Perguntar
Fechar

Como eliminar pedras nos rins?

Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

A eliminação das pedras nos rins (cálculos renais) depende principalmente do tipo de material que forma o cálculo e do seu tamanho:

  • Cálculo no rim de ácido úrico: São administrados remédios por via oral para que o cálculo seja dissolvido quimicamente;
  • Cálculos com menos de 5 milímetros: Podem ser eliminados espontaneamente, mas devem receber também tratamento oral para auxiliar na eliminação e serem reavaliados entre 7 a 10 dias para checar a posição do cálculo, quando necessário indicar tratamento cirúrgico apesar do tamanho;
  • Cálculos com mais de 10 milímetros: Devem sempre ser abordados por cirurgia de forma precoce, pois a chance de expelir espontaneamente é muito pequena;
  • Cálculos de Estruvita, ou sinal de infecção: Devem ser abordados com cirurgia, medicamentos específicos e antibioticoterapia endovenosa com urgência.

calculo renal

Quando está indicada cirurgia para a retirada de pedras nos rins?

O tratamento cirúrgico para retirada de pedra nos rins está indicado nos casos de:

1. Presença de cálculo com mais de 10 mm;

2. Presença de sinais de infecção urinária associada, como febre, mal-estar e alterações laboratoriais compatíveis com infecção;

3. Presença de sintomas como dor intensa, náuseas e ou vômitos apesar do tratamento clínico medicamentoso; ao que chamamos de sintomas refratários, mesmo nos casos de cálculos pequenos;

4. Nos casos de obstrução persistente e/ou progressiva, apesar do tratamento;

5. Pacientes com história de insuficiência renal aguda, ou portador de rim único.

Como é a cirurgia para pedra nos rins?

As principais formas de cirurgia são:

  • Litotripsia com ondas de choque extracorpórea (LOCE): Os cálculos são fragmentados por meio de um aparelho que gera ondas de choque, fragmentando as pedras em pequenos pedaços que são eliminados espontaneamente;
  • Nefrolitotomia percutânea: Trata-se de uma punção direta no rim para chegar ao cálculo. Através desse "furo", são introduzidos aparelhos que fragmentam e removem a pedra;
  • Ureteroscopia flexível (ureterolitotripsia): Introduz-se um aparelho endoscópico muito fino e flexível pelo ureter, com o qual o médico pode fragmentar e retirar as pedras com pinças especiais.
  • Nefrolitotomia aberta (“anatrófica”): Primeira cirurgia descrita para cálculos. Atualmente muito pouco indicada, porém casos refratários, cálculos impactados ou muito grandes, podem necessitar dessa abordagem mais invasiva.

Saiba mais em: Como é a cirurgia para pedra nos rins?

A indicação do melhor tratamento para os cálculos renais depende de diversos fatores que são de responsabilidade do/a médico/a urologista.

Leia também:

Qual o tratamento para quem tem pedra nos rins?

Quais os sintomas para quem tem pedra nos rins?

Cálculo renal: como saber se tenho pedra nos rins?

O que causa pedra nos rins?