Perguntar
Fechar

Próstata aumentada: o que pode ser?

Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Próstata aumentada pode ser, na maioria dos casos, uma hiperplasia benigna de próstata, que é um crescimento benigno desta glândula, observado em praticamente todos os homens com mais de 40 anos de idade. Próstata aumentada (hiperplasia benigna) não é câncer e não aumenta os riscos de câncer de próstata.

Aos 50 anos, cerca de metade dos homens já apresentam próstata aumentada, um índice que atinge os 90% em indivíduos na faixa dos 80 anos. Boa parte desses homens convive com isso sem maiores problemas.

No entanto, em alguns, esse processo gradativo de aumento do tamanho da próstata pode causar obstrução do fluxo urinário, que pode levar à falência da bexiga e retenção da urina, o que aumenta o risco de infecções.

Os sintomas mais comuns de próstata aumentada são:

  • Jato de urina mais fraco;
  • Vontade de urinar várias vezes em intervalos mais curtos, com volumes de urina menores;
  • Acordar à noite para urinar várias vezes.

Como esse processo vai acontecendo gradualmente ao longo dos anos, o indivíduo acha que é normal e demora a identificar os sintomas.

À medida que a obstrução vai aumentando, o paciente pode começar a apresentar urgência miccional (perda involuntária de urina se não urinar rapidamente) ou ainda incontinência urinária.

A próstata aumentada requer tratamento apenas quando o paciente apresenta dificuldade para urinar. Existem medicamentos que podem diminuir o tamanho da glândula, mas não são capazes de garantir a ausência de futuras complicações. A cirurgia é necessária em cerca de 20% dos casos.

O diagnóstico e o tratamento da próstata aumentada pode ser feito com o/a médico/a urologista, clínico/a geral ou médico/a de família.