Perguntar
Fechar

Ardência

Dor, ardência e carocinhos na língua, o que pode ser?
Dr. Ivan Ferreira
Dr. Ivan Ferreira
Médico

A dor, ardência e carocinhos na língua podem ser causados por uma irritação das papilas gustativas por alguma substância irritativa ou picante. Também pode ser causados por alergias à alimentos, temperos, álcool ou pastas de dente. Quando há uma reação alérgica ou uma inflamação, as papilas gustativas presentes na língua tendem a ficar com aspecto inchado e alisado, podendo ser acompanhada por dor e ardência.

Outras causas possíveis para dor, ardência e lesões na língua: líquen plano oral, infecção por fungos ou bactérias, alergia à substâncias irritantes como álcool, tabaco, temperos, alimentos cítricos, eritema multiforme, aftas, herpes oral, Síndrome da Ardência Bucal (SAB).

Uma boa higiene diária da boca e da língua, com sua escovação frequente, pode evitar alguns desses problemas. O dentista e o gastroenterologista são os profissionais que podem diagnosticar e tratar os problemas relacionados com a língua.

Saiba mais em: Quais são os sintomas do câncer de língua?

Ardência no órgão genital depois da relação é normal? O que pode ser?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Ardência no órgão genital depois da relação pode ser normal. Porém, é importante detectar a presença de alguma infecção vaginal, peniana ou urinária que podem agravar a sensação de ardência.

Pela fricção que ocorre durante o ato sexual, pode haver uma ardência logo após a relação. Essa ardência, em geral, deixa de existir depois do ato sexual.

O ato sexual pode provocar esse ardor principalmente quando não há tanta lubrificação dos órgãos genitais. Para isso, é importante estar com o desejo sexual preservado e se sentir à vontade com a pessoa. Nos momentos iniciais da relação, as pessoas podem fazer carícias e outras ações que estimulam a lubrificação e garantem uma comodidade maior no momento da penetração.

Outros fatores que podem causar ardência genital são as infecções tanto vaginal, peniana e urinária. Na presença de alguma infecção como candidíase, gonorreia, clamídia, entre outras, a pessoa pode sentir ardor nos órgãos genitais ou ardência ao urinar.

Essas infecções têm tratamento e com o uso da medicação indicada, é possível acabar com a ardência.

A pessoa deve observar essa ardência. Caso o incômodo continue presente, é recomendável procurar um serviço de saúde para uma avaliação e devido tratamento específico a depender da infecção.

Ardência nos olhos, o que pode ser?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Ardência nos olhos pode ser causada por muitas situações, sendo que as mais comuns são devido à lubrificação inadequada dos olhos, muitas vezes decorrente do uso prolongado do computador, televisão ou lentes de contato.

O ato de piscar ou pestanejar permite aos olhos uma lubrificação com as lágrimas (filme lacrimal) produzidas pelas glândulas lacrimais. Quando ficamos em frente à tela do computador ou da televisão, muitas vezes mantemos os olhos abertos sem piscar devido à atenção exigida para essas atividades.

Quando essa situação prolonga-se por horas seguidas pode ocorrer um ressecamento dos olhos, causando, além da ardência, a sensação de cansaço e irritação ocular. 

A síndrome do olho seco é outro problema causado pela redução da produção ou alteração da composição do líquido lacrimal, mais comum em pessoas acima dos 65 anos e, principalmente, nas mulheres.

Dentre as principais causas da síndrome do olho seco estão:

  • Problemas na tiroide;
  • Doença de Parkinson;
  • Síndrome de Sjögren;
  • Deficiência de vitamina A;
  • Baixa umidade do ar;
  • Ar quente;
  • Ambientes com ar condicionado ou calefação.

Leia também: O que é síndrome do olho seco?

Existem outras causas de ardência nos olhos? Como é o tratamento?

A ardência nos olhos também pode ocorrer devido a:

  • Poluição ambiental;
  • Alergias;
  • Irritações causadas por produtos químicos, como o cloro da piscina ou maquiagens;
  • Conjuntivites;
  • Rinite alérgica;
  • Distúrbios visuais que levam a um esforço maior para conseguir enxergar.

Também pode lhe interessar: Tenho muita coceira nos olhos. O que pode ser e o que fazer para aliviar?

O tratamento da ardência nos olhos depende da causa, podendo incluir:

  • Colírios lubrificantes, anti-histamínicos ou antibióticos;
  • Pausa no uso de lentes de contato;
  • Mudanças de hábitos;
  • Correção de problemas visuais com lentes corretivas ou cirurgias.

O/a oftalmologista é o/a médico/a indicado/a para realizar o diagnóstico e o tratamento.

Sinto uma ardência anal, principalmente quando sento. O que pode ser?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Ardência anal pode ser sinal de fissura anal, hemorroida, ou ainda outras doenças. Se for uma fissura anal, além da ardência, você poderá apresentar também os seguintes sintomas:

  • Dor anal intensa, durante e logo após evacuar;
  • Sangramento, geralmente observado no papel higiênico;
  • Coceira na região anal e ao redor.

Já as hemorroidas podem causar ardência e sintomas como:

  • Coceira anal;
  • Sangramento, também percebido na roupa íntima ou no papel higiênico;
  • Dor ou ardência durante ou após a evacuação;
  • Saliência palpável no ânus.
O que fazer em caso de ardência anal?

Se a causa for uma fissura anal, o tratamento normalmente consiste em :

  • Banho de assento em água morna durante cerca de 10 minutos, 2 ou 3 vezes ao dia ou se sentar sobre uma bolsa de água morna. O calor aumenta o fluxo sanguíneo e ajuda a cicatrizar a ferida;
  • Evitar esforço ao evacuar, pois pode reabrir uma fissura que já está curada ou causar uma nova fissura;
  • Aplicação externa de trinitrato de glicerina para estimular a circulação sanguínea e relaxar o esfíncter anal;
  • Aplicação de creme com esteroides para diminuir o desconforto;
  • Injeção de Botox para paralisar temporariamente o esfíncter anal e melhorar os espasmos;
  • Cirurgia, quando o tratamento conservador não teve resultado.

Em caso de hemorroida, o tratamento é feito através de:

  • Alterações na alimentação, com eliminação de alimentos que podem piorar o quadro, como álcool e pimenta, e inclusão de fibras;
  • Não segurar a vontade de evacuar;
  • Fazer banhos de assento com água morna ao invés de usar papel higiênico;
  • Evitar fazer força para evacuar;
  • Cirurgia, nos casos de hemorroida externa ou quando ocorrem episódios repetidos de trombose, dor ou sangramento.

Para uma investigação mais aprofundada do seu caso, consulte um/a médico/a proctologista ou um/a gastroenterologista. 

O que pode causar ardência ao urinar?
Dra. Janyele Sales
Dra. Janyele Sales
Medicina de Família e Comunidade

Existem diversas doenças e condições que podem causar ardência ao urinar no homem e na mulher. Dentre as mais comuns estão: infecções urinárias, vulvovaginites, cálculos renais, doenças da próstata, epididimite e irritação no canal da urina (uretra).

Infecção urinária

A infecção urinária é a principal causa de dor e ardência ao urinar nas mulheres. A infecção pode ocorrer na uretra (uretrite), na bexiga (cistite) ou nos rins (pielonefrite). Os sinais e sintomas da infecção urinária podem incluir ainda dor na porção inferior do abdômen, febre e presença de sangue na urina. Grande parte dos casos é causada pela bactéria Escherichia coli e o tratamento geralmente é feito com medicamentos antibióticos.

Doenças e alterações na próstata

A infecção (prostatite), o aumento de tamanho (hiperplasia benigna da próstata) e o câncer de próstata estão entre as principais causas de ardência para urinar no homem. Os tratamentos podem incluir uso de antibióticos e outros medicamentos, ou ainda cirurgia, quimioterapia e radioterapia nos casos de tumores malignos.

Veja também: Qual a diferença entre HPB e câncer?

Uretrite

A uretrite é uma inflamação da uretra, o canal que a urina percorre desde a bexiga até ser eliminada. Trata-se de um tipo de infecção urinária provocada quase sempre por bactérias. Além de ardência ao urinar, a pessoa pode apresentar um corrimento purulento que pode ser notado na roupa. O tratamento não incide sobre a dor ou a ardência, mas sim sobre a infecção, que é tratada com antibióticos.

Leia também: Quais são os sintomas e causas de uma infecção urinária?

Contudo, a uretra não precisa estar necessariamente inflamada ou infeccionada para que a pessoa sinta dor ou queimação na hora de urinar. Se o canal da urina estiver irritado devido ao contato ou uso de sabonetes, amaciantes de roupa, perfumes ou certas medicações, esses sintomas também podem estar presentes.

Epididimite

A epididimite é uma inflamação ou infecção do epidídimo, um órgão localizado junto aos testículos. Além de ardência na hora de urinar, pode deixar a região do saco escrotal dolorida e inchada. O tratamento é realizado com medicamentos antibióticos.

Vulvovaginite

As vulvovaginites estão entre as principais causas de ardência ao urinar nas mulheres. São infecções da vagina causadas por bactérias, fungos ou protozoários. Podem causar dor ou ardência ao urinar, além de coceira intensa e corrimento vaginal. A vulvovaginite pode ser tratada com pomadas vaginas ou medicamentos orais, de acordo com a causa.

Saiba mais em: O uso de anticoncepcionais pode causar vaginite?

Cálculos renais (pedra nos rins)

O cálculo renal pode provocar dor e queimação intensa ao urinar devido aos ferimentos que pode causar na uretra ao passar pelo canal. As pedras podem ser removidas por meio de cirurgia ou expelidas pela urina depois de serem pulverizadas, conforme o tamanho e o número de cálculos.

Veja também: Cálculo renal: como saber se tenho pedra nos rins?

Em caso de ardência ao urinar, recomenda-se que a pessoa aumente a ingestão de água para pelo menos 2 litros por dia. Se após 24 horas o sintoma não desaparecer, ela deve procurar um clínico geral, médico de família para receber uma avaliação.

Saiba mais em:

Vontade de urinar a toda hora e não conseguir. O que pode ser?

Dificuldade para urinar: o que pode ser e o que fazer?

É normal sentir constantemente vontade de urinar?

Vontade de urinar toda hora, o que pode ser?

Não conseguir ou ter dificuldade em urinar: o que pode ser e como tratar?

Sensação de bexiga cheia mesmo depois de urinar, o que pode ser?

Carocinhos nos grandes lábios: o que pode ser?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

A presença de caroço nos grandes lábios pode ser indicativo de Bartolinite. A bartolinite é uma inflamação da glândula de Bartholin localizada no introito vaginal.

A bartolinite é uma doença benigna e que tem cura. Leia mais em:

O que é bartolinite? Tem cura?

Algumas doenças transmitidas por via sexual podem se manifestar com caroços na região da vagina. Essas doenças devem ser tratadas para evitar agravamentos ou expansão da lesão.

Na presença de caroço nessa região é importante consultar o/a ginecologista, clínico/a geral ou médico/a de família para um exame detalhado e tratamento apropriado.

Bolinhas vermelhas na ponta da língua que está ardendo. O que pode ser?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Bolinhas vermelhas que ardem na ponta da língua podem indicar algum tipo de inflamação provocada por uma irritação nas papilas gustativas. Dentre as possíveis causas estão:

  • Substância irritante ou picante;
  • Alergia a alimentos, tabaco, temperos, álcool, pasta de dente;
  • Líquen plano oral;
  • Infecção por fungos ou bactérias;
  • Eritema multiforme;
  • Aftas;
  • Herpes oral;
  • Síndrome da Ardência Bucal.

Quando existe uma reação alérgica ou uma inflamação na língua, as papilas gustativas tendem a ficar inchadas e lisas, podendo haver também dor e ardência.

No entanto, o mais indicado é consultar o/a médico/a de família, clínico/a geral ou dentista especialista em estomatologia para diagnosticar e tratar a causa dessas bolinhas na ponta da língua.

Ardência no estômago depois de comer: o que pode ser?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Ardência no estômago depois de comer pode ser sintoma de doença do refluxo gastroesofágico, que muitas vezes é confundida com gastrite, azia ou má digestão.

A doença do refluxo caracteriza-se pelo retorno do conteúdo ácido do estômago para o esôfago, devido ao mau funcionamento de uma válvula que separa os dois órgãos chamada esfincter.

Como resultado, o conteúdo gástrico, que inclui também o ácido que ajuda na digestão, volta para o esôfago, que não está preparado para recebê-lo.

Se não for devidamente tratado, o refluxo pode causar esofagite (inflamação do esôfago), podendo ainda provocar um estreitamento do órgão e o aparecimento de úlcera. Esses casos mais graves podem estar relacionados com câncer de esôfago.

Veja também: Refluxo tem cura? Qual o tratamento?

A sensação de ardência ou queimação sobe do estômago em direção à garganta, com regurgitação do ácido estomacal quando chega à boca.

O refluxo é mais comum quando a pessoa bebe em excesso ou come alimentos gordurosos ou muito condimentados, pois relaxam o esfincter e permitem o refluxo gástrico.

Os medicamentos antiácidos apenas aliviam os sintomas de ardência ou queimação, mas não curam o problema.

Sentir ardência no estômago depois de comer deixa de ser normal se o paciente tiver azia e regurgitação duas vezes por semana ou mais. Nesses casos, deve-se consultar o/a médico/a gastroenterologista para avaliar a situação e indicar o tratamento adequado.

Também pode lhe interessar: O que é dispepsia?

Corrimento vaginal e ardência para urinar o que é?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Após a relação sexual, a pessoa pode sentir ardência para urinar o que não necessariamente chega a ser dor. Pela fricção que ocorre durante o ato sexual, é normal sentir essa ardência após a relação. Contudo, essa ardência, em geral, deixa de existir após algumas micções.

Outra situação que pode ocorrer é a infecção de urina, muito frequente em mulheres com vida sexual ativa. A infecção urinária pode ser desencadeada com o ato sexual. Com ela, a mulher pode sentir dor ou ardência ao urinar, vontade constante de urinar e ainda notar a presença de sangue na urina. A infecção urinária normalmente é tratada com medicamentos antibióticos.

O corrimento vaginal pode ser normal quando apresenta coloração clara ou esbranquiçada, parecida com clara de ovo, não possui cheiro forte, não provoca coceira ou ardência. Neste caso, trata-se de uma secreção vaginal normal.

No entanto, corrimento vaginal branco, amarelo ou esverdeado, com odor desagradável tipo peixe podre ou azedo, pode ser algum tipo de infecção ou inflamação vaginal que precisa ser avaliada e tratada adequadamente pelo clínico geral, médico de família ou ginecologista.

Você pode observar essa ardência e o corrimento. Caso fiquem constante, é recomendável procurar um serviço de saúde para uma avaliação e uso da medicação indicada.

Saiba mais em:

Dor ao urinar, o que pode ser?

O que pode causar ardência ao urinar?

Ardência ao urinar no homem, o que pode ser?

Não conseguir ou ter dificuldade em urinar: o que pode ser e como tratar?

Vontade de urinar toda hora, o que pode ser?

Corrimento vaginal: o que significam as diferentes cores

Ardência ao urinar no homem, o que pode ser?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

As principais causas de ardência ao urinar no homem são as infecções urinárias que afetam o canal da urina (uretrite), irritações da uretra, ISTs (infecções sexualmente transmissíveis), infecções da próstata e ainda a epididimite, uma inflamação junto aos testículos.

Além da queimação ou da ardência, é importante estar atento a outros sinais e sintomas que podem estar presentes, como corrimento ou secreção, febre, calafrios, alterações urinárias, entre outras manifestações que podem indicar a presença de infecções e doenças mais graves, como prostatites e doenças sexualmente transmissíveis, por exemplo. 

Gonorreia

Se a ardência vier acompanhada de dor ao urinar e secreção, pode ser um sinal de gonorreia, uma doença sexualmente transmissível causada por bactérias. Sem tratamento e prevenção (uso de preservativo), a gonorreia pode ser transmitida para outras pessoas.

A doença tem cura e é tratada com antibióticos específicos. Lembrando que o tratamento também deve se estender à parceira ou parceiro, caso esses também estejam infectados.

Veja também: Quais os sintomas da gonorreia?

Infecção urinária (uretrite)

A uretrite é um tipo de infecção urinária que afeta homens e mulheres. Trata-se de uma inflamação da uretra (canal da urina) causada na maioria das vezes por bactérias. Os principais sinais e sintomas são a ardência ao urinar e a presença de corrimento amarelado. O tratamento é feito com antibióticos.

Leia também: Quais são os sintomas e causas de uma infecção urinária?

Prostatite

A prostatite é uma inflamação ou infecção da próstata, um órgão que produz líquidos que compõem o sêmen. A doença pode ser aguda ou crônica e os sinais e sintomas podem incluir dor ou ardência ao urinar, febre, calafrios, urina escura, dor nos músculos e no órgão genital, além de alterações urinárias.

Saiba mais em: O que é prostatite e quais os sintomas?

Epididimite

A epididimite é uma inflamação no epidídimo, um órgão que liga os testículos ao canal que transporta o esperma. Pode afetar homens de qualquer idade e é causada na maioria das vezes por bactérias, muitas vezes transmitidas pela via sexual.

A epididimite pode provocar ardência ou dor ao urinar, dor e inchaço na região escrotal, dor durante a ejaculação, aparecimento de caroço no testículo, ínguas na virilha e presença de sangue no esperma.

Leia também: Epididimite: Quais os sintomas e como é o tratamento?

Irritações na uretra

O contato da uretra com alguns produtos químicos, como amaciantes de roupa, perfumes, sabonetes ou ainda medicamentos, podem causar irritação no local e, consequentemente, ardência ao urinar.

Em caso de ardência ou dor ao urinar, consulte o/a médico/a de família, clínico/a geral ou urologista para uma avaliação.

Leia também: 

Ardência no órgão genital depois da relação é normal? O que pode ser?

Dor ao urinar, o que pode ser?

Vontade de urinar toda hora, o que pode ser?

Dificuldade para urinar: o que pode ser e o que fazer?

É normal sentir constantemente vontade de urinar?

Ardência durante e após evacuar o que fazer?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Antes de procurar um tratamento para qualquer doença ou sintoma que estamos tendo o ideal é procurarmos um diagnóstico e a partir do diagnóstico correto o tratamento fica muito mais fácil. O ideal é procurar um médico para saber exatamente o que você tem, pode ser hemorróida, fissuras no ânus ou outra doença.

Toda vez que tenho relação sexual ganho ardência ao urinar...
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Esta bactéria esta em você e em todas as pessoas, porém em você (por fatores pessoais imunológicos seus e mecânicos da relação sexual) esta bactéria causa infecções urinárias de repetição. Procure ajuda de um médico homeopata.