O que pode causar pedra na bexiga?

Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

A principal causa de formações de pedra na bexiga é a obstrução do canal que a urina percorre até o meio externo (uretra), o que impede que a urina seja completamente eliminada. Isso provoca um acúmulo de urina na bexiga e os cristais começam então a se formar, dando origem ao cálculo vesical.

Alguns dos fatores que aumentam o risco de formação de cálculo na bexiga são:

  1. Aumento da próstata;
  2. Infecção urinária;
  3. Doenças neurológicas que comprometam o funcionamento da bexiga (esclerose múltipla, AVC, lesão de medula, entre outras);
  4. Presença de corpo estranho (cateter, sonda);
  5. Cálculo renal.

O aumento da próstata está entre as causas mais comuns de pedra na bexiga, pois dificulta a eliminação da urina, o que justifica grande parte dos casos de cálculos vesicais ocorrerem em homens com mais de 60 anos e que têm alterações na próstata.

Qualquer alteração no sistema urinário que provoque acúmulo de urina na bexiga pode favorecer o desenvolvimento de cálculos vesicais, tais como enfraquecimento dos músculos da bexiga, infecção urinária e disfunções neurológicas no funcionamento da bexiga.

A presença de corpos estranhos na bexiga também favorece o desenvolvimento das pedras, tais como cateteres, resquícios de materiais cirúrgicos, entre outros.

Em pessoas idosas, os cálculos vesicais normalmente são formados na própria bexiga e são compostos sobretudo por ácido úrico.

Como é formada a pedra na bexiga?

As pedras na bexiga ou cálculos vesicais, são formadas por cristais (sais de cálcio), que vão se acumulando na urina "parada" no interior da bexiga, devido a alguma dificuldade de esvaziamento do órgão. Esses cristais se juntam e calcificam, dando origem aos cálculos.

As pedras na bexiga podem aparecer isoladamente, como cálculo único, ou em maiores quantidades, sendo encontrado múltiplos cálculos. Podem apresentar tamanhos variados e estarem aderidos, fixos à parede interna da bexiga ou soltos dentro do órgão.

Qualquer pessoa, mesmo na ausência de infecções, alterações anatômicas ou outros defeitos, podem apresentar cálculos na bexiga. Entretanto é mais encontrado, como dito acima, em pessoas que apresentem alguma dificuldade em esvaziar a bexiga.

Vale ainda ressaltar que a pedra tanto pode ter origem na bexiga como também nos rins, e chegar à bexiga através dos ureteres, que são os canais que transportam a urina dos rins até a bexiga. Por isso a investigação para a causa e tratamento dos cálculos devem abranger a análise de todo sistema urinário.

O/A médico/a urologista é o/a especialista responsável pelo diagnóstico e tratamento dos cálculos encontrados no sistema urinário.

Saiba mais em:

Pedra na bexiga: Quais os sintomas e como é o tratamento?

Quais os sintomas para quem tem pedra nos rins?

O que causa pedra nos rins?