Perguntar
Fechar

O que significa CHCM no hemograma?

CHCM é a sigla para Concentração da Hemoglobina Corpuscular Média. No hemograma, os valores de CHCM servem para verificar a quantidade de hemoglobina presente nas hemácias, também conhecidas como eritrócitos ou glóbulos vermelhos.

A hemoglobina é uma proteína que se liga ao oxigênio, permitindo aos eritrócitos executar a sua função de transportar o oxigênio dos pulmões para os tecidos do corpo.

A Concentração da Hemoglobina Corpuscular Média (CHCM) é um dos índices hematimétricos medidos através do eritrograma, parte do hemograma que serve para contar e avaliar as características dos glóbulos vermelhos.

Quando o valor de CHCM está alto, os eritrócitos são mais escuros. Se a pessoa estiver com anemia, ela é chamada hipercrômica. Por outro lado, se a CHCM estiver baixa, as hemácias estão mais claras e a anemia é denominada hipocrômica.

Quando os valores de CHCM estão dentro do normal, a coloração dos glóbulos vermelhos é considerada normal. Logo, em caso de anemia, ela é classificada como normocrômica.

Veja também: Hemácias normocíticas e normocrômicas é anemia?

Os valores de referência de CHCM variam entre 30 e 33 pg.

O outros índices hematimétricos fornecidos pelo eritrograma são o VCM (Volume Corpuscular Médio), que mede o tamanho da célula, e o RDW (Red Cell Distribution Width), que avalia amplitude de distribuição das hemácias. Esse índice serve para avaliar a variação de tamanho entre os glóbulos vermelhos.

Também pode lhe interessar: RDW alto no hemograma pode ser anemia?

Os resultados do hemograma devem ser analisados e interpretados pelo médico que solicitou o exame, juntamente com o exame clínico do paciente.

Saiba mais em:

CHCM alto no hemograma, o que pode ser?

CHCM baixo, o que pode ser?

No hemograma, o que significa VCM, HCM e RDW?

Para que serve o eritrograma e quais os valores de referência?