Perguntar
Fechar

Endoscopia: como é feita e qual é o preparo?

A endoscopia digestiva alta é feita com um aparelho chamado endoscópio. O aparelho consiste de um tubo flexível com cerca de 1 metro de comprimento e 1 cm de diâmetro. Na sua extremidade está instalada uma microcâmera que transmite imagens para um monitor e permite ao médico visualizar o interior do tubo digestivo.

O exame começa com o preparo. O paciente deve comparecer para a endoscopia em jejum de pelo menos 8 horas. Além disso, se a pessoa estiver usando algum medicamento de uso contínuo ou tiver algum tipo de alergia, é importante informar o médico antes da endoscopia.

No exame, a pessoa fica deitada de lado, sobre o lado esquerdo do corpo, e são então aplicados os sedativos e os analgésicos diretamente na veia. Um bocal de plástico é colocado entre os dentes do paciente e um cateter de oxigênio é instalado abaixo do nariz.

Em seguida, o médico introduz o endoscópio no tubo digestivo através da boca e as imagens internas começam a ser transmitidas pela câmera.

O tempo de duração da endoscopia varia entre 5 e 10 minutos. A duração do exame depende também da necessidade de realizar outros procedimentos, como uma biópsia, por exemplo.

Veja também: Como é feita a endoscopia digestiva alta com biópsia?

Se o paciente preferir, a endoscopia pode ser feita sem sedação. Caso o exame seja feito em crianças, o procedimento é realizado sob anestesia geral.

Após a endoscopia, o paciente permanece na sala de recuperação, em repouso, durante 10 a 30 minutos. A garganta pode estar adormecida, o que é normal. Se a pessoa recebeu oxigênio complementar durante o exame, podem ocorrer espirros e congestão nasal. Não é permitido dirigir após a endoscopia e a alimentação deve ser de preferência leve.

Leia também: Fazer endoscopia dói?

Em caso de mal-estar, náusea, vômitos ou sangramento, o paciente deve entrar em contato com o médico ou o setor de endoscopia do hospital.

A endoscopia digestiva alta é um exame que permite visualizar e tratar doenças do esôfago, estômago e porção inicial do intestino.

O médico responsável pelo exame é o gastroenterologista.