Perguntar
Fechar

Enjoo Constante

Enjoo constante depois de comer: o que pode ser?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Enjoo constante depois de comer pode ser sinal de problemas gastrointestinais ou distúrbios de fundo emocional. Dentre os problemas gastrointestinais mais comuns que podem causar enjoo constante estão:

  • Gastrite: Além de enjoos constantes, a gastrite também pode provocar queimação, azia e desconforto ou dor no abdome. A gastrite é uma inflamação da mucosa que cobre parte interna do estômago e pode ser aguda ou crônica, com causas variadas;
  • Refluxo gastroesofágico: Tem como principais sintomas os enjoos frequentes, queimação no peito ou azia e a regurgitação do ácido estomacal. Dor no peito em aperto irradiando para as costas, sensação de subida de alimentos, dificuldade para engolir alimentos, dor ao engolir e arrotos frequentes também podem estar presentes;
  • Duodenite: Trata-se de uma inflamação do duodeno (porção inicial do intestino delgado), que pode provocar sintomas como sensação de enfartamento após as refeições, enjoos, falta de apetite, soluços, entre outros.

No entanto, enjoo constante também pode ter causas de fundo emocional, como depressão e transtornos de ansiedade. De fato, uma boa parte das pessoas com enjoos constantes depois de comer sofrem de ansiedade ou depressão.

Em caso de enjoo constante, deve-se procurar o/a médico de família, clínico/geral, ou gastroenterologista. Casos de difícil diagnóstico podem ter causas psíquicas (ansiedade ou depressão) e podem ser acompanhados pela psiquiatria.

Dor no estômago, enjoo e queimação. O que pode ser?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Dor no estômago, enjoo e queimação podem ser causados por gastrite, uma inflamação generalizada no estômago que o deixa mais avermelhado e provoca feridas superficiais.

Além da gastrite, a dor de estômago, o enjoo e a queimação também podem ser sintomas de outros problemas e condições, tais como jejum prolongado, gravidez, estresse, uso de certas medicações, infecção gastrointestinal, entre outros.

O que é a gastrite?

A gastrite provoca uma inflamação da mucosa que reveste o estômago. A mucosa produz várias substâncias fundamentais para a digestão. Na gastrite, devido à inflamação, a produção dessas substâncias fica prejudicada, interferindo com o processo digestivo.

Em condições normais, a parede interna do estômago fica protegida da acidez do suco gástrico. Porém, quando há lesões na mucosa, o ácido estomacal penetra na mesma, aumentando ainda mais as lesões, podendo gerar úlcera e sangramento.

Quais são as causas da gastrite?

Uma das principais causas de gastrite é o aumento da produção de ácido no estômago, que deixa a acidez do aparelho digestivo alta. O aumento do ácido estomacal prejudica a mucosa que reveste o órgão, gerando um processo inflamatório.

A gastrite também pode estar relacionada com a bactéria Helicobacter pylori, que está presente no estômago de cerca de metade da população. Essa bactéria aumenta a secreção de ácido estomacal, deixando o suco gástrico mais ácido, com consequente inflamação da mucosa que reveste o estômago.

Há pessoas que têm defesas naturais contra a H. pylori e não desenvolvem gastrite. Porém, quando a imunidade está mais baixa, essa bactéria pode agir com mais intensidade e desencadear o problema.

Com o avançar da idade, a mucosa que reveste o estômago vai ficando mais fina, tornando-se mais frágil. Por isso, o risco de gastrite aumenta com a idade.

Quais são os sintomas da gastrite?

A gastrite pode causar dor constante em queimação, que melhora quando a pessoa come e piora com o estresse. Os principais sintomas da gastrite incluem dor na boca do estômago, azia, perda de apetite, enjoo e vômitos. Em alguns casos, pode haver presença de sangue nos vômitos ou nas fezes.

Nas gastrites crônicas causadas pela H. pylori, pode ocorrer atrofia da mucosa e destruição das células produtoras de ácido e enzimas fundamentais para a digestão.

A gastrite pode causar complicações, como úlcera, formação de pólipos, câncer e tumores benignos.

Qual é o tratamento para gastrite?

O tratamento da gastrite é feito com medicamentos que diminuem a produção de ácido pelo estômago, reduzindo a dor. Se a gastrite for causada pelo uso de medicamentos anti-inflamatórios, o médico deverá rever a utilização da medicação.

Também é muito importante tratar a infecção por H. pylori através de antibióticos e outros medicamentos.

Consulte o/a médico/a de família, clínico/a geral ou gastroenterologista para uma avaliação detalhada, diagnóstico e tratamento adequados para a sua situação.

Há alguns dias que comecei com ânsia de vômito...
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

A sudorese em mãos e pés pode ser decorrente de um distúrbios de sais minerais causados pelos vômitos que podem ser causados por gravidez, problemas digestivos, síndrome para neoplásica, problemas emocionais... além de muitas outras doenças que cursam com vômitos e náuseas, citei essas que vieram na cabeça agora. Precisa procurar um gastroenterologista, mas certifique-se antes que não está grávida (então vá ao obstetra) ou que não seja um problema emocional (então vá ao psiquiatra).

Muita queimação e enjoos constantes seguidos de tontura, pode ser gastrite ?
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

Sim, podem ser sintomas de gastrite. 

Entretanto os sintomas mais comuns da gastrite são a queimação na região epigástrica ("boca do estômago"), somado a dor e distensão abdominal, náuseas, vômitos, sensação de empanzinamento e algumas vezes perda de apetite com emagrecimento; a tontura não é um sintoma habitual desta doença, apesar de poder estar presente.

A gastrite é a inflamação da parede do estômago, decorrente de situações que estimulem a produção aumentada de ácido gástrico, como o estresse e ansiedade; também pode ocorrer pela presença da bactéria Helicobacter pylori, bastante comum na população brasileira; alimentação inadequada, jejum prolongado entre outras causas.  

Portanto, para definir com segurança a causa dos sintomas, você deverá agendar uma consulta com médico/a clínico geral ou gastroenterologista, para uma avaliação mais detalhada, realização de exames complementares que se façam necessários, e determinar o tratamento indicado. 

Saiba mais sobre o assunto nos links abaixo:

Quando fico nervosa vomito, não posso comer em público...
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Com certeza é um problema da esfera emocional, é um quadro de ansiedade com algumas particularidades da síndrome de pânico (o medo específico é só um detalhe, tendo maior importância na psicoterapia). A verdade é que a sua ansiedade acaba gerando o vômito e quando tem vômito tem medo de vomitar em público e quando está em público e é hora de comer fica ansiosa e por consequência vomita, então seu medo acaba sendo justificado. Precisa quebrar esse ciclo.

Durante alguns anos tenho enjoo constante...
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Provavelmente a parte "psicológica" é importante, deve ir ao médico devido os novos sintomas e mantenha suas atividades conforme suas possibilidades. Para tentar resolver os enjoos constantes procure um médico homeopata.

Ás vezes de repente sinto uma dor na lateral do corpo...
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Até pode ser algo grave, mas o mais comum são as doenças menos graves. A dor pode ser uma dor osteomuscular e o enjoo pode ser uma gastrite ou problema de vesícula ou fígado. Vá a um médico, para o correto diagnóstico e fazer o tratamento.

Tenho 16 anos e enjoos constantes...
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

O enjoo é um sintoma comum para diferentes doenças e situações, sendo a gastrite uma das causas mais comuns.

A melhor maneira de aliviar os sintomas, é tratando a causa do problema, no seu caso, parece estar associada a situações de estresse e ansiedade.

O trato gastrointestinal é um sistema bastante sensível à situações de estresse. Há casos de gastrite, diarreia, vômitos, até formação de úlcera gástrica (ferida na parede do estômago), secundários a situações de estresse prolongado, sem o devido tratamento.

Qual o melhor tratamento para gastrite?

A melhor opção de tratamento para gastrite e com isso melhora dos sintomas de enjoo, é a associação de orientações dietéticas, alimentação balanceada, controle da causa base da doença e medicamentos, quando necessário.

As orientações dietéticas recomendadas são principalmente:

  • Respeitar o horário das alimentações, e não "pular" refeições;
  • Evitando jejum prolongado;
  • Preferir pequenas refeições, mais vezes durante o dia;
  • Mastigar bem os alimentos;
  • Dar preferência a frutas, verduras, carnes magras;
  • Evitar frituras, refrigerantes, bebidas gaseificadas ou com cafeína;
  • Não fumar;
  • Evitar bebidas alcoólicas;
  • Evitar o uso de anti-inflamatórios sem prescrição médica.
Quais são as causas de gastrite?

As causas de gastrite podem incluir: problemas psicológicos como ansiedade e estresse, ou, infecção pela bactéria H. pylori, uso prolongado do ácido acetilsalicílico e anti-inflamatórios (AINEs), gastrite autoimune (quando o organismo produz anticorpos contra a própria mucosa gástrica), tabagismo, obesidade, além de ingestão abusiva e prolongada de bebidas alcoólicas.

Na ausência de infecção, pode ser necessário tratamento com medicamentos, como inibidores de bomba protônica, como omeprazol® e/ou antagonista de receptor H2, como a ranitidina®.

No caso de infecção pela bactéria, é necessário ainda associação à antibioticoterapia, para sua erradicação.

O médico responsável pelo diagnóstico, tratamento e acompanhamento de casos de enjoo e gastrite, é o gastroenterologista.

Quem tem gastrite deve evitar comer o quê?

Há mais de dois anos tenho enjoos constantes e gastrite...
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Pode ser apenas a gastrite, assim como pode ter outra causa, tanto doenças físicas como emocionais.

Tenho 15 anos e há 3 anos comecei a ter enjoo constante...
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Algum problema digestivo ou emocional (mais provável).