Perguntar
Fechar
Chá de arruda faz descer a menstruação? Pode provocar aborto?
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

Sim, o chá de arruda pode fazer descer a menstruação e provocar aborto. A arruda possui em suas folhas um elemento chamado rutina, que tem como principal ação provocar ou acelerar a menstruação, propriedade conhecida como emanagoga. Por isso, o chá de arruda é contraindicado durante a gravidez.

A rutina presente na arruda estimula as fibras musculares do útero, provocando contrações uterinas que podem causar sangramentos. Se a mulher estiver grávida, pode levar ao aborto e à morte do feto. Caso não ocorra um aborto, pode haver anomalias ou malformações fetais.

A rutina é um flavonoide presente nas folhas da arruda. Por estimular e acelerar a menstruação, o chá de arruda é frequentemente usado por mulheres em casos de ausência ou atraso da menstruação.

Além de ser abortivo, o chá de arruda faz mal à saúde?

Além de ser emenagogo e abortivo, o chá de arruda pode provocar intoxicações no organismo se for consumido em grandes quantidades.

Em excesso, o chá de arruda pode causar ainda ansiedade e fobias, além de irritar o intestino. Quando consumido regularmente, o chá de arruda pode ser prejudicial para o fígado e para os rins.

Além das gestantes, o chá de arruda também é contraindicado para crianças com menos de 6 anos de idade e pessoas com doença hepática ou renal, doença inflamatória do intestino, colite e úlceras.

É importante ressaltar que a arruda é considerada uma planta tóxica. A ingestão de 120 g da planta pode causar forte dor estomacal e complicações que podem levar à morte.

O consumo de arruda considerado seguro para pessoas saudáveis e mulheres que não estão grávidas é de 30 mg por dia.

Quais os outros chás que podem causar aborto?

Outros chás que são considerados abortivos ou teratogênicos (que podem causar malformação no feto) e por isso são contraindicados durante a gestação: alecrim, arnica, artemísia, barbatimão, boldo, buchinha do norte, cambará, cânfora, carqueja, cipó-mil-homens, confrei, erva-de-bicho, espirradeira, erva-de-santa-maria, eucalipto, gengibre, melão-de-são-caetano, pinhão-de-purga ou pinhão-paraguaio e poejo.

Para maiores esclarecimentos sobre os chás que podem fazer descer a menstruação ou causar aborto, fale com o seu médico ginecologista.

Existe remédio para menstruação descer?
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

Sim. Existe tratamento para menstruação descer, mas depende da causa do problema. As causas mais frequentes são a gravidez, o uso de anticoncepcional e os problemas hormonais.

Para cada um desses problemas, é indicado um tratamento. Sendo assim, no atraso menstrual, o mais indicado é procurar um ginecologista, para descartar a gravidez e avaliar a causa desse problema.

Vale lembrar que a falta de menstruação, chamada amenorreia, é considerada normal nas seguintes situações:

  • Antes da puberdade, em geral antes de 14 anos de idade;
  • Durante a gravidez;
  • Durante a amamentação e
  • Quando atinge a menopausa.
O que pode ajudar a menstruação descer?1. Anticoncepcionais

Os anticoncepcionais são indicados em alguns casos, para regularizar a menstruação. Como por exemplo no início do ciclo menstrual da mulher, ou na síndrome do ovário policístico.

2. Acetato de medroxiprogesterona

Esse hormônio está indicado quando a mulher menstruava normalmente e começou a ter o ciclo irregular. Poré é fundamental excluir outras causas, como gravidez, presença de tumores ou distúrbios hormonais, antes de iniciar a medicação.

3. Chás

Alguns chás são indicados para ajudar a menstruação descer, como chá de canela, chá de arruda, chá de alecrim ou o chá de boldo. Isso porque são substâncias que estimulam o tônus da musculatura do útero e com isso, maior contração uterina, facilitando o descolamento do endométrio, e início do fluxo de sangue (menstruação).

Porém, são indicações sem qualquer comprovação científica. Além disso, são substâncias totalmente contraindicadas na suspeita de gravidez e para pessoas com problemas de coagulação.

Sendo mais uma vez recomendado, a avaliação médica antes de fazer uso dessas substâncias.

4. Hormônios da tireoide

Mulheres com distúrbios de tireoide precisam ser acompanhadas com endocrinologista e colher exames de sangue regularmente para regular o ciclo menstrual.

Algumas vezes os hormônios devem ser repostos, na forma de comprimios, para promover a menstruação regular.

5. Cirurgia

Casos de alterações anatômicas como hímen imperfurado, septo vaginal, entre outros, tem indicação de tratamento cirúrgico para a sua correção. Não existe remédio nesses casos que resolvam, por ser um problema físico, que impedem a passagem do sangue.

Outras situações como causas externas, psicológicas ou medicamentosas recebem tratamento referente a cada caso.

No caso de falta de menstruação por mais de três ciclos consecutivos ou que dure mais de 6 meses, recomendamos investigação médica com ginecologista, para diagnóstico e tratamento adequados.

Entenda melhor sobre a falta da menstruação no artigo: O que é amenorreia e quais as suas causas?

Referência:

  • FEBRASGO - Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia.
  • American Family Physician. DAVID A. et al.; Amenorrhea: An Approach to Diagnosis and Management. Volume 87, Number 11 - June 1, 2013.
Leite com canela em pó pode fazer descer a menstruação?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Neste caso não é o leite, mas é a canela em pó que pode fazer descer a menstruação, pois pode provocar contrações do útero.

Porém, se a menstruação estiver atrasada por mais de 15 dias pode ser sinal de gravidez. Se isso ocorrer, a canela não deve ser usada, pois há indícios de que a canela pode provocar aborto.

No entanto, é importante lembrar que tomar qualquer produto sem orientação médica para fazer descer a menstruação, mesmo que seja natural, pode ser prejudicial para a saúde.

O mais indicado em caso de menstruação atrasada é consultar o/a médico/a de família, clínico/a geral ou ginecologista para que seja feito um diagnóstico correto da causa do atraso.

Pílula do dia seguinte pode adiantar e reduzir a menstruação?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Sim. A pílula do dia seguinte pode adiantar e reduzir a menstruação.

A pílula do dia seguinte contém hormônios que irá desregular o ciclo menstrual habitual da mulher. Com esse desequilíbrio, a menstruação poderá vir depois do esperado ou antes.

Principalmente no ciclo posterior à tomada da pílula do dia seguinte, pode haver alteração na característica do sangramento menstrual. A mulher pode apresentar um sangramento reduzido e antes do período esperado para vir a menstruação.

Isso ocorre por causa da desregulação provocada pela medicação. Depois desse ciclo desregulado, a menstruação da mulher voltará ao padrão anterior.

A pílula do dia seguinte não é abortiva, por isso ela não impede a gravidez que já esteja efetivada.

Leia também:

A pílula do dia seguinte pode atrasar minha menstruação?

Pílula do dia seguinte pode atrasar ou fazer descer a menstruação?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Sim. A pílula do dia seguinte pode atrasar ou adiantar a menstruação.

A pílula do dia seguinte contém hormônios que irá desregular o ciclo menstrual habitual da mulher. Com esse desequilíbrio, a menstruação poderá vir antes do esperado ou depois.

Normalmente, se ocorrer um atraso da menstruação, esse atraso não ultrapassará 4 semanas. Por isso, a mulher que tomou a pílula do dia seguinte e não menstruou até 4 semanas após o uso, deverá procurar um serviço de saúde para investigação de possível gravidez.

A pílula do dia seguinte não é abortiva, por isso ela não impede a gravidez que já esteja efetivada.

Leia também:

A pilula do dia seguinte pode atrasar minha menstruação?

Vou ficar menstruada existe algo para adiantar ou atrasar a menstruação?
Dra. Janyele Sales
Dra. Janyele Sales
Medicina de Família e Comunidade

Sim, existem duas formas diferentes de atrasar a menstruação, uma está indicada para mulheres que fazem uso de contraceptivo oral e outra para mulheres que não fazem uso da pílula.

Se faz uso de contraceptivo oral

Caso faça uso de pílula contraceptiva uma das formas mais prática de atrasar a menstruação é tomar a pílula de forma contínua, sem a pausa entre uma cartela e outra.

Poderá tomar o anticoncepcional continuamente durante o período que desejar, quando quiser menstruar deve fazer a pausa ao fim da cartela, antes de começar a próxima.

É importante destacar que quando se faz o uso contínuo da pílula a chance de apresentar sangramento de escape é maior, principalmente no começo.

Geralmente o sangramento de escape é em pequena quantidade e não atrapalha tanto a mulher que deseja parar de menstruar por algum motivo específico como ir à praia ou viajar.

Leia também: Posso engravidar na pausa do anticoncepcional?

Se não faz uso de contraceptivo oral

Caso não faça uso de pílula, a forma segura de atrasar a menstruação é através do uso da noretisterona, um tipo de progesterona, um dos hormônios do ciclo menstrual feminino.

É possível usar a noretisterona isolada em comprimidos de 5mg ou em comprimidos em associação com o etinilestradiol (Primosiston).

Os níveis de progesterona se manterão altos enquanto fizer o uso de noretisterona, que deve ser no máximo durante 14 dias. Ao cessar o uso da medicação o sangramento menstrual irá vir após 2 a 3 dias.

Caso deseje fazer uso da noretisterona para retardar a menstruação é importante conversar com o seu médico de família ou ginecologista antes, para a correta orientação sobre o uso do medicamento.

Além disso, é importante ter certeza que a mulher não está grávida antes de tomar o medicamento, por isso descartar essa possibilidade é essencial.

E adiantar a menstruação?

Não há uma maneira segura para adiantar a menstruação, tanto em mulheres que fazem contraceptivo hormonal, quanto naquelas que não usam anticoncepcional.

Para adiantar a menstruação algumas mulheres que fazem uso de pílula até podem parar de tomar a pílula e fazer a pausa mais cedo.

No entanto, esse método não é recomendado, porque irá afetar substancialmente a eficácia da pílula e poderá ocasionar irregularidade menstrual.

Para mais esclarecimentos consulte o seu ginecologista ou médico de família.

Também pode ser do seu interesse:

Dúvidas sobre anticoncepcional

É normal a menstruação descer se estou amamentando?
Dra. Janyele Sales
Dra. Janyele Sales
Medicina de Família e Comunidade

Sim é normal. Amamentando, geralmente, a menstruação costuma não vir, porém ela pode vir normalmente ou vir de forma irregular.

O retorno da menstruação pode variar de mulher para mulher, em mulheres que estão amamentando intensamente e frequentemente a menstruação pode demorar até meses para retornar. Sendo que algumas mulheres podem mesmo voltar a menstruar apenas quando iniciam a alimentação complementar da criança, já que diminuem a frequência da amamentação.

Por outro lado, mulheres que complementam a alimentação com fórmula infantil desde cedo e amamentam menos regularmente podem voltar a menstruar antes, entre 4 a 8 semanas pós parto.

A menstruação muda durante a amamentação?

É possível que a menstruação após o parto e durante o período que a mulher está amamentando também apresente uma certa irregularidade ou mudança no padrão de sangramento anterior a gravidez.

O sangramento da menstruação pode ser mais ou menos intenso do que aquilo que a mulher estava habituada, essas mudanças também são normais durante esse período.

Muitas mulheres referem um efeito positivo que é a diminuição das cólicas menstruais, sendo que após o parto algumas mulheres deixam de ter cólicas menstruais

O anticoncepcional interfere na menstruação no período pós parto?

É válido ressaltar que o próprio anticoncepcional tomado também pode interferir com o padrão de sangramento. Os anticoncepcionais só de progestógenos em baixas doses, como é o caso do Norestin, podem ocasionar mudanças no padrão menstrual levando a irregularidades no fluxo menstrual.

É possível que ocorra aumento ou diminuição da frequência de sangramento, presença de sangramento de escape ou mesmo ausência da menstruação. Todos esse são efeitos possíveis de acontecer.

Para mais informações e esclarecimentos consulte o seu médico de família ou ginecologista.

Como fazer menstruação descer na data que quero?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Não, jamais pode tomar menos que 21 comprimidos, se quer mudar a data da sua menstruação deve comprar mais 1 cartela e emendar mais alguns dias até a data que quer menstruar.

Quais são os prováveis dias da menstruação descer?
Dra. Janyele Sales
Dra. Janyele Sales
Medicina de Família e Comunidade

O esperado é que sua menstruação desça 2 a 3 dias após a parada da cartela do seu anticoncepcional. Com o uso do anticoncepcional oral hormonal o sangramento tende a ocorrer no período de intervalo entre uma cartela e outra, em qualquer dia nesse intervalo.

Além disso, nos primeiros meses de uso pode haver algumas alterações no padrão de sangramento, com a presença de sangramento de escape, diminuição do fluxo menstrual ou mesmo ausência da menstruação. Algumas mulheres também podem apresentar uma irregularidade menstrual, ou seja, a menstruação vir em períodos distintos a cada mês.

Todas essas possibilidades são normais, e caso esteja a tomar os comprimidos corretamente não há motivo para se preocupar.

Sangramento de privação ou menstruação?

O sangramento que ocorre durante o uso dos anticoncepcionais não é propriamente a menstruação em si, pois não é secundário a uma descamação do endométrio por mudanças nas concentrações fisológicas hormonais. Esse sangramento que ocorre na pausa da cartela se deve a privação dos hormônios ingeridos na pílula, por isso, é chamado de sangramento de privação.

Quando não se está em uso de anticoncepcionais orais hormonais, a menstruação desce cerca de 14 dias após a ovulação. O dia em que ocorre a ovulação pode variar de mulher para mulher e pode variar mensalmente para cada mulher.

Em média ciclos menstruais que duram 28 dias, a mulher ovula na metade do ciclo, no décimo quarto dia, portanto irá menstruar após 14 dias da ovulação, completando o seu ciclo menstrual.

Para mais informações sobre menstruação e sangramento durante o uso da pílula anticoncepcional consulte o seu médico de família ou ginecologista.