Perguntar
Fechar

Nódulos

Caroços ou Nódulos
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico
Qual a causa ou o diagnóstico?

O diagnóstico do que realmente é esse nódulo ou caroço somente pode ser feito pelo exame direto da lesão, e mesmo assim, muitas vezes ainda será preciso fazer ultrassom ou biópsia ou até mesmo retirar o caroço e mandar examinar para saber o que é, então perguntar aqui no site o que pode ser um caroço que você tem, pode levar a uma resposta muito inexata sobre o que pode ser (em primeiro lugar não podemos dar diagnóstico pela internet e em segundo lugar, mesmo que pudesse, é muito difícil saber o que é sem a visualização direta, sem examinar o caroço).

Para ficar mais tranquilo: câncer pode aparecer na forma de um nódulo ou caroço sim (principalmente nos seios ou pescoço), porém existem muitas outras coisas muito mais comuns.

1 - Caroço ou nódulo no seio ou mama, o que é?

Independente de você ser homem ou mulher precisa procurar um médico (qualquer médico, mas quem cuida disso é o ginecologista, mais especificamente o mastologista), antes de ser examinado e fazer os exames necessários não dá para saber se é algo benigno ou maligno (câncer). Se o caroço ou nódulo apareceu de repente, com evolução de dias e é dolorido, vermelho e quente, geralmente é inflamatório agudo, precisa procurar o médico imediatamente.

2 - Caroço ou nódulo no seio ou mama em pré-adolescentes, o que é?

A partir dos 7 anos de idade pode surgir o botão mamário, primeiro num seio e depois no outro, é a mama da menina que está começando a se formar, porém como dito anteriormente todo nódulo ou caroço precisa de um diagnóstico correto, o ideal é procurar um médico pediatra ou clínico geral.

3 - O que são caroços no pescoço?

A maioria dos caroços no pescoço são linfonodos ou popularmente conhecidos como "ínguas". São pequenos órgãos de defesa espalhados pelo todo corpo, em alguns pontos são mais visíveis como é o caso do pescoço.

4 - Porque aparecem caroços no pescoço?

Os linfonodos ou ínguas, que são pequenos órgão de defesa, costumam aumentar de tamanho quando existe algum tipo de infecção ou inflamação nas proximidades (feridas, espinha, picada de inseto, inflamação na garganta, ouvido...) e em alguns casos de infecções ou inflamações em todo o corpo.

5 - O que fazer quando os caroços no pescoço aparecem?

O ideal é procurar um médico para saber a causa, na maioria das vezes são causados por doenças não graves e de resolução espontânea.

6 - Caroços no pescoço podem indicar câncer?

Em casos raros os linfonodos podem aumentar de tamanho por causa de câncer, sendo o mais comum o linfoma, mas não é a primeira hipótese, as outras causa (infeciosas ou inflamatórias) são muito mais frequentes.

7 - Os caroços no pescoço desaparecem com o tempo?

Após terminar a causa do aumento do tamanho dos linfonodos eles tendem a reduzir de tamanho e tornarem-se novamente impalpáveis, essa redução de tamanho é lenta e ocorre em dias, semanas ou meses, e em alguns casos pode nunca mais diminuir de tamanho e ficam sempre como estão.

8 - Sinto dor nos caroços isso é bom ou ruim?

Aumento de tamanho do linfonodo com dor normalmente indica causa inflamatória ou infecciosa, geralmente não é grave.

9 - Tenho esses caroços no pescoço, devo mesmo procurar o médico?

O ideal é que sim, sempre deve ir a um médico para ser examinado e caso necessário fazer exames para saber o diagnóstico correto.

10 - Nódulo debaixo da pele com inchaço, dor e vermelhidão?

Geralmente são nódulos inflamatórios ou infecciosos (cisto sebáceo infectado, abscesso ou furúnculo), precisa ir ao médico para tratamento com antibióticos e as vezes abertura cirúrgica da lesão.

11 - Nódulo debaixo da pele sem nenhum sintoma associado?

Geralmente é um cisto sebáceo ou uma fibroadenoma, precisa ir ao médico para ser examinado e correto diagnóstico e tratamento se houver necessidade (indicação médica) ou vontade do paciente em retirar o nódulo.

12 - Nódulo ou caroço na vagina?

Nódulos doloridos e avermelhados na parte lateral da entrada da vagina geralmente indicam uma Bartolinite (inflamação na glândula de Bartolin), deve procurar um médico ginecologista.

Nódulo dolorido em mama é sinal para câncer?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Nódulo dolorido em mama não é sinal positivo para câncer de mama, a maioria dos nódulos de mama benignos são doloridos, em contrapartida os nódulo de mama que são malignos, geralmente no começo, são indolores, quando começam a doer pode ser um sinal de estágio avançado do câncer.

Nódulos no ânus com dor e coceira o que pode ser?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

A causa mais provável do seu caroço no ânus é hemorróida é só o que eu posso dizer por enquanto, todo o resto que você quer saber (tratamento, cirurgia, gravidade) só vai dar para responder após o diagnóstico correto ser firmado, precisa ir a um médico para ser examinado e obter o correto diagnóstico e esse mesmo médico vai responder suas dúvidas.

Tenho um caroço na virilha. O que pode ser?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Em geral, um caroço na virilha é um linfonodo (gânglio linfático) que está aumentado devido a uma inflamação ou infecção próxima ao local. O gânglio também pode aumentar em casos de infecção nos membros inferiores, ISTs (Infecções Sexualmente Transmissíveis), doenças reumatológicas, alergias ou ainda câncer.

Os linfonodos são pequenos órgãos de defesa localizados no trajeto dos vasos linfáticos, podendo reter, destruir ou retardar a proliferação de micro-organismos e células cancerígenas pelo organismo. O aumento do linfonodo significa que o corpo está reagindo a alguma infecção ou a agentes agressores.

Se o nódulo na virilha for decorrente de câncer, ele aumenta de tamanho, fica endurecido, mas geralmente não causa dor. Em geral, o crescimento é lento, a pele não fica avermelhada, não há aumento da temperatura local e a sua superfície é irregular.

Quando o caroço é resultado de uma inflamação, o seu crescimento é rápido, há dor no local, a pele que recobre o nódulo fica avermelhada e a sua superfície é regular e lisa.

Veja também: O que é linfonodomegalia e quais são as causas?

Contudo, o nódulo na virilha também pode ser um sinal de hérnia inguinal. Neste caso, o "caroço" é o resultado do deslocamento de uma parte do intestino através de um orifício na parede abdominal.

Saiba mais em: O que é hérnia inguinal e quais os sintomas?

Se o caroço na virilha persistir por mais de duas semanas, procure o/a médico/a clínico/a geral ou médico/a de família. Dependendo do caso, pode ser necessário fazer uma biópsia para identificar a origem do nódulo.

Também pode lhe interessar: O que pode causar íngua na virilha?

Tenho caroços dos dois lados do pescoço e feridas no couro cabeludo. O que pode ser?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Esses caroços dos dois lados do pescoço provavelmente são "ínguas" decorrentes das feridas no couro cabeludo, ou seja, devem ser os gânglios linfáticos do pescoço que estão inchados devido à infecção no couro cabeludo, semelhante ao que se verifica quando se está com amigdalite.

No entanto, existem muitas outras causas de nódulos ou caroços no pescoço. A mais comum são os gânglios linfáticos aumentados devido a infecções bacterianas ou virais, câncer, entre outros.

caroços nos músculos do pescoço, geralmente na parte da frente, que são causados ​​por lesões ou torcicolo, enquanto que a maioria dos caroços na pele ou logo abaixo dela é causada ​​por cistos, como os cistos sebáceos, por exemplo.

Doenças ou câncer da tireoide também podem produzir um ou mais nódulos no pescoço, além de inchaço local.

Em crianças, a maioria dos caroços no pescoço tem como causa infecções tratáveis, embora o tratamento deva começar rapidamente para prevenir complicações ou propagação da infecção.

Nos adultos, quanto mais avançada for a idade, maior é a probabilidade de que o caroço no pescoço seja um câncer, principalmente em indivíduos que fumam ou bebem em excesso. No entanto, a maioria desses nódulos não é câncer.

Todo e qualquer tipo de caroço ou nódulo no pescoço deve ser avaliado pelo/a médico/a. Recomenda-se consultar o/a clínico geral ou médica/o de família que, dependendo da avaliação clínica, poderá ou não encaminhar para um/a outro/a especialista.

Meu filho tem 2 bolinhas (tipo caroçinhos) no pescoço...
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

O que você diz "carocinhos" são na verdade linfonodos, pequenos órgãos de defesa espalhados em todo o corpo eles aumentam de tamanho quando necessitam "trabalhar" para a defesa da região próxima de onde estão localizados. Então geralmente aumentam em casos de infecção e inflamação e em casos mais raros câncer (provavelmente essa é sua preocupação). Como seu filho já tem eles há muito tempo e eles não aumentaram de tamanho, então fique tranquila.

Nódulos de mama classificação - categoria:3?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Categoria 3 é indefinida entre benigno e maligno, deve se preocupar sim; não dá para afirmar positivamente nem negativamente se o contraceptivo é a causa desses nódulos, provavelmente não.

Caroços internos na coxa, vermelho e sensível...
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Pela sua descrição parecem ser nódulos inflamatórios ou infecciosos o ideal é procurar um médico para fazer o correto diagnóstico e tratamento.

Qual o tratamento para fibroadenoma mamário?
Dra. Ângela Cassol
Dra. Ângela Cassol
Médico

O tratamento para fibroadenoma mamário pode ser feito através de controle clínico-radiológico ou cirurgia. Nos tumores menores, em pacientes com menos de 25 anos, pode ser efetuado o controle clínico e ecográfico semestral. Se o fibroadenoma apresentar crescimento progressivo, é indicada a sua remoção cirúrgica.

Nos fibroadenomas múltiplos e pequenos, o médico também pode optar pelo seguimento clínico-radiológico como forma de tratamento. A decisão tem como objetivo evitar as múltiplas incisões que seriam necessárias para remover os tumores por meio de cirurgia.

Contudo, mulheres com mais de 35 anos de idade devem ser sempre submetidas ao tratamento cirúrgico. O procedimento pode ser feito por mamotomia (eficaz para tumores de até 1,5 cm), crioablação (promove a morte do tumor por congelamento a temperaturas extremamente baixas) ou remoção do tumor com incisão cirúrgica.

Dependendo da localização e do tamanho do nódulo, a paciente retorna para casa no mesmo dia da cirurgia ou permanece internada após procedimento e volta para casa no dia seguinte.

A cirurgia de fibroadenoma mamário é rápida e a recuperação costuma ser completa, sendo necessários apenas alguns dias de repouso até a retirada dos pontos e cicatrização completa.

O tratamento do fibroadenoma de mama é da responsabilidade do médico mastologista, que deverá orientar a paciente sobre as vantagens e desvantagens de cada modalidade terapêutica.

Saiba mais em:

O que é um fibroadenoma mamário e quais os sintomas?

Fibroadenoma mamário pode virar câncer?

Fibroadenoma mamário pode virar câncer?
Dra. Ângela Cassol
Dra. Ângela Cassol
Médico

O risco de um fibroadenoma mamário virar câncer é extremamente baixo, já que se trata de um tumor benigno. Quando ocorre, o tumor maligno provavelmente não se originou do fibroadenoma. Casos de transformação maligna são muito raros.

A relação entre fibroadenoma e câncer pode ser calculada pela presença de células malignas dentro do fibroadenoma, risco de malignização dos nódulos e o risco de ter câncer no   futuro, no caso das mulheres que já tiveram fibroadenoma mamário.

Contudo, as chances de um fibroadenoma ter áreas de malignização no seu interior é bastante baixa, apenas 0,1%. Por outro lado, existe uma probabilidade, embora muito pequena, de um fibroadenoma originar um tipo específico de câncer de mama.

Apesar do fibroadenoma mamário evoluir para câncer apenas em casos muito raros, mulheres que já tiveram fibroadenoma podem ter um risco ligeiramente maior de desenvolver câncer de mama no futuro.

Vale lembrar que os nódulos benignos na mama são o resultado de um crescimento exagerado das suas estruturas, sendo o fibroadenoma o tumor benigno de mama mais frequente.

O médico mastologista deverá orientá-la sobre os riscos do fibroadenoma mamário e sobre a necessidade de tratamento.

Saiba mais em:

Um nódulo benigno pode virar maligno?

O que é um fibroadenoma mamário e quais os sintomas?

Qual o tratamento para fibroadenoma mamário?

Nódulo na tireoide é perigoso? Qual é o tratamento?

Os nódulos na tireoide geralmente não são perigosos, já que se tratam de tumores benignos na grande maioria dos casos. O tratamento pode ser feito por acompanhamento clínico, cirurgia ou administração de iodo radioativo, dependendo do tipo de nódulo.

O risco de um nódulo na tireoide ser câncer é baixo, uma vez que apenas cerca de 10% dos nódulos são malignos.

Contudo, mesmo que não seja canceroso, o nódulo de tireoide pode produzir grandes quantidades de hormônios tireoidianos e causar hipertireoidismo. Os sintomas nesses casos podem incluir ansiedade, irritabilidade, dificuldade para dormir, apetite voraz, perda de peso, cansaço, entre outros.

Veja também: Quais são os sintomas de tireoide alterada?

Mesmo sem produzir hormônios, o nódulo de tireoide pode crescer e comprimir estruturas e órgãos vizinhos, como esôfago e traqueia, causando dificuldade para engolir e respirar.

O tratamento para os nódulos na tireoide depende do tipo de nódulo diagnosticado. Tumores benignos pequenos, que não produzem hormônios, podem ser apenas monitorados periodicamente.

Para casos de nódulos cancerosos ou suspeitos é indicada a remoção cirúrgica da tireoide, conhecida como tireoidectomia. Após a cirurgia, o tratamento pode continuar com iodo radioativo. O objetivo é destruir eventuais células cancerosas que podem ter permanecido no local.

Saiba mais em: Quando a tireoidectomia é indicada?

O tratamento para os nódulos de tireoide que produzem hormônios ou comprimem estruturas próximas também é feito através de cirurgia ou com iodo radioativo. 

Os nódulos que não são retirados por meio de cirurgia precisam ser vistos pelo médico endocrinologista pelo menos uma vez por ano. Se o nódulo não aumentar de tamanho, nenhuma intervenção é necessária. Contudo, se o nódulo começar a crescer, pode ser indicada a sua remoção cirúrgica.

O endocrinologista é o especialista indicado para diagnosticar e tratar nódulos na tireoide.

Também podem lhe interessar:

Quais os sintomas de nódulo na tireoide?

O que pode causar tireoide alterada?

Caroço no pescoço, o que pode ser?

Um nódulo benigno pode virar maligno?

Caroço na vagina, o que pode ser?
Dra. Janyele Sales
Dra. Janyele Sales
Medicina de Família e Comunidade

Sim, bartolinite é uma das possíveis causas de caroço na vagina. Mas existem outras causas prováveis de caroço na região da vulva e da vagina como foliculite, linfogranuloma venéreo, cisto sebáceo, lipoma.

A bartolinite é uma inflamação das glândulas de Bartholin. Essa glândulas ficam na entrada da vagina e apresentam pequenos orifícios por onde sai liquido, que serve para lubrificar a vagina. Quando esses orifícios se obstruem ocorre o acumulo de líquido dentro da glândula, formando assim o cisto de Bartholin, o caroço que se sente e é observado na vagina.

Esse processo pode levar a uma reação inflamatória local e em alguns casos bactéria podem se acumular causando uma infecção.  Quando está infectada, a glândula de Bartholin causa muita dor e grande desconforto na região da vulva e vagina.

O tratamento da bartolinite consiste na drenagem do líquido e muitas vezes antibióticos também podem ser necessários. A drenagem é feita geralmente com uma agulha no próprio consultório médico, é um procedimento simples e que leva a um alívio muito grande dos sintomas.

Saiba mais sobre a bartolinite em: O que é Bartolinite? tem cura?

Caso esteja com um caroço na vagina, que a esteja incomodando, procure um médico de família ou ginecologista para uma melhor avaliação.