Perguntar
Fechar
Fezes com muco, o que pode ser?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Fezes com muco pode ocorrer em situações normais, uma vez que o muco é um componente secretado pelo intestino grosso e que, às vezes, é eliminado junto com as fezes quando há um aumento dos movimentos intestinais, como ao comer algum alimento com efeito laxante.

No entanto, quando o muco torna-se frequente, abundante e aparece acompanhado de outros sinais e sintomas pode significar a presença de algum distúrbio intestinal, tais como:

1. Disenteria

Trata-se de uma perda líquida caracterizada pela presença de sangue e muco nas fezes. Normalmente é causada por alguma bactéria ou vírus que invadiu a mucosa intestinal.

2. Síndrome do intestino irritável

Não é uma doença, mas sim um conjunto de sintomas que incluem dor abdominal, estufamento, "intestino preso" e diarreia. É comum haver alternância entre diarreia e prisão de ventre, podendo também surgir muco com as fezes.

3. Pólipos intestinais

São tumores benignos que surgem devido a um crescimento anormal das células da mucosa do intestino. Na maioria dos casos, os pólipos são pequenos e não causam nenhum sintoma. Porém, pólipos maiores podem causar obstrução intestinal ou sangramento, além da possibilidade de haver muco nas fezes.

4. Tumores de cólon e reto

O câncer de intestino pode não causar sintomas nos estágios iniciais. Contudo, nas fases avançadas, podem surgir anemia, cólicas, dores abdominais, náuseas, vômitos, prisão de ventre ou diarreia. As fezes podem ter sangue e muco.

5. Doença de Crohn

Trata-se de uma doença inflamatória que afeta com mais frequência o intestino, mas que pode acometer todo o trato gastrointestinal. Os seus sintomas incluem diarreia (com ou sem muco nas fezes), dor abdominal e perda de peso.

6. Retocolite ulcerativa

É uma inflamação da mucosa localizada dentro da parede do intestino. O seu principal sintoma é a diarreia com presença de sangue e muco nas fezes, podendo causar ainda dor abdominal, febre e emagrecimento.

Leia também:Minhas fezes estão verdes, o que pode ser?

Se o muco nas fezes vier acompanhado de outros sintomas, consulte o/a médico/a de família, clínico/a geral ou gastroenterologista para uma avaliação pormenorizada.

Fezes pretas, o que pode ser?
Dr. Ivan Ferreira
Dr. Ivan Ferreira
Médico

Fezes pretas ou escuras podem ser causadas pela ingestão, em grande quantidade, de alimentos com folhas escuras, feijão preto, ingestão de vinho tinto, ou por medicações, como o do sulfato ferroso.   Os sangramentos do sistema digestivo em regiões como boca, esôfago, estômago e duodeno (região superior do intestino delgado) também são responsáveis por fezes de coloração escura (melena). 

As causas para estes sangramentos podem ser variadas e, dentre elas, as mais frequentes são as lesões traumáticas, úlceras, esofagites, varizes esofagianas, pólipos e tumores do aparelho digestivo. 

O gastroenterologista é o médico indicado para diagnosticar e tratar os problemas relacionados ao sistema digestivo.

Leia também: Minhas fezes estão verdes, o que pode ser?

O que fazer no caso de verme nas fezes?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Em caso de verme nas fezes é necessário tomar medicamentos vermífugos específicos para matar o parasita, que pode ser, provavelmente, um oxiúrus ou uma tênia (solitária). Depois de morto, o verme normalmente é eliminado juntamente com as fezes.

O oxiúrus é um verme que mede entre 1 e 2 cm e é semelhante a um pequeno fio de algodão. É mais comum em crianças e os seus principais sintomas são:

  • Coceira na região anal e vaginal;
  • Corrimento;
  • Enjoo;
  • Vômitos;
  • Tonturas;
  • Cólicas;
  • Sono agitado;
  • Pode ser visto nas fezes.

A oxiurose pode ser transmitida de 3 formas:

  • Direta: A pessoa leva o verme do ânus para a boca. Isso ocorre principalmente devido à coceira intensa na região anal, e o paciente, depois de coçar o local, não lava as mãos adequadamente;
  • Indireta: Os ovos do oxiúrus presentes nos alimentos, nas roupas ou ainda na poeira podem infectar uma pessoa;
  • Retroinfestação: Acontece quando as larvas do verme eclodem na região perianal e migram para o intestino grosso, onde se tornam oxiúrus adultos.

Já a teníase, a verminose provocada pela tênia, conhecida popularmente como "solitária", provoca sintomas como:

  • Dores abdominais;
  • Náuseas;
  • Fadiga;
  • Perda de peso;
  • Gases intestinais;
  • Diarreia ou prisão de ventre;
  • Muita fome ou perda de apetite;
  • Irritação;
  • Insônia;
  • Perda da produtividade no adulto ou atraso no desenvolvimento, no caso de crianças;
  • Pode haver pedaços do verme nas fezes.

Leia também: Quais os sintomas de vermes no corpo?

A solitária é transmitida pela ingestão de carne de porco ou de vaca/boi mal cozida.

O tratamento para verminoses é relativamente simples e inclui o uso de medicamentos orais. É muito importante consultar o/a médico/a clínico/a geral ou médico/a de família para uma avaliação pormenorizada e indicação do tratamento específico para o tipo de verminose identificada. Com isso, o/a médico/a fará a prescrição do medicamento mais apropriado para a sua situação.

Veja também:

Quais os sintomas de vermes no corpo?

Qual o tratamento para quem tem vermes?

Quais são as doenças causadas por vermes?

Fezes escuras, o que pode ser?
Dr. Ivan Ferreira
Dr. Ivan Ferreira
Médico

Fezes escuras podem ser causadas pela ingestão, em grande quantidade, de alimentos com folhas escuras, feijão preto, consumo de vinho tinto, ou por medicações, como o sulfato ferroso. Os sangramentos do sistema digestivo em regiões como boca, esôfago, estômago e duodeno (região superior do intestino delgado) também são responsáveis por fezes de coloração escura. Os sangramentos mais intensos do sistema digestivo apresentam fezes escuras com cheiro forte e característico (melena).

As causas para estes sangramentos podem ser variadas e, dentre elas, as mais frequentes são as lesões traumáticas, úlceras, esofagites, varizes esofagianas, pólipos e tumores gastrointestinais.

O gastroenterologista é o médico responsável pelo diagnóstico e tratamento dos problemas do sistema digestivo, como no caso de alterações das fezes.

Minhas fezes estão verdes, o que pode ser?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Fezes verdes podem indicar que você está com alguma diarreia.

Durante o processo de digestão, o fígado secreta a bile, um suco digestivo de coloração amarela-esverdeada que serve para dissolver as gorduras. Se o alimento passar rapidamente pelo intestino, como acontece na diarreia, não há tempo para a bile se degradar por completo, o que pode deixar as fezes verdes.

Além disso, as fezes verdes podem ter como causa a ingestão de grandes quantidades de vegetais verde-escuros, como rúcula, couve, brócolis ou espinafre, consumo de alimentos com corantes azuis ou ainda o uso de suplementos de ferro.

Se nenhuma dessas condições se aplicam ao seu caso, deve consultar o/a médico/a clínico/a geral, médico/a de família ou procurar diretamente o/a gastroenterologista para uma avaliação mais detalhada.

Leia também:

Fezes com muco, o que pode ser?

Fezes pretas, o que pode ser?

Fezes brancas: o que pode ser?

Fezes brancas: o que pode ser?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Fezes brancas, esbranquiçadas ou claras podem ser sinal de problemas no fígado ou nas vias biliares.

Esses problemas podem ser diversos, incluindo: hepatites, cistos hepáticos, cálculo na vesícula, tumores na vesícula biliar ou uso de medicamentos.

Algumas doenças causam problemas na bile, que é o sistema de drenagem da vesícula, pâncreas e fígado, deixando as fezes mais claras ou com vestígios de cor branca.

A bile contém uma substância amarelada chamada bilirrubina, que permanece no plasma sanguíneo até ser eliminada na urina. Problemas no sistema biliar provocam ausência de bilirrubina nas fezes, tornando as fezes mais claras ou até mesmo brancas em alguns casos.

No caso das hepatites e da cirrose, além das fezes esbranquiçadas, a pessoa também apresenta icterícia (pele e olhos amarelados) e a doença pode já estar num estágio mais avançado.

A coloração normal das fezes é castanho-escura. Qualquer alteração na sua cor pode ser sinal de que algo não está bem e a pessoa deve procurar o/a médico/a clínico/a geral ou médico/a de família.

Leia também: Minhas fezes estão verdes, o que pode ser?

Fezes com muco em bebês e crianças é grave? O que pode ser?
Dra. Janyele Sales
Dra. Janyele Sales
Medicina de Família e Comunidade

Fezes com muco em bebês e crianças podem não representar uma doença grave. Em bebês, quando ocorre a dentição, por conta da deglutição da saliva, um potencial irritante intestinal, pode haver evacuação com muco.

Um pouco de muco nas fezes pode ser algo normal, no entanto, caso note grande quantidade de muco nas fezes, acompanhado de outros sintomas, como diarreia, sangue nas fezes ou febre, deve procurar um médico para uma avaliação.

Principais causas de muco nas fezes de bebês e crianças

Algumas possíveis causas de evacuação com muco são: infecções intestinais, doença inflamatória intestinal ou síndrome do intestino irritável.

Infecções intestinais

Podem ser causadas por vírus, bactérias ou protozoários, que normalmente se associam a um aumento no número das evacuações e dor abdominal.

As infecções intestinais causam um estado inflamatório do trato gastrointestinal, chamada de gastroenterite. Além da diarreia e dores abdominais, outros sintomas vômitos, presença de muco ou sangue nas fezes, em alguns casos também pode ocorrer febre.

Leia mais em: Quais são os sintomas de uma infecção intestinal em bebês?

Infecção intestinal causada por vírus

As infecções intestinais causadas por vírus é a principal causa de sintomas de gastroenterite em crianças pequenas. Em alguns casos de gastroenterite viral pode surgir muco nas fezes, embora esse seja um sintoma normalmente mais frequente e exacerbado nas infecções intestinais de origem bacteriana.

Costumam ser quadros auto-limitados, com duração de alguns dias. Nos casos em que a criança apresenta grande quantidade de diarreia ou vômitos é essencial manter a hidratação, através do aumento da ingesta hídrica ou mesmo do uso de soro de reidratação.

Medicamentos para aliviar a dor abdominal ou a febre podem ser prescritos por um médico quando necessário.

Infecção intestinal causada por bactérias

As gastroenterites bacterianas causam com maior frequência a presença de sangue e muco nas fezes. A criança também pode apresentar febre, mal-estar e ficar mais prostrada.

A abordagem também consiste no controle rigoroso da hidratação. Sendo que em alguns casos pode ser necessário prescrever medicamentos antibióticos.

Estas doenças, se causadas por bactérias ou protozoários, muitas vezes requerem tratamento com medicações específicas;

Doenças inflamatórias intestinais

São doenças crônicas, capazes de causar uma reação inflamatória da mucosa do sistema digestivo. Existem três doenças inflamatórias intestinais: a doença de Crohn, a retocolite ulcerativa e a colite indeterminada.

Normalmente se associam a evacuações com sangue, aumento no número de evacuações e dor abdominal. Estas doenças requerem tratamento específico.

Síndrome do intestino irritável

A Síndrome do intestino irritável é uma doença capaz de causar diarreia com muco em crianças dos 6 meses aos 5 anos.

A criança pode apresentar alteração do hábito intestinal com aumento da frequência das evacuações, que usualmente se associa a dor abdominal e alternância entre diarreia e constipação.

Para uma melhor avaliação do hábito intestinal e para determinar se será necessário tratamento, você deve procurar um pediatra.

Leia tambèm: sangue nas fezes do bebê, o que pode ser?

Quando devo me preocupar com o muco nas fezes de bebês e crianças?

A presença de muco nas fezes é motivo de preocupação e deve ser melhor avaliada quando a criança também estiver apresentando:

  • Sangue nas fezes;
  • Sinais de desidratação: boca seca, choro sem lágrimas, sede constante. Não urina há mais de 4 ou 6 horas, se for bebê ou não urina há mais de 6 ou 8 horas, se for uma criança mais velha;
  • Dor abdominal intensa;
  • Falta de apetite ou sede e deixa de comer ou beber líquidos por horas;
  • Mudança de comportamento, como ficar mais sonolento, desanimado ou choroso;
  • Prostração;
  • Febre alta.

Na presença de algum dos sintomas descritos, consulte um médico de família ou pediatra.

Também pode ser do seu interesse:

Bebê de 1 ano que faz cocô 4 vezes ao dia, é normal?

Posso guardar as fezes na geladeira?
Dr. Ivan Ferreira
Dr. Ivan Ferreira
Médico

As fezes para exame podem ser guardadas na geladeira dependendo do exame a ser a ser feito.

No caso do exame protoparasitológico de 3 dias, que  é feito para verificar se há vermes e outros micro-organismos (helmintos e protozoários), deve-se colher as fezes em 3 dias seguidos e guardá-las na geladeira, sem congelar. Após o 3º dia, devem ser levadas ao laboratório.

No exame de pesquisa de sangue oculto, as fezes podem ser guardadas na geladeira até no máximo, o dia seguinte após a coleta.

Existem vários tipos de exames de fezes. Os técnicos do laboratório de análises clínicas ou os profissionais de saúde que solicitam o exame podem orientar como deve ser a coleta e a conservação das fezes, de acordo com o exame pedido.

Fezes escuras na gravidez é normal?
Dr. Ivan Ferreira
Dr. Ivan Ferreira
Médico

Fezes escuras na gravidez podem ser normais caso a gestante esteja tomando sulfato ferroso ou qualquer outra medicação com ferro na sua composição. Essas medicações, que são comumente usadas na gravidez para suplementação de ferro e outras vitaminas, levam à coloração mais escura das fezes. 

É importante afastar a possibilidade de sangramentos no sistema digestivo alto (esôfago, estômago e duodeno) como causa de escurecimento das fezes.

O obstetra é o médico indicado para o diagnóstico e orientações sobre os problemas surgidos durante a gravidez, como no caso de alterações das fezes.

Antibiótico muda a cor e o cheiro da urina e das fezes?
Dra. Janyele Sales
Dra. Janyele Sales
Medicina de Família e Comunidade

Alguns antibióticos podem mudar a cor e o cheiro da urina, mas dificilmente irão alterar a aparência ou o cheiro das fezes.

Entre os remédios antibióticos que podem alterar a coloração da urina, e deixá-la com uma cor avermelhada ou rosa, destaca-se a rifampicina.

Já os medicamentos antibióticos da família da penicilina (amoxicilina, ampicilina, dicloxacilina, penicilina benzatina, entre outros) podem deixar a urina com cheiro forte e desagradável.

Em relação às fezes, o efeito colateral mais comum dos antibióticos é a diarreia. Vários antibióticos podem provocar essa reação, porque acabam destruindo também as bactérias benéficas que formam a flora intestinal.

Leia também: Quais podem ser os efeitos colaterais dos antibióticos?

Se você estiver tomando antibiótico e notar qualquer mudança no seu organismo, fale imediatamente com o médico que receitou o medicamento ou procure um médico de família ou clínico geral.

Também pode lhe interessar: Urina escura: o que pode ser?

Sangue nas fezes de bebê, o que pode ser?
Dr. Ivan Ferreira
Dr. Ivan Ferreira
Médico

A presença de sangue nas fezes do bebê pode ter várias causas dependendo da idade do bebê. Uma das mais frequentes ocorre devido à dificuldade para evacuar (constipação) que pode surgir em bebês que ainda estão mamando, mas que geralmente ocorre quando há a introdução de novos alimentos na sua dieta, além do leite materno. As fezes ressecadas e o esforço para evacuar podem causar uma pequena lesão (fissura) na região anal, provocando sangramento em pequena quantidade.

Outra situação menos frequente da presença de sangue nas fezes decorre da colite alérgica, na qual a criança tem cólicas devido à alergia a alguns dos alimentos ingeridos. Sangue nas fezes de recém-nascidos não é normal e pode significar um problema mais grave, assim como a presença de sangue nas fezes acompanhada de dor e inchaço abdominal (distensão) nos bebês.

Em qualquer situação de presença de sangue nas fezes do bebê, independente da idade, deve-se consultar o pediatra para a realização do diagnóstico do problema e seu tratamento.

Sangue vivo nas fezes, o que pode ser e o que fazer?
Dra. Janyele Sales
Dra. Janyele Sales
Medicina de Família e Comunidade

Fezes com sangue vivo são um sinal de sangramento na região baixa do sistema digestivo, ou seja, no intestino grosso, reto ou ânus. As causas mais frequentes são devidas a lesões no ânus (fissuras anais) e hemorroidas, que geralmente sangram em situações que exigem esforço para evacuar, como em casos de prisão de ventre.

O sangramento nesses casos costuma ser pequeno e as fezes apresentam uma pequena quantidade de sangue, que também pode ser apenas observado no papel higiênico.

Hemorroidas

Os principais sinais e sintomas da hemorroida são a dor ao evacuar e as fezes com um pouco de sangue. O sangue pode ser notado pelas gotas que caem depois da evacuação ou no papel higiênico.

Fissuras anais

Já as fissuras anais provocam muita dor durante as evacuações e o sangramento pode ser observado pela presença de um pouco de sangue nas fezes, no papel higiênico ou no vaso sanitário.

O que fazer em caso de fezes com sangue vivo?

Uma vez que, muitas vezes, a presença de sangue nas fezes está relacionada com o esforço para evacuar, o sangramento pode ser evitado através de cuidados para prevenir a constipação intestinal.

A prisão de ventre pode ser amenizada com ingestão de mais líquidos e a manutenção de uma alimentação saudável, rica em alimentos ricos em fibras como frutas, vegetais, farelo de trigo e aveia. A atividade física regular, como caminhar, estimula o trânsito intestinal, melhorando também a constipação.

No entanto, fezes com sangue pode ser um sinal de doenças potencialmente graves e fatais. Por isso, se o sangramento persistir, é altamente recomendável procurar um médico.

O gastroenterologista ou o proctologista são os médicos especialistas indicados para realizar o diagnóstico e tratamento de problemas do sistema digestivo, como no caso de presença de sangue nas fezes.

Quais as outras causas de fezes com sangue?

Além das hemorroidas e das fissuras anais, existem ainda outras doenças que podem causar esses sangramentos e deixar as fezes com sangue vivo, como pólipos no intestino, inflamação no reto ou no ânus, úlcera ou câncer no reto, câncer no ânus e endometriose intestinal.

Fezes com sangue escuro e um odor intenso característico (melena), pode ser sinal de um sangramento mais intenso na boca, esôfago, estômago ou porção inicial do intestino (duodeno). Nesses casos, o sangramento pode ser causado por traumatismos, úlcera, esofagite, varizes no esôfago, pólipos intestinais e tumores

Outras causas para a presença de sangue nas fezes incluem: diverticulose, vermes, doenças infecciosas, câncer e doenças inflamatórias intestinais, como colites, doença de Crohn e retocolite ulcerativa