Perguntar
Fechar

Ânus

Dor no ânus: o que pode ser?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Dor no ânus pode ser sinal de diversas condições patológicas como hemorroida, fissura anal, câncer de reto, entre outras. É importante observar os outros sintomas que acompanham a dor anal para poder identificar a causa da mesma.

Algumas causas de dor no ânus:

  • Hemorroida interna: Pode causar dor anal no caso de haver trombose associada ou quando a pessoa faz muita força para evacuar, provocando o prolapso da hemorroida para fora. Graus mais avançados podem provocar ainda incontinência fecal acompanhada de corrimento, provocando irritação e coceira na região do ânus;
  • Hemorroida externa: Provoca dor no ânus ao evacuar e ao sentar. São visíveis e palpáveis;
  • Fissura anal: Provoca dor para evacuar, com presença de sangue vivo nas fezes ou perceptível na limpeza com papel higiênico. A fissura aguda provoca ardência no ânus durante a evacuação;
  • Proctalgia Fugaz: Doença funcional benigna do reto/ânus de causa desconhecida, cujo principal sintoma é uma dor no ânus/reto que pode ser bastante intensa mas fugaz (rápida), sem relação com as evacuações, que dura geralmente alguns minutos. A dor pode surgir em qualquer momento do dia e, quando à noite, pode acordar o paciente durante a madrugada, caracterizando-se como câimbra, espasmo anal (saiba mais em: O que é proctalgia fugaz?);
  • Abscesso: dor latejante ou contínua acompanhada de inflamação na região em torno do ânus e de sintomas gerais como febre, perda de apetite, fraqueza;
  • Câncer retal: Além de dor no ânus/reto, provoca também sintomas como não conseguir evacuar ou ficar com a sensação da evacuação ter sido incompleta, sangue nas fezes, diarreia e prisão de ventre alternadas, cólica, emagrecimento sem causa aparente, entre outros.

A dor no ânus pode ter tratamentos diferentes a depender da causa. Em caso de dor de ânus, a pessoa pode procurar o/a médico/a proctologista, clínico/a geral ou médico/a de família.

Caroço no ânus: o que pode ser?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Caroço no ânus pode aparecer em diversas idades, isoladamente ou acompanhado de outros sintomas, além de poder ser característico de várias patologias, entre elas:

  • Hemorroida: veias anais que se dilatam em consequência de alguma situação;
  • Verrugas anais: decorrentes de algumas doenças transmitidas pelo sexo;
  • Abscesso: inflamação das glândulas da região anal com presença de pus, dor, vermelhidão e inchaço na região anal acompanhado de sintomas gerais como febre, prostração, calafrios;
  • Tumor: indicativo de câncer;
  • Cisto: muitas vezes acompanhado de abscesso;
  • Prolapso retal: exteriorização do reto por completo ou parcialmente.

O caroço no ânus deve ser examinado pelo/a médico/a clínico geral, médico/a de família ou proctologista para definir a causa específica e orientar o tratamento mais adequado.

Também pode lhe interessar: Tenho um caroço na virilha. O que pode ser?

Sinto uma ardência anal, principalmente quando sento. O que pode ser?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Ardência anal pode ser sinal de fissura anal, hemorroida, ou ainda outras doenças. Se for uma fissura anal, além da ardência, você poderá apresentar também os seguintes sintomas:

  • Dor anal intensa, durante e logo após evacuar;
  • Sangramento, geralmente observado no papel higiênico;
  • Coceira na região anal e ao redor.

Já as hemorroidas podem causar ardência e sintomas como:

  • Coceira anal;
  • Sangramento, também percebido na roupa íntima ou no papel higiênico;
  • Dor ou ardência durante ou após a evacuação;
  • Saliência palpável no ânus.
O que fazer em caso de ardência anal?

Se a causa for uma fissura anal, o tratamento normalmente consiste em :

  • Banho de assento em água morna durante cerca de 10 minutos, 2 ou 3 vezes ao dia ou se sentar sobre uma bolsa de água morna. O calor aumenta o fluxo sanguíneo e ajuda a cicatrizar a ferida;
  • Evitar esforço ao evacuar, pois pode reabrir uma fissura que já está curada ou causar uma nova fissura;
  • Aplicação externa de trinitrato de glicerina para estimular a circulação sanguínea e relaxar o esfíncter anal;
  • Aplicação de creme com esteroides para diminuir o desconforto;
  • Injeção de Botox para paralisar temporariamente o esfíncter anal e melhorar os espasmos;
  • Cirurgia, quando o tratamento conservador não teve resultado.

Em caso de hemorroida, o tratamento é feito através de:

  • Alterações na alimentação, com eliminação de alimentos que podem piorar o quadro, como álcool e pimenta, e inclusão de fibras;
  • Não segurar a vontade de evacuar;
  • Fazer banhos de assento com água morna ao invés de usar papel higiênico;
  • Evitar fazer força para evacuar;
  • Cirurgia, nos casos de hemorroida externa ou quando ocorrem episódios repetidos de trombose, dor ou sangramento.

Para uma investigação mais aprofundada do seu caso, consulte um/a médico/a proctologista ou um/a gastroenterologista. 

Prurido anal tem cura? Como é o tratamento?

Prurido anal tem cura e o tratamento incide sobre a origem do incômodo. Após tratar ou eliminar o agente causador, a coceira no ânus tende a desaparecer. Contudo, quando o médico não encontra uma causa aparente, o tratamento torna-se mais difícil e prolongado.

Para aliviar o prurido anal, recomenda-se regular os hábitos intestinais, procurando evacuar pelo menos 1 vez ao dia. Para isso, é importante aumentar a ingestão de fibras e o consumo de água para favorecer o trânsito intestinal. Ao fazer menos esforço para evacuar, o risco de lesões na mucosa anal diminui.

Também é fundamental manter a região anogenital limpa e seca, evitar roupas íntimas de tecido sintético e não aplicar nenhum tipo de pomada ou medicamento sem orientação médica.

Por vezes, a coceira pode se tornar insuportável, ao ponto da pessoa arranhar o local para acabar com o desconforto. Isso deve ser evitado pois pode lesionar a mucosa e provocar uma infecção. 

Para aliviar o prurido anal nessas situações, aplique uma compressa fria ou faça um banho de assento com água fria.

Seguindo o tratamento adequado, os sintomas podem ser aliviados em poucos dias. Muitos casos de prurido anal ficam completamente curados no espaço de 1 mês.

O especialista responsável pelo tratamento é o médico proctologista.

Saiba mais em:

O que pode causar prurido anal?

Coceira no ânus, o que pode ser?

Coceira no ânus, o que pode ser?
Dra. Ângela Cassol
Dra. Ângela Cassol
Médico

Coceira (ou prurido) anal pode ter algumas causas, dentre elas:

  • infestação por vermes, em especial oxiuríase;
  • má higiene local, com acúmulo de restos de fezes que podem irritar a mucosa anal;
  • limpeza excessiva, que também pode irritar a mucosa anal;
  • diarréia crônica (fezes líquidas e irritantes pelo baixo pH);
  • doenças locais, como hemorróidas e fissuras;
  • consumo de alguns alimentos, que acidificam o pH das fezes, como cerveja, frutas ácidas, bebidas com cafeína (café, chá preto, refrigerantes a base de cola), tomate, ameixas;

 É importante que um proctologista ou clínico geral seja procurado, para fazer um exame do ânus e para solicitar exames, como um parasitológico de fezes, para avaliar a causa do prurido e prescrever um tratamento adequado.

O que pode causar prurido anal?

O prurido anal pode ter várias causas. A coceira no ânus pode ser provocada pela presença de vermes (oxiúros), umidade, má higiene ou limpeza excessiva da região anal, diarreia crônica, hemorroida, alergia, infecção bacteriana ou fúngica, dermatite, fissura ou ainda pela ingestão de bebidas e alimentos ácidos.

A coceira anal costuma ser um sintoma presente em muitas das doenças que acometem o ânus e o reto, tais como fístulas, hemorroidas, fissuras, infecções anais, condiloma acuminado, câncer, entre outras. O prurido pode estar presente até mesmo em patologias que acometem outros órgãos, como diabetes e hepatite. 

A limpeza inadequada após as evacuações permite que restos de fezes se acumulem e irritem a mucosa do ânus, causando prurido. Lavar ou limpar a região anal em excesso também pode irritar o local e gerar o incômodo. O próprio sabonete pode ser a causa da irritação.

As fezes líquidas das diarreias crônicas são ácidas e irritam o ânus, causando coceira. Por outro lado, uma prisão de ventre mais severa, com impactação fecal, pode gerar um acúmulo tão grande de fezes no intestino ao ponto de haver um transbordamento de fezes líquidas pelo ânus. Esse vazamento, que pode não ser percebido na roupa, também irrita o local, gerando o prurido.

O uso de roupas apertadas ou de tecidos sintéticos em dias de calor aumentam a transpiração e a umidade na região anal, o que pode causar coceira.

Outra possível causa de prurido anal é o consumo de determinados alimentos e bebidas que podem deixar as fezes ácidas, tais como leite, cerveja, frutas cítricas, café, refrigerantes tipo cola, chá preto, tomate, ameixas e chocolate.

Há ainda casos de prurido anal cujas causas não são identificadas ou têm origem em fatores psicológicos, como ansiedade.

O prurido anal caracteriza-se por uma coceira ou ardência intensa em torno da região do ânus. Muitas vezes ocorre durante a noite ou após as evacuações. 

O tratamento  é direcionado para a causa. O objetivo é aliviar os sintomas e tratar a doença ou o problema que está na origem da coceira.

O diagnóstico e tratamento do prurido anal é da responsabilidade do médico proctologista. Na presença dos sintomas, consulte um especialista para avaliar o seu caso.

Saiba mais em:

Prurido anal tem cura? Como é o tratamento?

Coceira no ânus, o que pode ser?

Existe algo para tratar hemorroidas sem cirurgia?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Sim. Hemorroidas não complicadas podem ser tratadas sem cirurgia.

A maioria das hemorroidas podem ser tratadas com tratamento não conservador, ou seja, sem cirurgia. O tratamento conservador para aliviar a dor, reduzir o sangramento e a coceira também deve ser orientado pelo/a médico/a e seguido como indicado, com as medicações prescritas e recomendações indicadas.

Para o/a paciente que aguarda a cirurgia, a melhor opção é melhorar a dieta aumentando a ingesta de fibras presentes em frutas, legumes, castanhas e vegetais. Aumentar a ingestão de água além da realização de atividades físicas regulares são outras medidas importantes.

Saiba mais sobre hemorroidas em:

Como saber se tenho hemorroida e quais são os sintomas?

O que pode causar hemorroida?

Como tratar hemorroida?

Faz dois dias que estou com pequeno caroço em meu ânus
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

A causa mais provável do seu caroço no ânus é hemorróida é só o que eu posso dizer por enquanto, todo o resto que você quer saber (tratamento, cirurgia, gravidade) só vai dar para responder após o diagnóstico correto ser firmado, precisa ir a um médico para ser examinado e obter o correto diagnóstico e esse mesmo médico vai responder suas dúvidas.​

Gostaria de saber mais a respeito de fístula anal...
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Quem cuida dessa área é o Proctologista. Não sei se sexo anal causa fístula anal, acredito que não, senão haveria muito mais fístula anal do que encontramos na prática diária do consultório. O tratamento da fístula anal é na maioria das vezes feito por cirurgia. Fístula anal pode se transformar em uma fístula anal pior e mais incômoda, mas não vira câncer (acho que essa é sua dúvida).

Sinto muita dor no ânus quando vou fazer coco, sangra muito?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Pela sua descrição, é possível que você tenha hemorroidas ou fissura anal.

Em decorrência do intestino preso, a pessoa fica dias sem evacuar e, quando evacua, as fezes saem endurecidas causando ferida na região do ânus e produzindo sangramento.

Nessa fase, é importante fazer uma consulta médica para avaliação pormenorizada, identificação do diagnóstico e indicação do tratamento adequado. Durante o exame físico, o/a médico/a poderá analisar se trata de fissura anal ou hemorroida. Em alguns casos, será necessária realização de um exame mais aprofundado como a retoscopia para identificação da extensão da hemorroida.

Quem tem ou está com o intestino preso, é fundamental reorganizar a dieta e a alimentação. Na maioria dos casos, a melhora do sangramento e da dor vem apenas com o tratamento conservativo. Esse pode ser feito com aumento da ingestão de líquidos e uma dieta rica em fibras.

Leia também:

Como tratar hemorroida?

Existe algo para tratar hemorroidas sem cirurgia?

Nódulos no ânus com dor e coceira o que pode ser?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

A causa mais provável do seu caroço no ânus é hemorróida é só o que eu posso dizer por enquanto, todo o resto que você quer saber (tratamento, cirurgia, gravidade) só vai dar para responder após o diagnóstico correto ser firmado, precisa ir a um médico para ser examinado e obter o correto diagnóstico e esse mesmo médico vai responder suas dúvidas.

Atraso menstrual e pequenas espinhas no meu ânus?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Dois bons motivos para ir ao médico; suas bolinhas no ânus só dá para saber o que é examinando, é um lugar "chato", mas não tem outro jeito. Com relação para sua menstruação estar atrasada existem vários motivos além de gravidez, e mesmo com o exame negativo ainda assim pode ser gravidez.