Perguntar
Fechar

O que é H. pylori?

Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

H. pylori (Helicobacter pylori) é uma bactéria encontrada na mucosa do estômago, que pode causar gastrites, úlceras e até câncer de estômago. Calcula-se que a H. pylori esteja presente em pelo menos metade da população mundial. Contudo, apenas uma pequena parte dos portadores irão desenvolver alguma doença relacionada a essa bactéria.

Uma vez no estômago, a H. pylori se multiplica e provoca uma inflamação crônica na parede do órgão, causando assim a gastrite. A bactéria enfraquece a camada protetora de muco do estômago e do duodeno (porção inicial do intestino), permitindo que o ácido entre em contato com a parede sensível desses órgãos.

H. pylori: causas, sintomas, tratamento e remédios para Helicobacter pylori
Helicobacter pylori

Sabe-se que mais de 90% das úlceras são causadas pela Helicobacter pylori. Quanto ao câncer gástrico, a infecção por H. pylori é considerada um importante fator de risco para o desenvolvimento do tumor, além de estar associada a um tipo raro de linfoma de estômago.

Quais os sintomas da infecção por H. pylori?

Na maioria das vezes, a infecção por H. pylori não provoca sintomas nem causa doenças durante toda a vida. Porém, uma parcela pequena da população pode desenvolver úlceras no estômago ou na porção inicial do intestino (duodeno), ou ainda câncer de estômago, devido a agressão causada por essa bactéria.

Existem outros fatores de risco associados ao desenvolvimento de úlceras, como predisposição genética e o tipo de bactéria, já que existem espécies mais agressivas do que outras.

Se forem pequenas, as úlceras podem ainda assim não causar sintomas, enquanto as lesões maiores costumam provocar sangramento intenso. Um sintoma clássico da úlcera é a dor abdominal ou queimação sentida na “boca do estômago”. A dor costuma ser mais intensa quando o estômago está vazio. Outros sintomas incluem:

  • Sensação de saciedade ou empanzinamento;
  • Dificuldade para beber quantidades habituais de líquidos;
  • Fome e sensação de estômago vazio, geralmente uma a três horas depois de comer;
  • Náusea e vômito, que pode ter sangue;
  • Perda de apetite;
  • Perda de peso;
  • Eructação (arrotos);
  • Fezes escuras ou com sangue.

Como ocorre a infecção por H. pylori?

A infecção por H. pylori normalmente acontece na infância e está relacionada com más condições de habitação e higiene. Não está claro como a Helicobacter pylori é transmitida de uma pessoa para outra. As bactérias podem se disseminar através do contato boca-a-boca, doenças do trato gastrointestinal (especialmente quando ocorre vômito), contato com fezes e ingestão de alimentos e água contaminados com a bactéria.

Acredita-se que a transmissão ocorra de pessoa para pessoa pelas vias oral-oral ou fecal-oral. A transmissão pela via oral-oral ocorre através do contato com a saliva ou gotículas de secreção de uma pessoa previamente infectada.

Já a via fecal-oral seria mais predominante em populações com baixo nível socioeconômico. Neste caso, a Helicobacter pylori é transmitida pela ingestão acidental de fezes, água ou alimentos contaminados pela bactéria.

Qual é o tratamento para H. pylori?

O tratamento para a infecção por H. pylori é realizado com medicamentos antibióticos, associados ou não a medicamentos antiácidos, durante 10 a 14 dias.

Infecção por H. pylori tem cura?

A infecção por Helicobacter pylori tem grandes chances de cura, desde que o tratamento seja feito corretamente e durante o tempo determinado. A erradicação da bactéria reduz o risco de aparecimento de uma nova úlcera.

Porém, às vezes pode ser difícil curar completamente a infecção por H. pylori, havendo a necessidade de diferentes tipos de tratamentos. Em alguns casos, pode ser realizada uma biópsia do estômago para identificar o tipo de bactéria e utilizar um antibiótico mais específico.

Há ainda casos em que a infecção por H pylori não tem cura, mesmo quando são usados todos os tipos de medicação disponíveis. Quando não acontece a cura, os medicamentos ao menos amenizam os sintomas.

Quais as possíveis complicações da infecção por H. Pylori?

Uma infecção crônica por Helicobacter pylori pode causar complicações, como:

  • Úlceras no estômago e no intestino,
  • Hemorragia, por úlcera sangrante;
  • Perfuração da parede do estômago (úlcera perfurada - urgência médica);
  • Gastrite crônica,
  • Câncer de estômago e
  • Linfoma do tecido da mucosa gástrica, um outro tipo de câncer.

Alguns sinais e sintomas graves que começam repentinamente podem indicar a presença de obstrução intestinal, perfuração ou hemorragia. Procure imediatamente um serviço de urgência em caso de:

  • Fezes pretas, escuras ou com sangue;
  • Vômitos intensos que podem ter sangue ou conteúdo semelhante a borra de café;
  • Vômitos com conteúdo do estômago (sinal de obstrução intestinal);
  • Dor abdominal intensa, acompanhada ou não de vômito.

O diagnóstico e tratamento da infecção por H. pylori é da responsabilidade do médico gastroenterologista.