Perguntar
Fechar

Refluxo

Estou sentindo um bolo na garganta... pode ser refluxo?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Se for algo temporário (somente agora que está tomando os antibióticos) pode usar um antiácido para proteger seu estômago e esôfago, seus sintomas devem desaparecer, se continuarem ou se os sintomas já são de mais tempo deve ir ao médico para correto diagnóstico (fazer exames se necessário) e tratamento.

Refluxo tem cura? Qual o tratamento?

Refluxo gastroesofágico tem cura e o tratamento pode ser feito com medicamentos, dieta, mudanças na alimentação e no estilo de vida, além de cirurgia, dependendo do caso. O tratamento medicamentoso do refluxo inclui o uso de antiácidos e remédios que interrompem a produção de ácido estomacal ou favorecem o esvaziamento gástrico.

Já a cirurgia para refluxo é indicada quando a medicação e as mudanças na alimentação e no estilo de vida não resultam ou como alternativa, quando o indivíduo precisa tomar medicamentos por toda a vida.

O tratamento cirúrgico consiste no fortalecimento da válvula responsável por impedir o refluxo, localizada na entrada do estômago. Nenhuma parte do estômago é retirada na cirurgia.

Alguns alimentos e bebidas que devem ser evitados:

  • Café ou qualquer outra bebida com cafeína;
  • Chocolate, alimentos ácidos;
  • Bebidas alcoólicas, bebidas gasosas.

Algumas das recomendações para aliviar e evitar o refluxo gastroesofágico:

  • Não fumar;
  • Não ingerir bebidas alcoólicas;
  • Perder peso, quando necessário;
  • Reduzir o tamanho das refeições;
  • Evitar roupas apertadas;
  • Não ir dormir logo após uma refeição; esperar pelo menos 3 horas;
  • Colocar calços de 15 a 20 cm embaixo dos pés da cama para elevar a cabeceira.

Os medicamentos e todo o tratamento para refluxo deve ser prescrito pelo médico gastroenterologista.

O que é refluxo e quais os sintomas?

Refluxo gastroesofágico é o resultado do mau funcionamento da válvula que fica entre o estômago e o esôfago, que não se fecha adequadamente e permite que o conteúdo ácido do estômago suba para o esôfago, provocando os seguintes sintomas:

  • Azia;
  • Regurgitação de ácido estomacal;
  • Dor ou queimação no peito;
  • Rouquidão pela manhã;
  • Dificuldade para engolir;
  • Sensação de aperto na garganta, como se tivesse com comida entalada;
  • Tosse seca;
  • Mau hálito;
  • Esofagite (inflamação do esôfago).

O refluxo gastroesofágico em bebês é bastante comum e faz parte do desenvolvimento infantil. Ocorre devido à imaturidade do sistema digestivo e geralmente desaparece quando o bebê completa 1 ano de idade.

No entanto, se o refluxo do bebê não melhora depois dos 6 meses de vida, é considerado doença e caracteriza-se por sintomas como:

  • Dificuldade em ganhar peso ou ainda perda de peso;
  • Interrupção do crescimento;
  • Esofagite (inflamação do esôfago);
  • Apneias (interrupções da respiração).

O refluxo laringofaríngeo ocorre durante o refluxo gastroesofágico, quando a secreção ácida do estômago chega até à garganta ou ao nariz. Os sintomas do refluxo laringofaríngeo são: 

  • Garganta irritada;
  • Queimação e secura na garganta;
  • Rouquidão e tosse, principalmente pela manhã.

​​A presença dos sintomas de refluxo gastroesofágico ou laringofaríngeo, pelo menos uma ou duas vezes por semana, pode indicar que a pessoa seja portadora de um ou ambos os problemas, pelo que deve procurar um médico gastroenterologista.

Quais os sintomas do refluxo em bebê?
Dra. Ângela Cassol
Dra. Ângela Cassol
Médico

O refluxo nos bebês acontece mais comumente devido à imaturidade do trato gastrointestinal superior. Outra possibilidade é que o bebê tenha alguma dificuldade de digestão, intolerância ou alergia a algum alimento da sua alimentação.

Geralmente, as golfadas em pequenas quantidades após as mamadas são os sintomas de refluxo. Isso é normal e pode acontecer com todos os bebês; contudo, quando acontece várias vezes, em grande quantidade e muito tempo depois da mamada, é necessária a avaliação pelo médico pediatra.

Os sintomas de refluxo patológico são:

  • Sono agitado;
  • Vômitos constantes;
  • Dificuldade para mamar;
  • Irritação e choro excessivo, especialmente durante as mamadas;
  • Choro rouco;
  • Dificuldade para ganhar peso;
  • Inflamações frequentes nos ouvidos;
  • Pneumonia aspirativa: quando o leite entra no pulmão e causa pneumonia.

Quando as golfadas após as mamadas são frequentes e o bebê tem dificuldade em ganhar peso, ou na presença dos sintomas acima listados, deverá ser procurado o médico pediatra.

Pode a cirurgia de refluxo não ter resolvido meu problema?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

O refluxo-gastroesofágico não é a única causa de irritação na garganta, precisa aguardar mais tempo, ter mais paciência e ver como você vai ficar nos próximos dias, cuidar bastante com a alimentação, seguir a orientações do médico que te operou e não deve fazer uma nova endoscopia já, precisa aguardar a cicatrização da sua cirurgia. Existe sempre a possibilidade de a cirurgia não ter corrigido seu refluxo, isto as vezes pode acontecer.

Refluxo em bebê tem cura? Qual o tratamento?
Dra. Ângela Cassol
Dra. Ângela Cassol
Médico

Refluxo nos bebês é comum e tem cura. Algumas medidas são eficazes para evitá-lo ou minimizá-lo:

  • Evitar balançar o bebê;
  • Não vestir roupas que apertem a barriga;
  • Ter uma boa posição durante as mamadas para evitar que entre ar pela boca do bebê;
  • Para arrotar, após as mamadas, o bebê deve ficar na posição vertical no colo do adulto por 30 minutos;
  • Nas mamadas, deixar as narinas do bebê livres para respirar;
  • Evitar dar grandes quantidade de leite de uma só vez;
  • Aumentar a frequência das mamadas;
  • Deitar o bebê de lado e com a cabeceira do berço elevada cerca de 30 graus.

Nos casos mais graves de refluxo, pode ser necessário tratamento com remédios, como bromoprida ou domperidona, que deverá ser orientado pelo médico pediatra. Em alguns raros casos, pode ser necessária cirurgia para refluxo.

Omeprazol e domperidona diminuem efeito do anticoncepcional?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Nenhum dos dois Remédios: Omeprazol ou Domperidona diminuem o efeito dos Anticoncepcionais

Tomei anticoncepcional injetável e houve um refluxo...
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Deve tomar na data certa novamente e usar camisinha neste mês por segurança.