Perguntar
Fechar

O que é bom para parar a diarreia rapidamente?

Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

Para parar a diarreia, é preciso beber bastante água e cuidar da alimentação, sem fazer jejum ou dietas restritivas. O uso de zinco, probióticos e antibióticos também podem ser prescritos pelo médico, se achar necessário.

Medicamentos antidiarreicos, nem sempre são indicados, porque podem piorar o quadro da diarreia e impedir que o organismo expulse aquilo que não o está fazendo bem. Para crianças, esses medicamentos são contraindicados.

Qual o melhor tratamento para diarreia?

1. Água

O tratamento se baseia na hidratação e reposição daqueles eletrólitos perdidos nas fezes, como, por exemplo, o sódio e o potássio. Essa reposição é conseguida através do soro de reidratação oral, soro caseiro e aumentando o consumo ingesta de água por dia.

A desidratação é a principal complicação da diarreia, por isso é preciso ter muita atenção aos sinais que indicam a desidratação, especialmente nas crianças. Os sinais mais frequentes são a boca seca, língua e lábios rachados, muita sede e diminuição no volume do xixi.

Nos bebês observe a frequência que troca as fraldas e o seu peso, para ajudar na avaliação de desidratação. Outro sintoma de desidratação nos bebês é a irritabilidade e recusa pelo leite materno.

2. Boa alimentação

Manter a alimentação habitual é muito importante para não prejudicar a sua nutrição. Por muitos anos acreditava-se que uma dieta era necessário para tratar a diarreia, mas os estudos já demonstraram que manter a dieta normal, sem restrição, tem um melhor resultado.

Portanto, não deixe de se alimentar! Apenas procure as melhores opções dentro do que está habituado a consumir e faça pequenas refeições, mais vezes durante o dia.

  • Prefira alimentos cozidos, grelhados ou assados.
  • Pães, arroz, batata, macarrão e biscoitos de água sal ajudam a reter a água.
  • Frutas mais indicadas são a maça (sem casca) e a banana.
  • Nos lacticínios, dê preferência aos desnatados.
  • Evite comidas gordurosas e bebidas estimulantes como o mate, bebidas alcoólicas, refrigerante, café e leite integral.

A amamentação também deve ser mantida. O aleitamento materno protege o bebê de desidratação, de infecções e auxilia na recuperação da mucosa intestinal, mais rapidamente.

3. Zinco

A reposição de zinco tem mostrado cada vez mais, a recuperação mais rápida da função intestinal. Portanto, é recomendado o uso de Zinco uma vez ao dia, durante 10 a 14 dias.

4. Probióticos

Os medicamentos probióticos podem melhorar os sintomas da diarreia viral, reduzindo o tempo da doença e o risco de internação, através do equilíbrio da flora intestinal.

No entanto, são muitas as opções de probióticos no mercado, o que dificulta essa indicação mais detalhada. Além disso, pesquisas apontam para uma piora da diarreia infecciosa, provavelmente pelo uso conjunto de antibiótico e probióticos.

Portanto, como ainda não existe um consenso sobre as opções e doses mais seguras de probióticos na diarreia, principalmente na infecciosa, recomenda-se uma avaliação médica antes de iniciar o medicamento.

5. Antibióticos

O antibiótico está indicado nos casos de infecção, febre alta, sangue nas fezes ou diarreia prolongada. O remédio recomendado pelo Ministério da saúde atualmente é a Ciprofloxacina®. A dose e tempo de uso deve ser avaliada caso a caso.

6. Antidiarreicos

Os medicamentos antidiarreicos, como a loperamida (Tiorfan®), só está indicado nos casos de diarreia crônica, sem sinais de infecção e na idade adulta.

Remédio caseiro para diarreia

O remédio caseiro mais eficaz para a diarreia é o soro caseiro, ou o soro de reposição oral já preparado e distribuído pelo Governo, nos postos de saúde do SUS. Esse preparado também pode ser encontrado nas farmácias para venda.

Conheça as três formas de preparar o soro caseiro com segurança nesse artigo: Quais os benefícios do soro caseiro?

Outras opções de remédio caseiro são:

  • Água de coco
  • Soro caseiro
  • Chá de casca de maça
  • Chá de camomila
  • Chá de erva-doce

No preparo do chá, coloque a casca da maçã ou o envelope do chá escolhido na água fervida ainda quente, deixe descansar por alguns minutos e depois de coar, beba em pequenas quantidades durante o dia.

Evite os sabores de chá-preto, menta ou uso de açúcar, porque piora a diarreia.

Quais são as causas de diarreia?

As viroses, consumo de água e alimentos contaminados, contato com objetos contaminados, como utensílios de cozinha e banheiro, ou ainda contato com pessoas contaminadas, são as causas mais comuns de diarreia.

Quando procurar um atendimento médico?

  • Presença de sangue ou muco nas fezes,
  • Febre alta e dores abdominais;
  • Vômitos repetidos,
  • Sinais de desidratação (muita sede, boca seca e pouco xixi),
  • Não conseguir se alimentar, especialmente em crianças,

Na presença de diarreia com essas características e outros sintomas associados, procure um médico clínico geral ou médico de família.

Saiba mais sobre a diarreia infecciosa, também conhecida por disenteria: O que é disenteria e quais os sintomas?

Referências:

  • Ansari F, e cols. A systematic review and meta-analysis: The Effectiveness of probiotics for viral gastroenteritis. Curr Pharm Biotechnol. 2020 Apr 16.
  • Ministério da Saúde do Brasil