Perguntar
Fechar

Não conseguir ou ter dificuldade em urinar: o que pode ser e como tratar?

A dificuldade em urinar pode ocorrer por uma série de motivos. As principais causas são as infecções urinárias, as alterações da próstata e o uso de certos medicamentos. Contudo, a dificuldade de eliminar a urina pode ter origem em problemas neurológicos, cicatrizes, cirurgias ou ainda fatores psicológicos (síndrome da bexiga tímida).

Quando a dificuldade para urinar vem acompanhada de outros sinais e sintomas, como sangramento na urina, dor ao urinar, febre ou ainda vontade urgente e constante de urinar, é provável que a pessoa esteja com alguma das doenças citadas no início do artigo (infecção urinária e alterações da próstata).

O tratamento depende da causa do problema. As infecções normalmente são tratadas com antibióticos. O tratamento das alterações da próstata também dependem da doença, podendo incluir medicamentos e cirurgia nos crescimentos benignos, bem como radioterapia, quimioterapia, cirurgia e terapia hormonal nos casos de câncer.

Infecção urinária

As infecções urinárias que afetam a bexiga (cistites) provocam dificuldade para urinar com pouca eliminação de urina, embora a pessoa tenha vontade de ir mais vezes ao banheiro. A presença de sangue na urina, dor ou ardência ao urinar são outros sinais comuns da infecção urinária. O tratamento é feito com antibióticos.

Leia também: Qual o tratamento para infecção urinária?; Sensação de bexiga cheia mesmo depois de urinar, o que pode ser?

Alterações da próstata

Hiperplasia benigna de próstata

A hiperplasia benigna provoca um aumento de tamanho da próstata devido à multiplicação das suas células. Os sinais e sintomas dessa alteração benigna da próstata incluem dificuldade para urinar, jato de urina fraco ou interrompido, incontinência urinária, vontade de urinar constantemente e com urgência, inclusive durante a noite. O tratamento pode ser feito com medicamentos ou através de cirurgia, nos casos mais graves.

Veja também: Qual o tratamento para hiperplasia prostática benigna?

Câncer de próstata

O câncer de próstata, embora não manifeste sintomas no início devido ao seu crescimento lento, caracteriza-se pela dificuldade para urinar e o aumento da frequência urinária. A manifestação de sinais e sintomas costuma acontecer nas fases mais avançadas da doença, podendo haver ainda dores nos ossos e na coluna lombar, sangramento na urina, insuficiência renal, entre outros.

O tratamento do câncer de próstata pode incluir cirurgia, radioterapia e terapia hormonal, se o tumor ainda estiver localizado. Nos casos em que o câncer já se disseminou para outras partes do corpo (metástase), o tratamento é feito principalmente com quimioterapia e terapia hormonal.

Saiba mais em: Como é o tratamento para câncer de próstata?

Medicamentos

A dificuldade para urinar também pode ser um efeito colateral do uso de certos remédios para gripes e resfriados, descongestionantes nasais, antidepressivos e anticolinérgicos usados no tratamento da incontinência urinária. O tratamento nesse caso consiste em suspender a medicação com autorização médica.

Outras causas

  • Transtornos do sistema nervoso que acometam o território de inervação do sistema urinário;
  • Cirurgia recente (retenção pós-operatória);
  • Tecido cicatricial pós-procedimento invasivo em uretra, por exemplo (RTU);
  • Síndrome da bexiga tímida (acomete em torno de 6% dos homens, que não conseguem urinar próximos de outras pessoas).

Em caso de dificuldade para urinar, consulte um médico clínico geral, médico de família ou um urologista. Ele poderá avaliar detalhadamente, através de anamnese, exame físico e eventuais exames complementares, qual é o seu diagnóstico correto, orientá-lo e prescrever o melhor tratamento.

Saiba mais em:

Dor ao urinar, o que pode ser?

O que pode causar ardência ao urinar?

Vontade de urinar toda hora, o que pode ser?

É normal sentir constantemente vontade de urinar?