Dor nos Seios

Meus peitos estão inchados, doloridos e duros há um mês. O que pode ser?

Seios inchados, duros e doloridos normalmente podem ser devido às alterações hormonais que ocorrem durante o ciclo menstrual.

As mamas tendem a ficar mais doloridas, duras e inchadas nos dias que antecedem a menstruação, no período pré-menstrual.

O uso de anticoncepcionais hormonais também podem causar inchaço e dor nos seios, sendo uma causa frequente dessa condição.

Quando a dor é intensa e prolongada, como no seu caso que está durando mais de 1 mês, é indicado procurar o/a médico/a ginecologista, médico/a de família ou clínico/a geral para uma avaliação. 

Leia também: Seios inchados fora do período menstrual: o que pode ser?

Caroço no seio que se movimenta e não dói o que pode ser?

A presença de caroço no seio é uma situação comum nas mulheres. Os cistos e fibroadenomas são as lesões mais comuns dentro das lesões benignas. E as lesões benignas são as mais comuns comparadas com as malignas.

Normalmente, as lesões malignas possuem as características de serem um caroço duro, que não se move, com bordas irregulares e único. Porém, cada pessoa pode haver uma manifestação diferente e não há um único padrão para identificar as lesões malignas.

Após identificar um caroço no seio, é importante procurar um/a médico/a ginecologista, médico/a de família ou clínico/a geral para um exame detalhado das mamas. Após o exame físico, o/a médico/a pode solicitar algum exame complementar como a mamografia, ultrassonografia ou biópsia do caroço para caracterizar adequadamente o nódulo e saber a natureza dele enquanto benigno ou maligno.

Procure um serviço de saúde para marcar uma consulta.

Leia também: O que é um nódulo isodenso?

Dor nos seios há três meses o que pode ser?

O que você tem é o que denominamos em medicina de Mastalgia, normalmente está associada com alterações hormonais ou o uso de anticoncepcional, pode também aparecer na gravidez, como em outras situações médicas. Existe tratamento para a mastalgia, com um bom resultado, procure um ginecologista para avaliar a causa da sua Mastalgia e para fazer o tratamento adequado.

Ela pode estar grávida? O que pode estar acontecendo?

Pode ser que os sintomas delas sejam apenas os sintomas referentes ao pré-menstrual em decorrência de alterações hormonais, provavelmente ela deve menstruar nos próximos dias. Suspeitar de gravidez somente com atraso menstrual.

Estou entrando na menopausa e sinto muitas dores nas mamas...

O que você tem é a chamada mastalgia (dor na mama) que no seu caso pode ser decorrente das alterações hormonais típicas desse período. É importante manter em dias os exames de rotina (mamografia, por exemplo) e deve sim voltar ao mastologista.

Sinto um desconforto nas duas mamas, dói só de encostar?

Nenhuma dor é normal, mas também pode ser que a dor não tenha um significado importante, como no seu caso que pode ser apenas alguma alteração hormonal do período pré-menstrual.

Sinto os seios e músculos endurecidos e doloridos...

Deve ser uma dor osteo-muscular decorrente de alguns esforço físico ou alguma outra situação que afete seus nervos, músculos e tendões, pode procurar um clínico geral.

Dor no seio esquerdo e estou amamentando...

Sim. Mulher que amamenta pode facilmente ser acometida de mastite que são inflamações na mama. A redução no número de mamadas pode interferir.

Dor no seio durante a gravidez: o que fazer para aliviar?

Para aliviar a dor no seio durante a gravidez, a gestante deve usar sutiãs adequados e mais confortáveis, feitos com tecidos macios, que tenham alças largas e apoio nas costas. Também é importante que o sutiã não tenha nenhuma armação de ferro, sustente bem a mama e tenha um tamanho ajustável.

Aplicar compressas de água morna nos seios também ajudam a amenizar a dor e o desconforto durante a gestação. Hidratantes com elastina e colágeno na composição podem auxiliar no alívio do incômodo, embora não sejam capazes de acabar com a dor.

Na hora do banho, a mulher deve lavar os seios com sabonete neutro, com movimentos circulares e delicados no sentido dos ponteiros do relógio.

No início da gravidez, é normal os seios ficarem mais sensíveis e doloridos devido às alterações hormonais. O aumento do volume da mama também pode causar algum desconforto e provocar dor.

Para maiores informações sobre como aliviar a dor no seio durante a gravidez, fale com o seu médico obstetra ou consulte um médico mastologista.

Também podem lhe interessar:

Estou com os seios inchados e doloridos o que pode ser?

Dor nos bicos dos seios. O que pode ser?

Dor e coceira nos seios, o que pode ser?

Dor nos seios pode estar relacionado com a menopausa?

Sim. Dor nos seios e aumento da sensibilidade nas mamas são sintomas comuns no período de transição para a menopausa. Esses sintomas normalmente reduzem com o passar do tempo e com a entrada definitiva da mulher na menopausa.

A explicação é devido à flutuação da concentração do hormônio estrogênio na circulação sanguínea que ocorre nesse período de transição.

A sensibilidade mamária aumentada pode estar presente em algumas fases do ciclo menstrual (principalmente antes da menstruação) e ser caracterizada normal e transitória.

Porém, dor nos seios pode ser devido a outros problemas de saúde como cistos, nódulos, inflamação mamária (mastite), tabagismo, uso de anticoncepcionais ou terapia de reposição hormonal, etc.

A mulher que sente dores nos seios frequentes deve procurar um serviço de saúde para avaliação com clínico/a geral, médico/a de família e/ou ginecologista.   

Forte dor no peito no lugar onde retirei um nódulo...

Dor no peito não significa que você vai ter outro nódulo, é apenas dor no peito. Faça mensalmente o auto-exame (após menstruar), e se você já tem mais de 40 anos deve fazer anualmente (ou conforme indicação do seu médico) o exame de mamografia. Encontrou algum nódulo vá a um ginecologista, ou se a dor persistir vá ao ginecologista. Se você não sabe como fazer o auto-exame das mamas vá até um posto de saúde que o pessoal de enfermagem te ensina, é simples, fácil e você fica mais segura.

Biópsia da mama dói? Como é feita?

limiar da dor é algo muito particular e a tolerância pode ser diferente de pessoa a pessoa. Por isso, a biópsia poderá ser um procedimento doloroso para algumas pessoas e não tanto doloroso para outras.

De qualquer forma, para a realização da biópsia é feita anestesia local justamente para evitar efeitos dolorosos do procedimento.

A biópsia da mama pode ser realizada com agulha fina ou grossa após aplicação de anestesia local. Durante o procedimento, a paciente fica acordada e recebe a anestesia no local onde será retirado o tecido. Após a anestesia, o/a médico/a insere a agulha na mama e retira parte do tecido que será analisado. Esse tecido é enviado ao laboratório para avaliação do/a médico/a patologista. A análise anatomopatológica é feita minuciosamente e, então, é liberado o resultado.

Outra opção é a realização da biópsia da mama pela realização cirúrgica. Nesse procedimento, a paciente é levada ao centro cirúrgico onde fará anestesia geral ou raquidiana. Após a anestesia, iniciará a cirurgia para retirada do tecido mamário a ser analisado em laboratório.

Converse com seu/sua médico/a antes da realização do procedimento para tirar essa e outras dúvidas acerca da biópsia mamária.