Perguntar
Fechar

Derrame cerebral tem cura? Qual é o tratamento?

Sim, derrame cerebral tem cura. Contudo, a recuperação completa da pessoa e a presença ou não de sequelas dependem da parte do cérebro em que ocorreu o derrame, do tamanho da lesão cerebral e se o tratamento foi adequado e iniciado a tempo.

O tratamento do derrame cerebral depende do tipo de acidente vascular cerebral (AVC hemorrágico ou isquêmico) e deve ser iniciado o mais precocemente possível.

As formas de tratamento para os derrames podem incluir medicamentos, cirurgias, fisioterapia, terapia ocupacional e fonoaudiologia.

As medicações usadas para tratar o derrame servem para dissolver coágulos (AVC isquêmico), controlar a pressão arterial e aliviar a dor de cabeça.

Os procedimentos cirúrgicos têm como objetivo desobstruir os vasos sanguíneos (AVC isquêmico), drenar o sangue acumulado no crânio e reparar os vasos sanguíneos que se romperam (AVC hemorrágico).

A fisioterapia, a terapia ocupacional e a fonoaudiologia irão atuar na recuperação ou manutenção dos movimentos, das funções motoras e da fala.

Vale lembrar que quanto mais rápido o tratamento do derrame cerebral começar, maiores são as chances de recuperação e menores são os riscos de sequelas.

Por isso, aos primeiros sinais e sintomas de um derrame cerebral, a pessoa deve ser levada com urgência a um pronto-socorro. O especialista responsável pelo diagnóstico e tratamento do AVC é o neurologista.

Saiba mais em:

Quais os sintomas de um derrame cerebral?

Derrame cerebral: Quais são as causas e possíveis sequelas?

Suspeita de AVC: o que fazer?