Perguntar
Fechar

Vou para a praia, o que faço para menstruação não descer?

Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

A menstruação é um processo natural do organismo da mulher, que é controlado pelas taxas dos hormônios femininos. Os primeiros dias do ciclo menstrual, os níveis de hormônios começam a subir, para aumentar a camada de células e fluxo sanguíneo do útero, com o intuito de nutrir o feto, caso aconteça uma gravidez.

Quando não acontece a gravidez, essa camada toda de células descama e é eliminada na forma de menstruação. Portanto, a única forma efetiva de interromper esse ciclo e evitar a menstruação, é alterando as taxas desses hormônios.

Não existem receitas caseiras que realmente funcionem, além de causar danos ao organismo.

O que fazer para a menstruação não descer?

As formas comprovadas e seguras de evitar que a menstruação aconteça, são:

  1. Uso ininterrupto do anticoncepcional oral combinado, ou seja, emendar a cartela do remédio, sem esperar os sete dias entre as cartelas;
  2. Optar por anticoncepcional contínuo (oral, adesivo ou injetável);
  3. Dispositivo intrauterino (DIU) de progesterona,
  4. Primosiston®, medicamento com propriedades que impedem a menstruação descer.

O que fazer para a menstruação descer mais cedo?

Quando interrompe antecipadamente a cartela, a menstruação desce mais cedo, pela ausência abrupta dos hormônios da medicação.

Se já fizer uso de anticoncepcional

Para as mulheres que já fazem uso de anticoncepcionais, existem duas maneiras simples, que são emendar a cartela de anticoncepcionais ou interrompê-la antecipadamente.

Quando a medicação é continuada, a cartela termina e emenda na próxima, sem a pausa regular de 7 dias, a menstruação não acontece, devido à manutenção do hormônio no sangue.

Quando interrompe antecipadamente, a menstruação desce mais cedo, pela ausência abrupta dos hormônios da medicação.

A adesão aos anticoncepcionais de uso contínuo, DIU de progesterona, ou uso ininterrupto da medicação, pode ser uma boa opção para as mulheres que viajam muito, que praticam atividades físicas de alto rendimento, para mulheres que tem anemia crônica ou por opção própria. Basta que sejam avaliados os riscos e benefícios caso a caso.

O Primosiston® é um medicamento a base de hormônios, que dependendo da maneira utilizada, pode retardar ou antecipar a menstruação. Contudo, possui efeitos colaterais e contraindicações, que devem ser analisadas antes do seu uso, como o risco de trombose.

Se ainda não fizer uso de anticoncepcional

Para as mulheres que não fazem uso de anticoncepcionais, as opções são de iniciar um anticoncepcional ou usar o Primosiston®, se não houver contraindicação.

Não tome anticoncepcionais ou Primosiston® no caso de:

  • História atual ou anterior de trombose (trombose na perna ou embolia pulmonar)
  • História atual ou anterior de derrame cerebral, ou infarto agudo do miocárdio
  • Se for fumante (o tabagismo aumenta o risco de trombose)
  • Se for obeso (o sobrepeso também eleva o risco de tromboses)
  • Se houver qualquer hipótese de estar grávida
  • História atual ou anterior de doenças no fígado
  • História atual ou anterior de câncer
  • Se for diabético e estiver sem controle adequado da doença.

Portanto, o médico saberá a melhor medicação ou opção para o se caso, sem que ofereça riscos para a sua saúde. Converse com o seu ginecologista.

Pode lhe interessar também:

A pílula do dia seguinte pode atrasar minha menstruação?