Perguntar
Fechar

Meu esposo fez o exame PSA de rotina e deu 9,18...

Meu esposo fez o exame psa de rotina e deu 9,18; levamos para o urologista e meu esposo se recusou a fazer o exame retal. Ele tem 46 anos e não sente absolutamente nada, no dia que ele fez o exame ele estava com infeção de garganta e tinha parado há 1 semana de tomar antibiótico, pode ser isso o aumento do psa?
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

Não. Não existe relação descrita de aumento de PSA pelo uso de antibióticos, entretanto várias outras situações podem prejudicar o exame, vale ressaltar alguns cuidados, como:

  • Não andar de bicicleta ou moto dias antes do exame,
  • Não ter relação um dia antes do exame,
  • Evitar roupas apertadas,
  • Jejum de 4h e
  • Não usar supositório ou realizar exames como colonoscopia nem sondagem vesical 7 dias antes.

Seguindo todos os cuidados e mesmo assim o valor estiver acima de 4,0 ng/ml, alguns serviços optam por: Repetir o exame, após 4 semanas, sobretudo para valor abaixo de 10 ng/ml, em homens sem queixas e sem fatores de risco e/ou iniciar antibioticoterapia como prova terapêutica, ou seja, tratar como se fosse uma prostatite e reavaliam o exame.

No caso de prostatite, os valores reduzem consideravelmente com o tratamento, já na hiperplasia ou câncer não, os valores se mantém ou aumentam. Porém ainda é uma conduta bastante controversa entre os serviços.

Menos frequentemente, ou para casos de alto risco para câncer de próstata, pode ser indicado exame de biópsia guiada, antes mesmo de repetir o exame de sangue. Cabe ao serviço identificar a melhor opção para cada caso.

Leia mais em: Como é feito o exame PSA livre?

Sendo o tumor de próstata um dos principais tipos de câncer no homem, e com grande potencial de cura, recomendamos que retorne o quanto antes ao urologista, para reavaliação clínica e definição da melhor conduta nesse caso.

Qual o valor normal de PSA?

Embora haja discussão quanto ao valor máximo, dentro das sociedades de urologia, os valores de PSA variam com a idade, entre 4,0 e 6,5 ng/ml. Portanto esse valor acima de 9,0, especialmente para homens abaixo dos 50 anos de idade, deve mesmo ser avaliado junto a um urologista, com urgência.

Leia mais em: Quais são os valores de referência do PSA?

Contudo, sabemos que existem outras diversas causas para esse aumento, e que podem ser investigadas por ultrassonografia e biópsia guiada. E lembrar que um câncer de próstata diagnosticado a tempo, tem alta taxa de cura, cura definitiva.

Causas de aumento de PSA

As causas mais comuns para aumento dos níveis séricos de PSA são:

  • Inflamação da próstata (prostatite);
  • Infecção na próstata,
  • Traumatismo (andar de bicicleta ou moto dias antes do exame),
  • Hiperplasia prostática benigna.e
  • Câncer de próstata.

Outras causas possíveis são: Idade, especialmente após os 75 anos; traumas, pós-operatório ou pós toque retal, atividade sexual no dia anterior ao exame, baixos níveis de testosterona, uso de inibidores da 5 α redutase e outras manipulações hormonais, tumores benignos e malignos.

Apesar de todas essas possibilidade de rastreio da doença, cerca de 17% dos homens com câncer de próstata apresentam PSA normal, o que alerta para o exame conjunto de toque retal, a associação dos exames é a forma mais eficaz de diagnosticar precocemente o câncer de próstata.

Pode lhe interessar ainda: Como prevenir o câncer de próstata? e Biópsia da próstata: como é feito o procedimento?