Perguntar
Fechar

Estou com coceira na garganta e sinto que ela está irritada. O que pode ser?

Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Coceira na garganta é um sinal de irritação na garganta, que também pode causar tosse seca e dor. Suas causas podem estar relacionadas com gripes e resfriados, rinite alérgica, alergias, tabagismo, faringite, amigdalite, entre outras.

Comer alimentos gordurosos ou condimentados e até sobrecarregar demais a laringe, como falar por muito tempo, também podem deixar a garganta coçando.

Cigarro e bebidas alcoólicas

O cigarro e o consumo de bebidas alcoólicas também são muito nocivos à saúde da garganta. A fumaça é um fator irritante, enquanto que o álcool absorve a umidade dos tecidos, deixando a garganta seca e causando coceira.

Faringite e amigdalite

Quando a coceira na garganta vem acompanhada por dor, pode ser sintoma de faringite ou amigdalite.

A faringite é uma inflamação da faringe que provoca dor para falar e engolir. Já a amigdalite é uma inflamação ou infecção das amígdalas que provoca dor e dificuldade para engolir, febre, mal-estar geral, vermelhidão e inchaço na garganta (amigdalite viral), além de formação de placas brancas de pus na garganta (amigdalite bacteriana).

Rinite

Já a rinite é uma inflamação alérgica da mucosa do nariz. Pode causar coceira na garganta, céu da boca, olhos e nariz, congestão e obstrução nasal, coriza, espirros, lacrimejamento, tosse, entre outros sintomas.

Ar condicionado

O ar condicionado também pode estar na origem da coceira na garganta, pois retira a umidade do ar, deixando-o mais seco. Como consequência, a garganta também fica ressecada e coça.

Como aliviar a coceira e a irritação na garganta?

Uma forma de aliviar a coceira e a irritação na garganta é manter uma boa hidratação, já que a garganta seca provoca esses sintomas. Além disso, é bom evitar comer alimentos muito apimentados, gordurosos ou gelados.

Aumente a ingestão de líquidos

A coceira e a irritação na garganta têm como uma das principais causas a desidratação. A falta de água diminui a quantidade de muco, que serve para lubrificar a garganta, deixando-a seca, dolorida e irritada. Para ajudar a aliviar o incômodo, recomenda-se beber de 1,5 a 2 litros de água por dia.

Chupe pastilhas para dor de garganta

As pastilhas para dor de garganta aumentam a produção de saliva, ajudando a lubrificar a garganta e aliviando a coceira, a irritação e a dor. Algumas pastilhas possuem mesmo anestésicos locais.

Até mesmo balas refrescantes, como as de menta ou hortelã, ajudam a aliviar o desconforto, pois também estimulam a produção de saliva e a sensação fria que causam auxilia no auxílio da dor.

Tome mel ou própolis

O própolis é um antibiótico natural, combate vírus e bactérias e ajuda a regenerar tecidos. Algumas gotas de própolis por dia podem ser úteis para aliviar a coceira e a irritação na garganta. O mel também é indicado, devido ao seu efeito suavizante.

Previna o refluxo

O refluxo do ácido estomacal para a garganta causa uma irritação constante da mucosa. Para evitar o problema, recomenda-se evitar alimentos e bebidas que contribuem para o refluxo ou irritam a mucosa da garganta, tais como: frutas cítricas (abacaxi, laranja, kiwi), tomate, pimenta e temperos picantes em geral, gorduras, chocolate, bebidas com gás, bebidas alcoólicas e cafeína. Também deve-se evitar nas duas horas antes de ir dormir, para evitar o refluxo durante a noite.

Proteja as cordas vocais

O esforço para falar também pode deixar a garganta irritada ou coçando. Quando a voz começa a ficar rouca, é um sinal de cansaço das cordas vocais ou desidratação da garganta.

Se a coceira e a irritação na garganta persistir, consulte o/a médico/a de família ou otorrinolaringologista para detectar a causa e receber um tratamento adequado.