Perguntar
Fechar

Qual é o tratamento da enxaqueca?

O tratamento para enxaqueca é feito com remédios e medidas não farmacológicas. O tratamento pode incluir analgésicos, anti-inflamatórios, antidepressivos, anticonvulsivantes, técnicas de relaxamento, controle do estresse, atividade física, alimentação equilibrada, sono regular, entre outros.

O tratamento da enxaqueca divide-se entre o alívio da dor e a prevenção das crises. Quando a dor de cabeça já está instalada, podem ser usados analgésicos de efeito rápido como Paracetamol e Dipirona.

Outros medicamentos usados para tratar os episódios de enxaqueca são os anti-inflamatórios (Diclofenaco, Indometacina, Naproxeno, Aspirina, Etoricoxib, Celecoxib), ergotaminas e triptanos.

Já o tratamento preventivo da enxaqueca tem como principal objetivo prevenir novas crises de dor de cabeça e reduzir a intensidade e a frequência dos episódios.

A prevenção pode ser feita com o uso de diversos tipos de remédios. Entre eles estão os antidepressivos (Amitriptilina), anticonvulsivantes (Ácido Valproico, Topiramato, Gabapentina), betabloqueadores (Propranolol, Atenolol), bloqueadores do canal de cálcio (Flunarizina, Verapamil), vitamina B2, magnésio, melatonina e toxina botulínica.

Veja também: Que remédios devo tomar para enxaqueca?

Além dos medicamentos, o tratamento da enxaqueca inclui também medidas não farmacológicas, como técnicas de relaxamento, evitar jejuns prolongados, não fumar, controlar o estresse, melhorar a qualidade do sono, prática regular de atividade física, psicoterapia, acupuntura, entre outras.

Vale lembrar que uma das formas mais eficazes para prevenir a enxaqueca é identificar e evitar os fatores que desencadeiam as crises.

O médico neurologista é o responsável pelo diagnóstico e tratamento da enxaqueca.

Saiba mais em:

Enxaqueca: causas, sintomas e tratamento

O que é enxaqueca com aura e quais os sintomas?