Depressão causa dor?

Sim, a depressão pode causar dor. Isso pode ocorrer devido à falta de substâncias produzidas pelo cérebro que atuam como analgésicos naturais do corpo. A falta dessas substâncias em pessoas deprimidas pode desencadear dores.

Os sintomas físicos da depressão podem incluir ainda:

  • Dor de cabeça;
  • Dor crônica;
  • Problemas digestivos;
  • Falta de energia;
  • Cansaço;
  • Mal-estar geral;
  • Dificuldade em adormecer ou dormir demais;
  • Diminuição ou aumento do apetite;
  • Emagrecimento ou ganho de peso.

A dor pode ainda causar depressão ou piorar a depressão já existente. Por isso, a depressão também é muito comum entre pessoas que têm dor crônica, como aquelas com fibromialgia.

A depressão também pode piorar as dores que a pessoa já costuma ter. Mesmo a depressão leve pode afetar a capacidade do indivíduo deprimido gerenciar efetivamente a dor e permanecer ativo.

Quais são os sintomas de depressão?

  • Sentimentos frequentes de tristeza, raiva, abandono, baixa auto-estima ou desesperança;
  • Menos interesse ou prazer em atividades que antes eram prazerosas;
  • Dificuldade de concentração;
  • Pensamentos de morte, suicídio ou danos a si mesmo;
  • Humor irritável ou deprimido;
  • Sentimentos de inutilidade, autoaversão e culpa;
  • Dificuldade de concentração;
  • Movimentos mais lentos ou rápidos que o normal.

O que é depressão?

A depressão é um distúrbio de humor no qual sentimentos de tristeza, perda, raiva ou frustração interferem na vida diária por um período de algumas semanas ou mais. A depressão é uma doença, que afeta o funcionamento do corpo.

Quais as causas da depressão?

A depressão é causada por alterações em certas substâncias químicas produzidas no cérebro. O transtorno depressivo é muitas vezes transmitido dos pais para os filhos.

Isso pode ser devido à genética, aos comportamentos aprendidos em casa ou ao ambiente em que a pessoa vive.

A depressão também pode ser desencadeada por um fato estressante ou infeliz na vida. Na maioria dos casos, é uma combinação desses fatores.

Além disso, existem muitos fatores que podem causar depressão, tais como:

  • Alcoolismo ou uso de drogas;
  • Dor crônica (como em casos de fibromialgia, por exemplo);
  • Situações estressantes ou eventos na vida, como perda de trabalho, divórcio ou morte de um cônjuge ou outro membro da família;
  • Isolamento social.

Às vezes, a depressão não tem uma causa ou razão clara.

Depressão tem cura? Qual é o tratamento?

Depressão tem cura. O tratamento da depressão inclui medicamentos (antidepressivo, estabilizador de humor), mudanças no estilo de vida e psicoterapia.

Os antidepressivos atuam restaurando os níveis adequados das substâncias químicas no cérebro, o que ajuda a aliviar os sintomas.

Algumas pessoas podem se sentir melhor após algumas semanas de uso do antidepressivo. No entanto, na maioria dos casos, é necessário tomar esses medicamentos por pelo menos 4 a 9 meses. Esse tempo é necessário para obter uma resposta completa e impedir que a depressão reapareça.

Os medicamentos antidepressivos devem ser tomados todos os dias. O paciente não deve parar de tomar a medicação por conta própria, mesmo que se sinta melhor ou tenha efeitos colaterais. Quando chegar a hora de interromper o uso do medicamento, a dose deve ser reduzida lentamente ao longo do tempo, conforme orientação médica.

A psicoterapia, especialmente a terapia cognitivo-comportamental, ensina a combater pensamentos negativos. A pessoa aprende como estar mais consciente dos seus sintomas e como detectar os fatores que pioram a depressão.

A psicoterapia também pode ajudar a entender os problemas que podem estar por trás dos pensamentos e sentimentos.

A eletroconvulsoterapia pode melhorar o humor das pessoas com depressão grave ou pensamentos suicidas que não melhoram com outros tratamentos.

O médico psiquiatra é o especialista responsável pelo diagnóstico e tratamento da depressão.