O que é bexiga hiperativa e quais os sintomas?

Dra. Janyele Sales
Dra. Janyele Sales
Medicina de Família e Comunidade

Bexiga hiperativa é um distúrbio caracterizado pela contração involuntária do músculo da bexiga durante o seu enchimento com urina. Seus sintomas mais característicos são o aumento do número de micções (a pessoa pode urinar mais de 8 vezes ao dia) e a urgência urinária (vontade súbita de urinar).

Uma pessoa com bexiga hiperativa não consegue controlar a bexiga para que ela fique em repouso. Assim, o músculo da bexiga contrai, provocando bastante desconforto e desejo urgente de urinar, algumas vezes com perda de urina.

Quando a bexiga hiperativa não tem causa definida, recebe o nome de bexiga hiperativa idiopática. No entanto, diversos problemas de saúde podem estar relacionados com esse distúrbio, como doenças neurológicas (AVC, Parkinson, lesões medulares), diabetes, insuficiências cardíaca, entre outras.

Sintomas

Os sintomas da bexiga hiperativa podem incluir urgência urinária (necessidade súbita de urinar, que pode vir acompanhada de dor), aumento da frequência urinária, incontinência de urgência (necessidade súbita de urinar seguida de perda de urina) e vontade de urinar durante a noite.

Leia também: Bexiga hiperativa tem cura? Qual o tratamento?

Causas

A bexiga hiperativa pode ter diversas causas. As doenças e lesões neurológicas são causas comuns de bexiga hiperativa, tais como esclerose múltipla, derrame (Acidente Vascular cerebral), doença de Alzheimer, Parkinson, traumatismo craniano e lesões na medula espinhal.

No homem especificamente, pode ocorrer devido a um aumento da próstata, como ocorre na hiperplasia prostática benigna.

Outras doenças também podem ocasionar esse quadro, como: diabetes, insuficiência cardíaca, infecção urinária e cálculos vesicais.

Além disso, há uma associação entre depressão e quadros ansiosos com a presença da bexiga hiperativa.

A bexiga hiperativa tem tratamento, caso apresente sintomas procure um médico de família ou clínico geral para uma avaliação inicial. Geralmente, se diagnosticado o quadro de bexiga hiperativa o seguimento é feito pelo urologista ou ginecologista, no caso das mulheres.

Também pode lhe interessar:

Bexiga neurogênica: Quais as causas, sintomas e tratamento?

Dor na bexiga, o que pode ser?