Posso fazer uso de omeprazol antes de tomar fluoxetina?

Posso fazer uso de omeprazol antes de tomar fluoxetina em cápsula para evitar as queimações e dor no estômago que venho sentindo ao fazer uso da mesma?
Dra. Janyele Sales
Dra. Janyele Sales
Medicina de Família e Comunidade

Pode sim, mas não tome nenhum medicamento sem orientação médica, toda e qualquer medicação deve ser orientada pelo profissional que está acompanhamento o seu tratamento. Informe-o sobre os sintomas gástricos que está tendo.

Uma outra opção é ingerir a fluoxetina junto com o café da manhã ou junto com o almoço. Muitas vezes os sintomas dispépticos do uso da fluoxetina e outros medicamentos inibidores da recaptação da serotonina melhoram com o decorrer do uso ou ajuste da dose, converse com o seu médico sobre isso.

Como aliviar a queimação e dor no estômago?

Outras medidas que podem ser tomadas para aliviar os sintomas dispépticos são:

  • Evite alimentos como café, refrigerantes;
  • Evite alimentos com frituras e gorduras;
  • Evite alimentos com aditivos, conservantes e especiarias;
  • Evite tomar bebidas alcoólicas;
  • Não fume;
  • Controle o excesso de peso através de uma alimentação saudável e prática de atividade física.

Omeprazol e Inibidores de bomba de prótons

O omeprazol faz parte de um conjunto de medicamentos chamados de inibidores de bomba de prótons (IBP), são medicamentos utilizados no controle dos sintomas de dispepsia, que são sintomas gástricos como queimação, azia, distensão abdominal, sensação de empachamento e náuseas.

Só devem ser tomados sob prescrição médica e por um tempo determinado, porque, embora sejam medicamentos seguros, não são totalmente isentos de riscos. Alguns dos problemas de saúde que tem o risco aumentado pelo uso contínuo e indiscriminado dos IBPs são:

  • Fraturas ósseas;
  • Infecções gastrointestinais;
  • Diminuição da absorção de vitaminas e minerais;
  • Lúpus eritematoso cutâneo subagudo;
  • Nefrite intersticial;
  • Pólipos benignos no estômago.

Na presença de sintomas dispépticos com o uso da fluoxetina consulte o seu médico de família, clínico geral ou psiquiatra.