Perguntar
Fechar

Menstruação

Minha menstruação está atrasada. Será que é atraso normal?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Nenhuma forma de atraso menstrual é normal, se atrasou é porque aconteceu alguma coisa, claro que a gravidez é a primeira suspeita, porém se você só eve relações dia 26/06 e 11/07, que estavam fora do seu período fértil e com coito interrompido (apesar que não é seguro) é difícil ser gravidez. Pode ser algum tipo de alteração hormonal ou infecção. O ideal é você fazer um exame de gravidez, se der positivo, vá ao ginecologista para começar o pré-natal e caso o exame der negativo, vá ao ginecologista, também, para ver porque não está menstruando.

É normal a menstruação atrasar depois de uma curetagem?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Sim. É normal a menstruação atrasar depois de uma curetagem

Em geral, a menstruação ocorre entre 4 e 6 semanas após o procedimento.

A curetagem é um procedimento cirúrgico de raspagem da camada interna do útero por diversas razões, entre elas, abortamento.

Até alguns dias após o procedimento, a mulher pode apresentar sangramento discreto.

Se o sangramento for de grande quantidade ou se a menstruação não ocorrer até seis semanas após a curetagem, procure o/a ginecologista para uma avaliação.

Sangramento que não é menstruação: o que pode ser?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

A menstruação é o sangramento que ocorre dentro do ciclo menstrual de 24 a 35 dias e em geral dura de 2 a 7 dias. Fora desse padrão, o sangramento vaginal que não é menstruação pode ter diversas causas, entre elas:

  • Uso de anticoncepcionais hormonais;
  • Transição para a menopausa;
  • Uso de terapia de reposição hormonal;
  • Síndrome dos ovários policísticos;
  • Pólipo no útero;
  • Mioma uterino;
  • Câncer no útero;
  • Atividade física de extrema intensidade;
  • Doença inflamatória pélvica;
  • Distúrbios endocrinológicos: hipo ou hipertireoidismo, Síndrome de Cushing, etc;
  • Distúrbios na hipófise e hipotálamo;
  • Ruptura de cisto de ovário;
  • Úlcera vaginal.

A investigação da causa específica do sangramento para cada mulher pode ser feita pelo/a ginecologista, médico/a de família ou clínico/a geral levando em consideração a história pessoal de uso de medicamentos, o tempo de duração do sangramento, os sintomas clínicos e o exame físico. É importante a mulher observar com atenção o padrão desse sangramento que não é menstruação para explicar com mais dados durante a consulta médica.

Pomada vaginal pode atrasar a menstruação?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Não. Pomada vaginal não atrasa a menstruação.

A pomada vaginal geralmente contém medicações para tratar possíveis infecções vaginais. Essas medicações não causam atraso menstrual. A mulher que está em uso de pomada vaginal, normalmente, apresentará sua menstruação no período habitual.

Leia também:

Para que serve a pomada vaginal?

Caso você esteja com atraso menstrual, procure um serviço de saúde para uma consulta de avaliação das possíveis causas do atraso e consequente acompanhamento.

Fiz cirurgia de laqueadura desde então minha menstruação...
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Não deve haver nada de errado com sua cirurgia, o mais provável que tenha acontecido é que seu organismo, de alguma forma, não tenha "aceito" a cirurgia, não conseguiu se adaptar com a nova situação. Está é uma situação bastante controversa e complicada de lidar dentro da medicina. Todos sabemos da existência de determinados acontecimentos que fogem da explicação plausível e viável dentro do nosso paradigma atual. Você fará muitos exames e alguma explicação viável será encontrada, e não passará de pura coincidência: a cirurgia e o início dos seus sintomas.

Menstruação não parou será que estou grávida?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Na verdade o que você tem é um problema com sua menstruação que não parou, pode ser uma irregularidade decorrente de uma alteração hormonal, uma infecção vaginal ou outras situações menos frequentes (gravidez está inclusa). Deve procurar um ginecologista para ver o que está acontecendo.

Antidepressivo pode atrasar a menstruação?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Antidepressivo pode atrasar a menstruação. Alguns medicamentos psiquiátricos e neurológicos podem tem como efeito colateral a desregulação do ciclo menstrual.

As alterações no ciclo menstrual incluem aumento ou redução no sangramento, amenorreia (ausência de menstruação), irregularidades no ciclo com sangramentos pontuais e menstruação fora do período.

Os efeitos colaterais do antidepressivo ou outra medicação devem ser comunicados ao/à médico/a que avaliará a continuidade ou alteração do tratamento.

Tomei o Saúde da Mulher no primeiro dia da menstruação...
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Não faço a menor ideia do que é esse produto que você tomou, mas com esse nome "Saúde da Mulher"... Tem que fazer essa pergunta para o médico que te receitou, caso esteja tomando sem receita procure um médico.

"Saúde da Mulher: é um fitoterápico antigo, vendido em farmácias de todo Brasil, os médicos receitavam ele para as mulheres que entravam na menopausa, com distúrbios hormonais, ele é feito com várias plantas medicinais inclusive uma erva chamada agoniada. Laboratórios do Brasil fazem pesquisas com essas ervas para saberem se realmente auxiliam nos "problemas" que diz que atua. As pesquisas apontam que sim. mas não é recomendado em caso de gravidez, porque a planta agoniada também tem ação abortiva"

Ai entra a questão mais importante, qualquer remédio "natural" ou "artificial", quando usado sem a devida receita médica e orientação pode se transformar em um problema ainda mais sério.

Tenho 41 anos, menstruação atrasada, posso estar grávida?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Toda vez que uma mulher em idade fértil tem relações desprotegidas e a sua menstruação atrasa (ou fica bagunçada) a primeira desconfiança é gravidez; só resta a você fazer o exame de gravidez para saber se está ou não grávida.

Comecei ter relação sexual a pouco tempo e tive sangramento?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Na verdade isso é decorrente geralmente de traumatismo na vagina, é bastante comum ocorrer nas primeiras vezes que a mulher tem relação sexual, se for somente um caso isolado (uma única vez) não precisa se preocupar, caso continue se repetindo procure um ginecologista. Outra coisa importante para lembrar a você é que agora que começou a ter relações deve ir a um ginecologista para conversar sobre anticoncepção, exame preventivo anual do câncer de colo do útero entre outras coisas.

Leia também: É normal o homem sangrar durante ou depois da relação sexual?

Posso tomar anticoncepcional para regular a menstruação?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Uma das formas de regular sua menstruação é o uso de anticoncepcional, porém o mais importante é procurar um ginecologista para descobrir a causa dessa irregularidade e tratar a causa do problema.

O que é ovulação tardia? Atrasa a menstruação?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Ovulação tardia é uma ovulação que acontece após o período esperado, o que pode atrasar a menstruação. Mesmo mulheres que têm um ciclo bem regulado podem ter alguma variação num determinado mês e ovular um pouco mais tarde que o habitual.

Em geral, uma ovulação ocorre cerca de 14 dias antes do início do próximo ciclo. Na ovulação tardia o óvulo é liberado mais tarde, geralmente a partir do 21º dia do ciclo, embora isso varie de mulher para mulher.

A ovulação tardia mostra que não é seguro confiar na tabelinha para prevenir uma gravidez ou tentar engravidar, pois pode haver variações no ciclo menstrual.

Para ter a certeza de que está ovulando, a mulher pode comprar um teste de ovulação vendido em farmácias.

No entanto, é preciso lembrar que o conceito de ovulação tardia não é aceito de forma unânime pelos/as médicos/as. Casos de ciclos anormalmente longos ou alterados devem ser avaliados pelo/a médico/a ginecologista, médico/a de família ou clínico/a geral.