Sangramento e 7 semanas de gravidez...

Estou gravida de 7 semanas e nos primeiros dias tive um sangramento forte, fui ao medico fiz o ultrassom transvaginal e o médico disse que estava normal, mas que não dava pra dizer muita coisa pois o bebe ainda não estava formado, ainda era apenas um "saquinho". Me pediu pra voltar depois de duas semanas quando o bebê já estaria formado e me passou ultrogestan. Mas todos os dias, pelo menos uma vez, quando vou ao banheiro, o papel higiênico suja só um pouquinho de sangue, queria saber se é normal?
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

Sangramento durante a gravidez não é normal, porém no primeiro trimestre, ou seja, nas primeiras 12 semanas, não é incomum. Aproximadamente 25% das mulheres apresentam sangramento leve, nessa fase da gestação, sem que seja considerada uma anormalidade, na verdade é o resultado da implantação do óvulo no endométrio (camada mais interna do útero).

Entretanto, quando o sangramento é extenso, ou contínuo e vem acompanhado de cólicas abdominais, passa a ser mais preocupante. Nesses casos deve procurar um atendimento de emergência, ou contactar seu médico obstetra.

Sangramento no primeiro trimestre

A implantação do óvulo na parede do útero, pode ocasionar um discreto sangramento, de coloração mais escura, que suja um pouco a roupa íntima. A sua duração em geral não ultrapassa dois dias.

As causas mais comuns, além da implantação do óvulo já citada, são a gravidez ectópica, ameaça de aborto, presença de pólipo uterino, processos inflamatórios ou infecciosos.

Para cada uma dessas causas existe um tratamento e orientação específicas, e quanto antes for iniciado, melhor o resultado para a mãe e o bebê.

Leia também: Quais as possíveis causas de sangramento durante a gravidez?

Implantação do óvulo é uma condição considerada normal, embora não aconteça com tanta frequência.

A gravidez ectópica é a implantação do óvulo fora do útero, em geral acontece dentro de uma das trompas, impossibilitando a evolução da gestação. Nesses casos a gestação pode ou não evoluir e deve ser avaliada caso a caso pelo médico obstetra.

Leia também: O que é gravidez ectópica e quais os seus sintomas?

Uma ameça de aborto é uma emergência médica, deve ser avaliada de forma cuidadosa, para buscar formas de manter a gestação, sem que haja prejuízo a mãe.

A presença de pólipos, doenças inflamatórias ou infecciosas podem prejudicar a evolução normal da gestação, devendo também ser avaliadas as opções de tratamento de maeira precoce, afim de evitar complicações como o aborto.

O exame mais indicado para avaliação de sangramento nessa fase da gestação é o exame de ultrassonografia transvaginal. Por vezes é necessário ainda, a ultrassonografia abdominal para informações adicionais.

No caso de sangramento durante a gestação, procure seu médico obstetra. Cabe ao médico avaliar e dar seguimento a essa investigação.