Perguntar
Fechar
Quais são os valores de referência do Beta-hCG?
Dr. Marcelo Scarpari Dutra Rodrigues
Dr. Marcelo Scarpari Dutra Rodrigues
Médico

Os valores de referência do Beta-hCG são os seguintes (podem variar de acordo com o método e os reagentes utilizados):

Em homens e mulheres não grávidas, saudáveis o resultado é NEGATIVO.

Para o diagnóstico de gravidez:

                • De 5 a 50mU/ml: indeterminado                 • Acima de 50mU/ml, mulher saudável: POSITIVO

A gonadotrofina coriônica humana (hCG), é uma glicoproteína hormonal sintetizada nas células trofoblásticas sinciciais, com a função de manter o corpo lúteo no primeiro trimestre da gestação, quando a placenta assume a função de produção de progesterona. A molécula de hCG é composta por unidades, alfa e beta, sendo que a subunidade beta é específica para a gravidez. A pesquisa de Beta-hCG pode ser feita no sangue ou na urina quando há suspeita de gravidez (normal ou ectópica), aborto, doença trofoblástica gestacional e no caso de tumores germinativos (ovarianos e testiculares).

Comentários
  • O paciente deve fazer jejum de 4 horas antes da coleta do exame e pode ser realizado no dia da provável menstruação. No caso da urina, deve-se colher preferencialmente a primeira urina da manhã, que contém maior concentração de hCG;
  • O diagnóstico da gravidez não deve se basear somente no resultado do exame laboratorial, mas sim na correlação do resultado do teste com os sinais e sintomas clínicos. Um resultado negativo não deve ser considerado para excluir a possibilidade de gravidez - sugere-se realizar um novo teste em amostra colhida após 7 dias;
  • Quando o resultado for indeterminado, atenção especial na evolução, com repetição após 72 horas;
  • O diagnóstico de gravidez pode ser feito a partir do 2º dia de atraso menstrual e na gravidez normal a concentração dobra a cada 2 dias da 2ª à 5ª semana de evolução;
  • Determinações seriadas podem ser usadas na suspeita de gravidez anormal, quando o ritmo de elevação na concentração de HCG é menor do que o esperado ou mesmo podendo diminuir, em casos de aborto ou gravidez ectópica;
  • A pesquisa na urina é usada como método de triagem, pois seus resultados são qualitativos e o limiar de detecção é menor do que no sangue;
  • Amostras de pacientes com doenças trofoblásticas como coriocarcinoma ou mola hidatiforme que secretam hCG, podem produzir resultados positivos na ausência de gravidez;
  • Baixas concentrações de hCG podem ocorrer em mulheres saudáveis não grávidas;
  • Resultados falso-positivos podem ocorrer, raramente, em amostras que contenham concentrações elevadas de LH (menopausa). Portanto, resultados positivos em mulheres com mais de 45 anos devem ser interpretados com cautela.

A interpretação dos resultados do exame deve ser realizada pelo médico que o solicitou, em conjunto com a história e o exame clínico. Para maiores informações, procure um médico clínico geral ou preferencialmente um ginecologista.

Teste de gravidez de farmácia positivo e beta hcg negativo: estou grávida ou não?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Se o teste de gravidez de farmácia deu positivo e o beta hCG negativo, é provável que você não esteja grávida. O beta hCG raramente dá resultado falso negativo ou errado e é mais confiável do que o teste de farmácia.

Contudo, é importante lembrar que o teste de gravidez apenas detecta o hormônio hCG a partir de 1 semana após a concepção.

Os níveis do hormônio hCG, que só é produzido durante a gravidez, aumentam a partir do 8º dia de gestação. Por isso, se o teste for feito antes desse período, o resultado dará negativo. 

Portanto, se o exame beta hCG foi realizado depois desse período e deu negativo, provavelmente você não está grávida.

Os testes de farmácia levam algum tempo a mais para ficarem positivos, uma vez que as concentrações do hormônio na urina são bem menores que no sangue.

Veja também: Teste de farmácia de gravidez é confiável?

No entanto, se esses testes forem feitos com duas semanas de atraso da menstruação, têm maior possibilidade de presumir um resultado correto.

Teste de gravidez pode dar resultado falso negativo ou positivo?

Os testes gravidez de farmácia podem dar resultados falso positivo ou negativo. Isso significa que a mulher pode estar grávida e o teste acusar “negativo” ou não estar grávida e o resultado dar “positivo”. 

Esses resultados errados, sobretudo os falso negativos, ocorrem com mais frequência nas primeiras semanas de gestação, quando os níveis de hCG ainda são muito baixos para o hormônio ser detectado na urina.

O resultado do teste de gravidez de farmácia também pode ser alterado se o teste não for feito da forma correta.

Leia também: O teste de gravidez de farmácia pode dar falso negativo?

Por essas razões, a gravidez só é confirmada com o exame de sangue beta hCG. Normalmente, o exame é capaz de detectar se a mulher está grávida a partir do 12º dia de gravidez. 

A interpretação dos resultados do exame deve ser realizada pelo/a médico/a que solicitou o exame, juntamente com a história e o exame clínico da paciente. Por isso, é recomendado marcar uma consulta com o seu/sua médico/a para lhe dar as informações apropriadas para o seu caso.

Fiz dois Beta-HCG e o segundo foi menor, estou com...
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

Redução no nível de beta-hCG deve ser analisada com cuidado. Pode ser normal, se ocorrer após 12 semanas de gravidez, ou indicar um problema, como gravidez ectópica ou perda da gestação.

Precisa centrar o seu tratamento médico em apenas um profissional, a segunda opinião sempre é válida, mas precisa de um único médico para conduzir o seu pré-natal, caso contrário as coisas vão ficar confusas e você vai se sentir perdida.

Por que beta-hCG diminuiu, mas a gravidez evolui normalmente?

A partir da 12ª semana de gestação, é normal que o seu exame de beta-hCG comece a diminuir. Isto acontece devido ao aumento da progesterona, um dos hormônios responsáveis pela nutrição do feto.

Deste modo, a gravidez evolui sem complicações e você deve seguir com o seu acompanhamento pré-natal.

Meu exame de beta-hCG diminuiu e eu tive sangramento, o que pode ser?- Gravidez Ectópica

A gravidez ectópica ocorre quando o óvulo fecundado se implanta fora do útero, sendo as tubas uterinas o local mais comum desta implantação anormal.

Nestes casos, os sintomas mais comuns são:

  • sangramento vaginal ou manchas de sangue na calcinha e
  • cólicas e/ou dor no baixo ventre.

Trata-s de uma emergência médica que coloca em risco a vida da mãe e, infelizmente, o feto não sobrevive. Por este motivo, na suspeita de gravidez ectópica, procure imediatamente um serviço de emergência.

- Aborto espontâneo

O aborto espontâneo é caracterizado pela perda do feto devido a causas naturais antes de 20 semanas de gestação. Acontece com maior frequência, nos 3 primeiros meses de gestação.

Os sintomas de aborto espontâneo incluem:

  • No início da gestação: pequeno sangramento vaginal, de coloração vermelho vivo ou vermelho escuro.
  • No final da gravidez: o sangramento se torna abundante e pode vir acompanhado de coágulos ou muco e cólicas intensas.

É importante que os seus exames de beta-hCG sejam sempre avaliados pelo obstetra que a acompanha, ou médico de família durante as consultas de pré-natal no SUS.

No caso de anormalidades, pode ser necessário a realização de uma ultrassonografia transvaginal para avaliar o estado de saúde do bebê.

Para saber mais sobre o exame de beta-hCG, você pode ler:

Após aborto em quanto tempo beta-HCG dá negativo?

Como entender os resultados do exame de gravidez Beta-hCG?

Beta HCG ajuda a detectar gravidez molar?

Referência:

FEBRASGO. Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia.

Como é o resultado do beta HCG no caso de gêmeos?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

O resultado do beta hCG quantitativo no caso de gêmeos pode ser 30 a 50% superior em relação à gravidez não gemelar. Entretanto, o exame beta hCG não é indicado para fins de diagnóstico de gravidez múltipla (mais de um embrião).

O ultrassom é o exame mais indicado para detecção e avaliação de gravidez gemelar.

Uma vez diagnosticada a gravidez, a mulher deve começar os cuidados pré-natais em uma unidade de saúde. No acompanhamento, o/a médico/a fará a avaliação clínica da paciente e poderá solicitar outros exames para complementar os cuidados. Apesar de apresentar um nível maior de beta hCG quantitativo, a gravidez de gêmeos só é detectada e confirmada com a técnica de ultrassom.

Os exames devem ser mostrados à/ao médica/o durante a consulta para que esta/este possa fazer a devida interpretação e seguir com o acompanhamento.

Veja também:

Qual a diferença entre o beta hCG qualitativo e quantitativo?

Exame positivo e no Ultrassom nada, estou grávida?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

O saco gestacional não aparece nas 5 primeiras semanas da gravidez, pois ainda é muito pequeno.

Quando a mulher faz o ultrassom transvaginal nas primeiras 5 semanas de gestação, o ultrassom pode não ser capaz de detectar o saco gestacional. Porém, com exame de beta-hCG positivo, é bem provável que você esteja grávida.

O hormônio beta-hCG pode ser detectado no sangue ou na urina da mulher após a implantação do ovo (a união do espermatozoide com o óvulo) no útero. Essa implantação geralmente ocorre 7 dias após a fecundação. Por isso, o hormônio beta-hCG pode ser detectado no sangue ou na urina da mulher grávida antes do aparecimento do saco gestacional no Ultrassom. Isso pode explicar o resultado positivo do beta-hCG e o resultado negativo do Ultrassom.

O ultrassom transvaginal é capaz de detectar a presença de gestação a partir da 5º semana. Nessa fase, é possível detectar o saco gestacional que contém o embrião de apenas 5 ou 6 mm. Exames realizados antes desse período pode não revelar a gestação inicial.

O 1º ultrassom da gravidez é feito entre a 5ª e a 8ª semana de gestação. O exame serve para analisar o número de embriões, onde a gravidez está localizada (no útero ou fora dele, como nas trompas) e o tempo de gravidez.

Quais são os sintomas de gravidez?

Um dos primeiros sinais de suspeita de gravidez é a ausência de menstruação no período esperado pela mulher, observando um atraso menstrual de 1 ou mais semanas. Nesse início da gravidez outros sinais podem ser observados como náusea, aumento da sensibilidade nas mamas, cansaço e aumento da frequência urinária.

Caso você apresente um resultado positivo do beta-hCG, procure um serviço de saúde para uma avaliação mais detalhada.

Além disso, leia também:

Na ultrassom transvaginal se estiver gravida aparece?

Para fazer exame de gravidez precisa de jejum?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Não. O exame de sangue beta-hCG para detectar a gravidez não precisa ser realizado em jejum.

A mulher com atraso menstrual acima de 2 semanas pode realizar o teste de detecção da gravidez a qualquer momento do dia, sem a necessidade do jejum.

Em alguns laboratórios é realizado o exame de urina que também detecta a presença da gravidez e, da mesma forma, não é preciso do jejum para realizar.

Caso o resultado do exame de gravidez tenha dado positivo, procure um serviço de saúde para maiores explicações e acompanhamento. Caso o resultado seja negativo e você continue com o atraso menstrual, também procure um serviço de saúde para marcar uma consulta de avaliação e detecção das causas desse atraso.

Saiba mais em: Resultado do Exame de Gravidez - Beta-HCG

Qual a diferença entre o beta HCG qualitativo e quantitativo?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

O hormônio hCG é secretado na circulação materna após a implantação do ovo. O exame de sangue que detecta a unidade beta desse hormônio é qualitativo quando indica a presença ou ausência do hormônio e quantitativo quando indica a quantidade de hormônio presente na circulação.

O exame qualitativo normalmente é suficiente para detectar a presença de gestação e seu resultado pode sair mais rápido. O exame quantitativo pode ser útil para indicar a semana de gestação, mas pode não estar disponíveis em alguns laboratórios, além de demorar poucas horas a mais para liberar o resultado.

A variação da quantidade hormonal é grande e o valor normal pode ser entre 5.000 UI/L e 150.000 UI/L. O pico de concentração de hCG ocorre entre a 8ª e 10ª semana de gestação, ficando em média entre 60.000 UI/L a 90.000 UI/L. Após a 10ª semana, há uma queda na concentração do hormônio, atingindo em média 12.000 UI/L (pode variar entre 2.000UI/L a 50.000 UI/L). A partir da 20ª semana, os valores de hCG permanecem relativamente constantes até o final da gestação.

Outra utilidade do beta hCG quantitativo é no controle da doença trofoblástica gestacional, gravidez ectópica e abortamento.

É importante levar o resultado para que o/a médico/a possa interpretar e realizar o acompanhamento necessário em cada situação.

Ultrassom transvaginal mostrar o feto se beta-hcg negativo?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

O ultrassom transvaginal mostra o feto a partir da quinta semana (1 mês e 1 semana) de gravidez, independente do resultado do exame de sangue, desde que exista realmente uma gravidez, apenas querer muito estar grávida não significa que realmente está.

Não houve penetração, pode engravidar mesmo assim?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Não parece haver chances de gravidez, porém o exame foi feito muito cedo, o ideal é esperar por pelo menos 7 dias após a "relação" que teria ocasionado a gravidez.

Álcool altera o resultado do exame Beta-HCG?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Álcool não altera o resultado do exame Beta-HCG. A ingestão de bebidas alcoólicas pode, sim, alterar o resultado de outros exames, em especial o de triglicerídeos, além dos exames de colesterol e gama glutamil transferase (gama GT). No entanto, o álcool não irá alterar os níveis de Beta-HCG.

Beta-HCG é um hormônio detectado no sangue ou na urina da mulher grávida. O nível sanguíneo de Beta HCG pode ser detectável em torno de 6 a 8 dias após a concepção. O álcool não irá afetar a produção nem a detecção deste hormônio.

Como o período fértil da mulher situa-se no meio do ciclo menstrual, entre o 11º e o 17º dia (considerando um ciclo regular de 28 dias), com variações no período fértil que podem chegar a 7 dias, os resultados mais confiáveis para o Beta-HCG podem ser obtidos 14 dias depois da fecundação, ou seja, próximo da semana do atraso menstrual.

Assim, resultados negativos verificados antes desse período ou em mulheres com ciclos menstruais irregulares devem ser confirmados através de novos exames.

Para maiores esclarecimentos, consulte o/a médico/a clínico/a geral, ginecologista ou médico/a de família. 

Existem medicamentos que podem alterar o exame Beta HCG?
Dra. Janyele Sales
Dra. Janyele Sales
Medicina de Família e Comunidade

Sim, existem medicamentos que podem alterar o exame do Beta HCG. Esses medicamentos são usados para fins de reprodução e tratamento de infertilidade e geralmente são constituídos pelo próprio hormônio HCG, também chamado de Gonadotropina Coriônica Humana.

Quando são utilizados antes da realização de um teste de gravidez, podem levar a um resultado falso-positivo, ou seja, o exame dá positivo quando, na verdade, não há gravidez.

No entanto, nem todos os medicamentos que são usados em tratamento de infertilidade interferem no resultado do Beta HCG.

Isso apenas ocorre com aqueles remédios que apresentam a Gonadotropina Coriônica na sua composição ou que contém hormônios semelhantes que podem interferir no resultado do exame, é o caso, por exemplo, da menotropina.

Quais remédios alteram o resultado do beta-HCG?

Alguns exemplos de medicamentos que podem alterar o resultado de um exame de BHG ou teste de gravidez, levando a um resultado falso-positivo, são:

  • Pregnyl
  • Choriomon

São remédios que estimulam os folículos ovarianos e induzem a ovulação. Ao se fazer o uso desses medicamentos deve-se esperar pelo menos duas semanas até realizar um teste de gravidez, de forma a evitar erros no resultado do exame.

Outros medicamentos usados no tratamento da infertilidade, como o citrato de clomifeno (Clomid) e fármacos análogos não interferem no resultado do exame do Beta-HCG, pois não contém o HCG na sua composição.

Contudo, alguns tratamentos podem envolver mais de um medicamento, por isso, é importante conversar com o seu médico caso tenha dúvidas sobre a interferências dos remédios sobre o resultado de um exame de dosagem de Beta-HCG.

É importante levar o resultado do exame Beta HCG para o/a médico/a que solicitou, pois assim poderá interpretar o resultado e orientar o acompanhamento.

Leia também:

Como entender o resultado do Beta-HCG?

O que é o Beta-HCG qualitativo?

Como funciona o exame Beta-hCG?
Dr. Marcelo Scarpari Dutra Rodrigues
Dr. Marcelo Scarpari Dutra Rodrigues
Médico

O exame Beta-hCG, gonadotrofina coriônica humana ou teste imunológico da gravidez é usado no diagnóstico e acompanhamento da gestação normal, gravidez ectópica e de tumores germinativos (ovarianos e testiculares). É dosado na urina, a primeira da manhã (exame qualitativo, apenas diz se é positivo ou negativo) ou sangue (exame quantitativo, com os valores exatos). A preparação envolvida é apenas de jejum de 4 horas.

É importante lembrar que o diagnóstico da gravidez não deve se basear somente no resultado do exame laboratorial, mas sim na correlação do resultado do teste com os sinais e sintomas clínicos. Além disso, um resultado negativo não deve ser considerado isoladamente para exclusão de gravidez, sugerindo realizar novo teste em amostra colhida após 7 dias (falso negativo). Quando o resultado for indeterminado, atenção especial na evolução, com repetição após 72 horas.

Amostras de pacientes com doenças trofoblásticas como coriocarcinoma ou mola hidatiforme que secretam hCG, podem produzir resultados positivos na ausência de gravidez e ocasionalmente em mulheres saudáveis não grávidas e na menopausa (falso positivo para gravidez). Determinações seriadas podem ser usadas na suspeita de gravidez anormal, quando o ritmo de elevação na concentração de HCG é menor do que o esperado.

O diagnóstico de gravidez pode ser feito a partir do 2º dia de atraso menstrual e na gravidez normal a concentração dobra a cada 2 dias da 2ª.à 5ª.semana de evolução.