O que causa pedra nos rins?

A principal causa de pedra nos rins é o aumento da concentração de cálcio, ácido úrico ou outros minerais na urina. Os cálculos renais muitas vezes se formam quando há pouca ingestão de água ou ocorre um aumento de minerais no organismo.

Mesmo quando os níveis dessas substâncias estão normais, pode haver formação de pedra nos rins se a urina estiver muito concentrada. Com um volume de urina baixo, não há líquido suficiente para dissolver os sais, que vão se acumulando no rim sob a forma de cristais até formarem a pedra.

Dentre as causas mais comuns de cálculo renal estão:

Publicidade

⇒ Pouca ingestão de água (menos de 1,5 litro por dia): É observada em mais da metade dos casos de pedra nos rins;

⇒ Aumento da concentração de cálcio no sangue: Doenças que alteram o metabolismo do cálcio, como hiperparatireoidismo e tumores ósseos podem aumentar a absorção óssea de cálcio, elevando a concentração sanguínea do mineral;

Aumento de ácido único no sangue: Pode ser a causa de até 20% dos casos de cálculo renal.

Leia também: Quais os sintomas do ácido úrico alto e baixo?

Para prevenir a formação de pedra nos rins, é muito importante manter uma ingestão adequada de água (cerca de 2 litros por dia). Uma boa forma de saber se o corpo está bem hidratado é observar a cor da urina. Se ela estiver muito amarela ou escura é sinal que falta água no corpo, enquanto que uma coloração bem clara indica uma hidratação adequada.

Também recomenda-se diminuir a ingestão de alimentos que podem provocar um aumento do acido úrico, como frutos do mar, aves, carne vermelha, bacon, miúdos e bebidas alcoólicas, principalmente cerveja.

A formação de pedra nos rins é observada sobretudo em pessoas que já possuem alguma predisposição genética ou que ingerem pouco líquido.

Saiba mais em:

Quais os sintomas para quem tem pedra nos rins?

Como eliminar pedras nos rins?

Qual o tratamento para quem tem pedra nos rins?

Como é a cirurgia para pedra nos rins?