Perguntar
Fechar
Teste de urease positivo, o que significa?
Dra. Ângela Cassol
Dra. Ângela Cassol
Médico

O teste de urease é realizado durante a endoscopia digestiva alta, para verificar a presença da bactéria Helicobacter pylori, associada à gastrite, esofagite e duodenite, úlceras, câncer e linfoma do estômago. Quando positivo, o teste significa que a bactéria está presente. Se negativo, significa que a presença da bactéria não foi detectada.

O fato de ter a bactéria, não é sinônimo da necessidade de tratamento. As atuais indicações para tratamento do Helicobacter pylori são situações de:

  • gastrite
  • úlcera gástrica e/ou duodenal
  • linfoma gástrico
  • parentes de primeiro grau com câncer gástrico
  • anemia por carência de ferro
  • púrpura trombocitopênica idiopática
  • pacientes que fazem uso de anti-inflamatórios por longo período.

Normalmente, o tratamento para o H.pylori consiste na toma de 3 drogas por 7 a 14 dias com:

  • um inibidor da bomba de prótons (Omeprazol, Pantoprazol ou Lanzoprazol) + dois antibióticos, como Claritromicina e Amoxacilina ou Claritromicina e Metronidazol.

O médico que solicitou a endoscopia deverá interpretar seu resultado, assim como a necessidade de tratamento.

É possível o Beta-hCG estar positivo e não estar grávida? Em que casos?
Dr. Marcelo Scarpari Dutra Rodrigues
Dr. Marcelo Scarpari Dutra Rodrigues
Médico

Sim, é possível o Beta-hCG estar positivo e a mulher não estar grávida. Isso é chamado de teste falso positivo e ocorre em casos de tumores germinativos (ovarianos ou testiculares - isto é, o Beta-hCG pode ser positivo inclusive em homens, que obviamente não estarão grávidos). Também pode ocorrer na gestação ectópica (em que o embrião não se implanta no local correto, geralmente se implantando nas tubas uterinas). Nestes casos, a gestação certamente não irá à termo e é condição de urgência que deve ser tratada cirurgicamente.

Amostras de pacientes com doenças trofoblásticas como coriocarcinoma ou mola hidatiforme que secretam hCG também podem produzir resultados positivos na ausência de gravidez. Finalmente, mesmo mulheres saudáveis não grávidas, quando na menopausa, podem apresentar falso positivo para gravidez. Determinações seriadas podem ser usadas na suspeita de gravidez anormal, quando o ritmo de elevação na concentração de hCG é menor do que o esperado.

É importante lembrar que o diagnóstico da gravidez não deve se basear somente no resultado do exame laboratorial, mas sim na correlação do resultado do teste com os sinais e sintomas clínicos. Além disso, um resultado negativo não deve ser considerado isoladamente para exclusão de gravidez, sugerindo realizar novo teste em amostra colhida após 7 dias (falso negativo). Quando o resultado for indeterminado, atenção especial na evolução, com repetição após 72 horas.

Veja também: Resultado do Exame de Gravidez - Beta-HCG

O diagnóstico de gravidez pode ser feito a partir do 2º dia de atraso menstrual e na gravidez normal a concentração dobra a cada 2 dias da 2ª.à 5ª.semana de evolução.

A interpretação dos resultados do exame deve ser realizada pelo médico que o solicitou, em conjunto com a história e o exame clínico. Para maiores informações, procure um médico clínico geral ou preferencialmente um ginecologista.

Exame Beta-HCG positivo com valor de referência negativo: o que significa?
Dra. Janyele Sales
Dra. Janyele Sales
Medicina de Família e Comunidade

Se o seu resultado de beta-HCG veio com a descrição "positivo", significa que o hormônio Beta-HCG está presente no organismo, o que é um forte indício de gravidez. Em raras situações esse valor positivo pode ser decorrente de outras condições clínicas, no entanto, na vasta maioria dos casos corresponde realmente a uma gravidez.

Já o valor de referência negativo pode corresponder a outra parte do exame, que chamamos de Beta-HCG quantitativo. Essa parte do exame quantifica os níveis de beta-HCG no organismo, ou seja, ao invés de apenas dizer se o Beta-HCG está presente ou ausente, ela mostra também a quantidade desse hormônio.

Através da quantificação do hormônio é possível deduzir o tempo de gravidez, e para isso são usados valores de referência. Um valor de Beta-HCG dentro de determinada faixa de valores de referência pode sugerir um determinado tempo de gestação. Por exemplo, uma quantidade muito pequena de Beta-HCG no organismo indica uma gestação em um estágio ainda inicial.

Contudo, para se ter certeza sobre a idade gestacional e tempo de gravidez é preciso fazer um cálculo usando a data da última menstruação ou descobrir isso através da realização de um exame de ultrassom.

O que significa valor de referência negativo?

Quando o beta-HCG está em quantidades muito baixas, o laboratório pode considerar que esse valor está abaixo de um valor limite, para que se consiga determinar com certeza que há gravidez, e isso pode aparecer descrito no exame com a expressão valor de referência negativo, ou seja, é um indicativo de ausência de gravidez.

Geralmente esse valor negativo se situa entre o 0 e o 25 mlU/ml, no entanto, é importante conferir a tabela colocada no exame pelo próprio laboratório. Valores acima de 25 mlU/ml já indicam gravidez mesmo que num estágio inicial.

Eventualmente pode aparecer o termo não reagente, que é considerado um resultado semelhante ao resultado negativo.

É importante lembrar que no começo de uma gestação os níveis de beta-HCG podem ser muito baixos levando a mulher ter um resultado negativo, mesmo estando grávida. Isso ocorre quando o exame é realizado muito precocemente, por exemplo, antes do atraso menstrual. Por isso, nessa situação está indicado repetir o exame de gravidez pelo menos uma a duas semanas após o atraso da menstruação.

Não existe exame com resultado positivo e negativo ao mesmo tempo. Se o exame é positivo, ele é enquadrado em alguma faixa de valores de referência positivos.

Provavelmente, a presença dos termos positivo e negativo no mesmo exame pode ser um erro do laboratório ou erro na leitura que está a ser feita. É essencial conversar com o seu médico para interpretar o seu exame conforme o seu contexto clínico.

Em caso de dúvida, vale a pena entrar em contato com o laboratório que realizou o exame para conferir o resultado, porque cada laboratório tem uma forma própria de descrever o exame e alguns valores de referência também podem variar.

Você pode se informar melhor em:

Resultado do exame de gravidez beta-hcg

H. pylori positivo é sinal de câncer de estômago?
Dra. Janyele Sales
Dra. Janyele Sales
Medicina de Família e Comunidade

Não, H. Pylori positivo não é sinal de câncer de estômago, mas sim um fator de risco para desenvolver a doença. Ainda não se sabe ao certo por qual a motivo a presença dessa bactéria contribui para o aparecimento do câncer de estômago, mas acredita-se que o H. Pylori provoque uma inflamação crônica no estômago que aumenta a predisposição para o desenvolvimento da doença.

Contudo, o Helicobacter Pylori não é por si só a causa do câncer de estômago. Existem outros fatores de risco que também devem ser considerados, como histórico de câncer na família, hábitos alimentares, fatores ambientais, entre outros. O conjunto dos fatores predisponentes é que poderão favorecer o surgimento do tumor.

Além de câncer de estômago, o H.pylori está associado a outras doenças gástricas como úlceras e gastrites. No entanto, é importante lembrar que a bactéria vive no estômago de mais de metade da população sem causar nenhum tipo de sintoma. Dentre os portadores do H. Pylori, apenas 1% deles, em média, irá desenvolver câncer.

Saiba mais em: Quais os sintomas do H. pylori?

O tratamento para erradicar o H. Pylori normalmente inclui 3 medicamentos: 1 inibidor da produção de ácido gástrico e 2 antibióticos, que devem ser administrados entre 10 a 14 dias.

Veja também: H. pylori tem cura? Qual é o tratamento?

Para maiores esclarecimentos, fale com o seu médico de família ou clínico geral.

Também podem lhe interessar:

O que é H. pylori?

Gastrite pode evoluir para câncer?

Uma úlcera pode virar câncer?

Teste de gravidez de farmácia positivo e beta hcg negativo: estou grávida ou não?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Se o teste de gravidez de farmácia deu positivo e o beta hCG negativo, é provável que você não esteja grávida. O beta hCG raramente dá resultado falso negativo ou errado e é mais confiável do que o teste de farmácia.

Contudo, é importante lembrar que o teste de gravidez apenas detecta o hormônio hCG a partir de 1 semana após a concepção.

Os níveis do hormônio hCG, que só é produzido durante a gravidez, aumentam a partir do 8º dia de gestação. Por isso, se o teste for feito antes desse período, o resultado dará negativo. 

Portanto, se o exame beta hCG foi realizado depois desse período e deu negativo, provavelmente você não está grávida.

Os testes de farmácia levam algum tempo a mais para ficarem positivos, uma vez que as concentrações do hormônio na urina são bem menores que no sangue.

Veja também: Teste de farmácia de gravidez é confiável?

No entanto, se esses testes forem feitos com duas semanas de atraso da menstruação, têm maior possibilidade de presumir um resultado correto.

Teste de gravidez pode dar resultado falso negativo ou positivo?

Os testes gravidez de farmácia podem dar resultados falso positivo ou negativo. Isso significa que a mulher pode estar grávida e o teste acusar “negativo” ou não estar grávida e o resultado dar “positivo”. 

Esses resultados errados, sobretudo os falso negativos, ocorrem com mais frequência nas primeiras semanas de gestação, quando os níveis de hCG ainda são muito baixos para o hormônio ser detectado na urina.

O resultado do teste de gravidez de farmácia também pode ser alterado se o teste não for feito da forma correta.

Leia também: O teste de gravidez de farmácia pode dar falso negativo?

Por essas razões, a gravidez só é confirmada com o exame de sangue beta hCG. Normalmente, o exame é capaz de detectar se a mulher está grávida a partir do 12º dia de gravidez. 

A interpretação dos resultados do exame deve ser realizada pelo/a médico/a que solicitou o exame, juntamente com a história e o exame clínico da paciente. Por isso, é recomendado marcar uma consulta com o seu/sua médico/a para lhe dar as informações apropriadas para o seu caso.

Corpos cetônicos positivo no exame de urina: O isso significa?
Dra. Janyele Sales
Dra. Janyele Sales
Medicina de Família e Comunidade

Corpos cetônicos na urina podem ser sinal de diabetes descompensado, desnutrição, jejum prolongado, dietas muito rigorosas ou qualquer outra situação que tenha levado o corpo a utilizar gordura como fonte de energia, como, por exemplo, a prática de exercício físico intenso.

A cetonúria, nome dado à presença de corpos cetônicos na urina, acontece quando o corpo não consegue utilizar glicose (açúcar) para gerar energia, seja pela falta desse nutriente na corrente sanguínea ou por problemas metabólicos, como no caso do diabetes.

Na falta desse combustível, o organismo vai buscar na gordura corporal a energia de que precisa. As cetonas ou corpos cetônicos são formados durante o processo de metabolização das gorduras.

Outras situações em que os corpos cetônicos podem aparecer como positivo no exame de urina incluem gravidez, febre, hipertireoidismo, amamentação, doenças e infecções agudas e graves, uso de medicamentos.

Veja também: O que pode causar acidose metabólica?

A cetonúria geralmente vem acompanhada de outros sinais e sintomas, uma vez que a sua ocorrência de forma isolada é rara. Cabe ao médico que solicitou o exame de urina interpretá-lo, analisando os resultados em conjunto com a história clínica, os sintomas e o exame físico do paciente.

Também pode lhe interessar:

O que são piócitos na urina?

Nitrito na urina: O que isso significa?

Células epiteliais na urina: O que isso significa?

Bactérias na urina são sinal de infecção urinária?

Pais com Rh positivo podem ter filhos com Rh negativo?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Sim. Pais com Rh positivo podem ter filhos/as Rh negativo.

Pais com Fator Rh positivo possuem de 0 a 25% de chance de terem filhos/as Rh negativo. Isso se deve ao fato do Fator Rh ser um antígeno que é transmitido durante a concepção. Pessoas com Rh positivo apresentam esse antígeno e pessoas com Rh negativo não apresentam.

Pessoas com Rh positivo podem apresentar os genes dominantes ou podem possuir apenas um dos genes recessivos que ao se unir com outro gene recessivo (sem antígeno) dará origem ao fator Rh negativo. Dessa forma, uma mulher Rh positivo e um homem Rh positivo podem ter filhos/as Rh negativo.

A situação mais preocupante e que necessita de cuidados especiais é no caso da mulher ser Rh negativo e o parceiro ser Rh positivo. Quando resulta em um/a filho/a Rh positivo, há possibilidade de causar reação na mulher e, por isso, principalmente antes do parto deve ser tomado os devidos procedimentos para garantir a saúde materna.

O Fator Rh e o Sistema ABO é característico de cada pessoa e determinado no momento da concepção. Para saber qual seu tipo sanguíneo, é necessário realizar um exame de sangue para isso.

Se você está planejando engravidar e não sabe seu tipo sanguíneo, procure uma unidade de saúde para se informar.

Sangue O+ com A+ qual a tipagem dos filhos?
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

Pode ser: O+ ou A+ ou O- ou A-.

Tipos de sangue

Os tipos de sangue são definidos de acordo com as proteínas que existem na superficial das hemácias no sangue. Quando existem antígenos ou proteínas tipo A, esse sangue é classificado como tipo A; quando existem antígenos tipo B, sangue tipo B; quando existem os dois tipos, chamamos de sangue tipo AB, e quando não existe nenhum dos dois tipos, chama-se O (ou zero).

Ainda existem alelos dominantes (I) e alelos recessivos (i); os dominantes quando presentes determinam o tipo de sangue. E o fator RH, que quando presente é dito RH positivo, quando ausente, RH negativo.

Pais O+ e A+ Primeiro quanto ao tipo de sangue:

Vamos deixar como seu caso, mãe O+ e pai A+, para facilitar a compreensão; então se a mãe é O, seu material genético é recessivo = ii. Não existe qualquer proteína nas hemácias, tanto no material recebido dos seus pais.

O pai é tipo A, nesses casos existem duas possibilidades no seu material genético = IAi ou IAIA.

No caso de duplamente dominante (IAIA), qualquer que seja o i recebido da mãe, será suprimido pelo I dominante, a criança será obrigatoriamente tipo sanguíneo A, porque terá essa proteína em seu sangue. Se esse sangue foi formado por uma parte recessiva (IA i) existe a possibilidade de 25% do i se juntar ao i da mãe, o que resultaria em ii = tipo O.

Quanto ao fator RH

A mesma coisa acontece com o estudo para o fator RH.

Como ambos são RH positivo, com certeza possuem pelo menos um alelo dominante (Rr ou RR) para RH. Se os gens do pai e da mãe forem duplamente dominantes (RR), a criança será RH+, se ambos possuírem um alelo recessivo (Rr) e forem esses a se juntar, existe a chance de Rh- (rr), que nesse caso é de apenas 25%.

Veja também: pais com Rh negativo podem ter filhos com Rh positivo?

O que significa o teste de Schiller positivo?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

O teste de Schiller positivo significa presença de alteração nas células do colo do útero ou situações comuns como a ectopia e os cistos de Naboth.

O teste de Schiller é realizado durante o exame de colposcopia. O/a profissional introduz uma solução iodada na região do colo do útero e observa sua coloração. Quando o colo do útero se colore completamente de marrom-escuro, indica teste de Schiller negativo, sem alterações nas células dessa região.

Quando o colo do útero não se colore completamente revelando algumas áreas de coloração amarelo suave,​ o teste de Schiller é positivo, indicando que as células locais sofreram algumas alterações

Essas alterações nem sempre indicam lesões malignas e neoplasias, como o câncer. O teste de Schiller pode dar positivo em situações benignas como a ectopiainflamações cistos de Naboth.

Caso o teste der positivo, o/a profissional pode optar pela realização da biópsia desse local atingido e enviar o material para análise laboratorial mais detalhada.   

A interpretação do exame de colposcopia e do resultado da biópsia deve ser feita pelo/a profissional de saúde que indicará a sequência do acompanhamento da paciente.

Grávida de 8 semanas e teste de toxoplasmose IgG positivo?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

IgG positivo para toxoplasmose significa que você já teve a doença há muito tempo atrás e tem anticorpos no seu corpo contra essa doença. e IgM negativo significa que não tem a doença agora.

Exame positivo e no Ultrassom nada, estou grávida?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

O saco gestacional não aparece nas 5 primeiras semanas da gravidez, pois ainda é muito pequeno.

Quando a mulher faz o ultrassom transvaginal nas primeiras 5 semanas de gestação, o ultrassom pode não ser capaz de detectar o saco gestacional. Porém, com exame de beta-hCG positivo, é bem provável que você esteja grávida.

O hormônio beta-hCG pode ser detectado no sangue ou na urina da mulher após a implantação do ovo (a união do espermatozoide com o óvulo) no útero. Essa implantação geralmente ocorre 7 dias após a fecundação. Por isso, o hormônio beta-hCG pode ser detectado no sangue ou na urina da mulher grávida antes do aparecimento do saco gestacional no Ultrassom. Isso pode explicar o resultado positivo do beta-hCG e o resultado negativo do Ultrassom.

O ultrassom transvaginal é capaz de detectar a presença de gestação a partir da 5º semana. Nessa fase, é possível detectar o saco gestacional que contém o embrião de apenas 5 ou 6 mm. Exames realizados antes desse período pode não revelar a gestação inicial.

O 1º ultrassom da gravidez é feito entre a 5ª e a 8ª semana de gestação. O exame serve para analisar o número de embriões, onde a gravidez está localizada (no útero ou fora dele, como nas trompas) e o tempo de gravidez.

Quais são os sintomas de gravidez?

Um dos primeiros sinais de suspeita de gravidez é a ausência de menstruação no período esperado pela mulher, observando um atraso menstrual de 1 ou mais semanas. Nesse início da gravidez outros sinais podem ser observados como náusea, aumento da sensibilidade nas mamas, cansaço e aumento da frequência urinária.

Caso você apresente um resultado positivo do beta-hCG, procure um serviço de saúde para uma avaliação mais detalhada.

Além disso, leia também:

Na ultrassom transvaginal se estiver gravida aparece?

Pais com Rh negativo podem ter filhos com Rh positivo?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Não. Pais que apresentam o sangue Rh negativo não têm filhos/as com Rh positivo, apenas Rh negativo.

O Fator Rh é usado para caracterizar a tipagem sanguínea juntamente com o Sistema ABO. Assim, toda pessoa possui um fator associado ao seu tipo sanguíneo, sendo positivo ou negativo.

Esse fator Rh é um antígeno que é transmitido aos/às descendentes. Uma mulher Rh negativa e um homem Rh negativo não possuem esse antígeno para passar para seus/suas filhos/as, portanto, estes/estas só poderão ser Rh negativos também.

O Fator Rh e o Sistema ABO é característico de cada pessoa e determinado no momento da concepção. Para saber qual seu tipo sanguíneo, é necessário realizar um exame de sangue para isso.

A situação mais preocupante e que necessita de cuidados especiais é no caso da mulher ser Rh negativo e o parceiro ser Rh positivo. Quando resulta em um/a filho/a Rh positivo, há possibilidade de causar reação na mulher e, por isso, principalmente antes do parto deve ser tomado os devidos procedimentos para garantir a saúde materna.

Se você está planejando engravidar e não sabe seu tipo sanguíneo, procure uma unidade de saúde para se informar.