-se bem, para evitar a desidratação e a desnutrição, especialmente em crianças. Após o término do tratamento, se a coloração anormal permanecer, procure um médico para avaliação mais detalhada.

3. Estresse e ansiedade

O distúrbio de humor e estresse, tem ação direta no trato digestivo, resultando em dores de estômago, diarreia ou dores abdominais.

Para aliviar os sintomas, converse com o seu médico e mantenha acompanhamento regular com nutricionista e psicólogo.

4. Doenças inflamatórias intestinais

As principais doenças que causam inflamação na mucosa do intestino, e dificuldade no processo de digestão, são a doença de Crohn, as intolerâncias alimentares, síndrome do intestino irritável e doença celíaca.

O tratamento para cada uma dessas doenças é específico, podendo incluir corticoides e imunossupressores. O médico gastroenterologista é o responsável pelo diagnóstico, tratamento e acompanhamento dos casos.

5. Infecção intestinal

As doenças infecciosas, como a salmonelose e giardíase, também aumentam a peristalse do intestino e causam inflamação na mucosa intestinal, fatores que aceleram o trânsito e não permitem a quebra dos sais biliares, que saem nas fezes com a coloração própria, esverdeada.

A infecção pode ter como sintomas associados à diarreia, as dores abdominais, falta de apetite, vômitos e febre. O tratamento poderá incluir o uso de antibióticos, na suspeita de infecção, procure um atendimento médico imediatamente.

6. Ferro oral

O uso de ferro oral, comum entre pessoas que tenham anemia por carência desse mineral, podem apresentar como efeito colateral, a coloração escura ou esverdeada das fezes. Trata-se da eliminação de parte do medicamento não absorvida.

Não é um sinal de alarme ou preocupação, porém deve ser informado ao médico que o prescreveu a medicação, para manter acompanhamento e controle adequados.

Se nenhuma dessas condições se aplicam ao seu caso, deve consultar o/a médico/a clínico/a geral, médico/a de família ou procurar diretamente o/a gastroenterologista para uma avaliação mais detalhada.

Leia também:

Cocô verde em crianças ou adultos, o que pode ser?

Fezes com muco, o que pode ser?

Referências:

  • FBG - Federação Brasileira de Gastroenterologia
  • Anna Nowak-Węgrzyn, et al.; Food protein-induced enterocolitis syndrome (FPIES). UpToDate. Apr 10, 2019.
  • Michael Auerbach, et al.; Treatment of iron deficiency anemia in adults. UpToDate. Oct 07, 2020.