Perguntar
Fechar

Urologista

Mancha vermelha na cabeça de meu pênis pode ser sífilis?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Sífilis é uma DST (Doença Sexualmente Transmissível) que tem um tempo de incubação de aproximadamente 14 dias e a lesão inicial é um cancro (ferida) no local do contato, mas como você só tem tido relações com camisinha e o sintoma descrito por você não parece ser a lesão típica da Sífilis, ao que tudo indica não é sífilis.

Procure um médico Urologista que examinará a lesão, fará o correto diagnóstico e tratamento.

Saiba mais em: 

Como ocorre a transmissão da sífilis?

Quais os sintomas e tratamento da sífilis?

Quero engravidar e não consigo, o que devo fazer?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Em primeiro lugar devemos levar em consideração o que os médicos consideram como infertilidade. Um casal é considerado infértil quando após um ano tendo 2 a 3 relações sexuais por semana sem proteção a mulher não engravida.

Quando este fato ocorre o ideal é que em primeiro lugar o homem vá ao médico e faça um exame denominado Espermograma (um exame bem simples e que define se o homem pode ou não ter filhos), caso o exame de Espermograma dê alterado um médico Urologista deve ser procurado, ele pode conduzir a investigação e o tratamento adequado para a infertilidade masculina.

Se o Espermograma for normal então é a mulher que deve procurar um Ginecologista que vai conduzir a investigação e tratamento adequado para a infertilidade feminina (a histerosalpingografia é o exame de eleição para se iniciar a investigação feminina para infertilidade, ultrassom não serve - pouco ou nenhuma importância na investigação de infertilidade).

Leia também:

Que exames devo fazer para saber se posso engravidar?

Como saber se sou estéril?

1 - Existe algum remédio para fortalecer os espermatozoides?

Dependendo do tipo de alteração encontrada no espermograma existe sim tratamento, procure um médico urologista. Não prescrevemos nenhum tipo de remédio pela internet.

 2 - O espermograma deu ausência de espermas, o que fazer?

Devem procurar um urologista que ele analisará o resultado e conduzirá uma investigação mais apurada para saber a causa exata da alteração e somente depois disso poderá ser proposto algum tipo de tratamento.

Qual médico devo procurar quando tenho algo no pênis?
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

Urologista é o médico que cuida do aparelho genital masculino.

O médico responsável pela maioria das doenças relacionadas ao pênis, ou aparelho genital masculino, é o ou a médica urologista, entretanto, algumas alterações que aparecem neste local, podem ser confundidas com um problema do pênis e não ser. Pode ser uma consequência de outra doença, com isso, pode precisar da avaliação de outro especialista.

Por exemplo, um edema importante no local, decorrente de um problema renal, ou reumatológico, pode precisar de uma avaliação de um médico nefrologista ou reumatologista.

Uma ferida no pênis de difícil cicatrização, pode ser uma doença infectocontagiosa, que necessite de avaliação conjunta com infectologista. Entre outras situações.

Porém o mais adequado, sempre que observar qualquer problema no órgão genital masculino, é mesmo agendar a primeira avaliação com médico/a urologista, que saberá diagnosticar e orientar quanto ao tratamento, além de indicar outra especialidade se achar necessário.

Estou usando pomada no pênis por causa de uma cândida...
Dra. Janyele Sales
Dra. Janyele Sales
Medicina de Família e Comunidade

Pode ser sim por causa da pomada ou ser efeito da própria inflamação da pele em remissão. O antifúngico usado no tratamento da infecção pela Candida pode deixar a pele no local mais sensível e ressecada.

A Candida é o fungo responsável pela candidíase, que pode afetar homens e mulheres. Nos homens costuma causar sintomas como vermelhidão peniana, erupções vermelhas, que coçam e causam sensação de queimação e ainda placas brancas, principalmente em áreas de dobras.

Qual o tratamento da candidíase peniana?

O tratamento da candidíase peniana é feito basicamente através de pomadas ou cremes antifúngicos ou da ingestão de antifúngico oral, como o fluconazol de 150 mg.

Entre as pomadas usadas no tratamento da candidíase as mais comumente usadas são o clotrimazol (Canesten, Clotrimix, Clotrigel), miconazol (Mizonol, Vodol), econazol (Pevaryl) ou cetoconazol.

Em algumas situações quando as lesões são muito extensas podem ser associadas pomadas de corticoide, como a hidrocortisona ou o acetato de dexametasona. Existem algumas formulações que já combinam o antifúngico com o corticoide, como a pomada Candicort (cetoconazol e betametasona).

O tratamento dura entre 1 a 3 semanas, a depender da melhora dos sintomas.

Consulte o seu médico para saber qual a melhor formulação indicada para o seu caso, é importante o acompanhamento médico antes de fazer a escolha pelo antifúngico a ser usado e durante o tratamento, de modo a evitar a persistência ou a recidiva das lesões.

Como aplicar pomada no pênis?

Após higienizar e secar o pênis, deve-se aplicar uma fina camada da pomada na glande, prepúcio do pênis e outros locais que apresentem lesões provocadas pela Candida, friccione levemente após passar a pomada e aplique-a duas a três vezes ao dia. O período de tratamento pode variar, portanto, converse com o seu médico sobre quanto tempo irá usar o medicamento.

Posso aplicar pomada Bepantol no pênis?

Caso esteja com a pele do pênis ressecada e deseje hidratá-la pode usar a pomada de Bepantol, que contém ingredientes que ajudam na hidratação da pele sensível do pênis, no entanto, não está indicado o uso dessa pomada para o tratamento de afecções como a candidíase ou outras doenças peniana.

Posso aplicar pomadas antibióticas no pênis?

No caso da candidíase peniana, as pomadas antibióticas, que tem ação contra bactérias, não estão indicadas no tratamento, pois para combater a Candida que é um fungo é necessário que o tratamento seja feito com cremes e pomadas que contenham antifúngicos. Portanto, pomadas que são compostas por substâncias antibióticas como Nebacetin, Mupirocina, Neocetheo, Diprogenta não são eficazes no tratamento da candidíase do pênis.

Outras pomadas popularmente utilizadas que também não são muito eficazes para o tratamento da candidíase são aquelas que na sua composição apresentam antifúngico, antibiótico e corticoide na mesma formulação como a Trok-N, Betricort ou Oncileg. Na maioria dos casos é preferível usar uma formulação com uma única substância, do que pomadas com muitas associações.

Para mais informações sobre a candidíase peniana converse com o seu médico, apenas após uma avaliação médica é possível chegar a um diagnóstico preciso e assim indicar o melhor tratamento.

O que fazer quando eu não consigo engravidar?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Se não consegue engravidar depois de um ano tentando todos os dias, você e o seu marido devem fazer alguns exames para detectar a causa da infertilidade.

Primeiro, o seu marido deve fazer um exame chamado espermograma, que avalia a quantidade e a qualidade dos espermatozoides. Se o resultado do espermograma estiver alterado, o/a médico/a deve conduzir a investigação e o tratamento adequado para o homem. Se o espermograma for normal, então a mulher deve procurar o/a ginecologista para saber por que não consegue ter filhos.

Dentre os exames mais usados para detectar a esterilidade feminina estão:

- Dosagem hormonal: É feito durante o ciclo menstrual e serve para verificar se a mulher tem ovulação, quando ela ocorre e qual é a qualidade da mesma;

- Ultrassom transvaginal: Avalia útero, ovários e anexos genitais. O exame permite ao médico acompanhar a ovulação, detectar miomas e outros defeitos uterinos;

- Histerossalpingografia: Serve para avaliar a permeabilidade e a anatomia das trompas;

- Histeroscopia: Permite visualizar diretamente a cavidade uterina e estudar o endométrio (parede interna do útero) e detectar miomas no interior do útero.

Existem ainda outros exames que a mulher poderá fazer para saber se é estéril, dependendo do caso. Em casos específicos, o homem pode precisar fazer também avaliação endócrina e hormonal, ultrassom do escroto, exames genéticos e biópsia dos testículos.

Os exames para detectar a esterilidade podem ser analisados pelo/a médico/a de família, clínico/a geral ou urologista especialista em fertilidade, no caso dos homens, ou o/a ginecologista também especialista em fertilidade, no caso das mulheres.

Saiba mais sobre o assunto em:

Que exames devo fazer para saber se posso engravidar?

Como saber se sou estéril?

Fica saindo um líquido gosmento do meu pênis?
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

Geralmente a saída de secreção pelo pênis é sinal de alguma infecção na uretra (canal por onde passa a urina). Não é normal, deve procurar um médico urologista ou clínico geral para melhor avaliação.

A presença de secreção pelo pênis, especialmente se houver coloração amarelada ou com mau cheiro, pode ser sinal de infecção na uretra, chamada também de uretrite.

Leia também: Uretrite: Quais os sintomas e possíveis complicações?

As causas mais comuns de uretrite são as doenças sexualmente transmissíveis, como a gonorreia e a clamídia, embora outras situações como infecção fúngica, tumores ou infecção urinária simples também possam causar esses sintomas.

Saiba mais no link: Quais são os sintomas e causas de uma infecção urinária?

O diagnóstico da uretrite é baseado na história clínica e exame médico. Pode ainda ser necessário exames de sangue e cultura da secreção para avaliação mais precisa do germe causador do problema.

E o tratamento é realizado com medicamentos antibióticos específicos para a suspeita diagnóstica, ou direcionado através dos exames realizados. Importante lembrar, que nos casos de infecção contagiosa, o/a parceiro/a também deverá ser tratado para cura definitiva da doença.

Portanto é fundamental uma avaliação médica, aonde serão pesquisados os fatores de risco, sinais e sintomas clínicos, além de realizar um exame médico completo para definição diagnóstica. Após o diagnóstico, planejar o tratamento mais adequado para cada caso, evitando assim complicações e sequelas inerentes ao processo inflamatório da uretra.

O médico especialista nesse assunto é o urologista, contudo o médico clínico geral e médico de família são capacitados para a avaliação inicial e conduta. Se houver necessidade poderão ser encaminhados posteriormente ao urologista. O importante é buscar a avaliação mais breve possível.

Pode lhe interessar: Qual é o tratamento para uretrite?

Tenho 50 anos e não consigo manter meu pênis ereto...
Dra. Janyele Sales
Dra. Janyele Sales
Medicina de Família e Comunidade

Precisa procurar um médico, para melhor identificar a causa da disfunção erétil. Ansiedade, estresse e outros fatores emocionais são uma importante causa de impotência sexual, e parece sim influenciar o seu caso.

No entanto, doenças orgânicas também podem estar associadas à disfunção erétil, como doença coronária, aterosclerose, diabetes, obesidade ou hipertensão arterial. Por isso, é importante uma avaliação médica.

O que é disfunção erétil?

A disfunção erétil ou impotência sexual é a incapacidade do homem manter relação sexual com ereções satisfatórias durante pelo menos três meses, pode atingir homens de qualquer idade, mas é mais prevalente em homens acima dos 50 anos.

O que causa disfunção erétil?

Diversos fatores podem contribuir para o aparecimento de um quadro de impotência sexual, entre eles:

  • Doenças crônicas (doença coronária, aterosclerose, diabetes, obesidade e hipertensão arterial).
  • Doenças neurológicas (doença de Parkinson, esclerose múltipla)
  • Uso de medicamentos (anti-hipertensores, antidepressivos)
  • Tabagismo
  • Alcoolismo
  • Distúrbios hormonais
  • Doença de Peyronie
  • Traumatismos pélvicos
  • Transtornos de ansiedade ou depressão
  • Estresse
  • Cansaço
  • Dificuldades conjugais
Qual o tratamento da disfunção erétil?

O tratamento da disfunção erétil inclui o controle das doenças que podem interferir e desencadear impotência sexual. Psicoterapia e aconselhamento sexual quanto fatores psíquicos são importante para o estabelecimento dos sintomas. Uso de medicamentos que aumentam a irrigação peniana.

Em algumas situações pode ser necessário tratamento hormonal. Mais raramente pode estar indicado tratamento cirúrgico ou uso de prótese peniana

Caso apresente sintomas de disfunção erétil consulte um clínico geral ou médico de família para uma avaliação inicial. Em alguns casos pode ser necessário o acompanhamento também por um médico urologista.

Acho meu pênis muito pequeno, qual médico devo procurar?
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

Você deve procurar o Urologista.

O médico urologista é o especialista no sistema genital masculino e sistema urinário de homens e mulheres. Sendo assim, é o responsável por avaliar as características do órgão genital masculino, e além de esclarecer suas dúvidas, havendo necessidade, poderá sugerir algum tipo de tratamento.

A princípio, sem a confirmação de um problema ou causa predeterminada, não há como sugerir qualquer tipo de orientação.

Qual é o tamanho normal de um pênis?

O tamanho mínimo considerado normal de um pênis no homem adulto é de 4 cm em repouso (flácido) e de 7,5 cm em ereção; mas a média estimada de tamanho no mundo, é de 9,0 cm flácido e 13,5 cm ereto.

A variação desses valores, de 4 a 9 cm flácido e de 7,5 a 13,5 cm ereto, significa que está normal, não existe qualquer problema, portanto não há tratamento a ser feito. Essa variação tamanhos, acontece devido as características genéticas, sociais e hábitos de vida de cada homem.

Como se dá o desenvolvimento do pênis?

No desenvolvimento normal do pênis, não é observada grande mudança durante toda a infância. Apenas na puberdade, por volta dos 12 anos de idade, quando acontece o aumento e a ação da testosterona, que começa efetivamente o crescimento peniano.

Esse crescimento se dá por etapas, e pode durar até os 18 anos de idade ou mais. As primeiras estruturas a crescer e se desenvolver são os testículos e a bolsa escrotal, de maneira até desproporcional, dando uma impressão de um pênis menor, devido ao tamanho das bolsas.

E posteriormente, por volta dos 14 ou 15 anos, o pênis começa a ganhar comprimento e espessura, que se manterão por toda a idade adulta. Até iniciar uma regressão na terceira idade.

Portanto, agende uma consulta com urologista para mais esclarecimentos.

Qual a causa provável de diminuição abrupta de esperma?
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

As causas mais prováveis de uma diminuição de esperma de forma abrupta são:

  • Infecção,
  • Trauma,
  • Varicocele ou
  • Doença sexualmente transmissível (clamídia e gonorreia, por exemplo).
Causas de diminuição de esperma

São muitas as causas possíveis de diminuição de esperma, porém nem sempre de forma abrupta. Dentre as mais comuns destacamos: desidratação, problemas na próstata, pós-operatório, uso de medicamentos, varicocele, lesão pós radioterapia e quimioterapia, uso de anabolizantes, uso de roupas apertadas por períodos longos (devido ao aumento da temperatura local), diabetes, doenças neurológicas, consumo abusivo de bebidas alcoólicas ou cigarro.

O tabagismo está relacionado a redução de 30% em média, do volume do esperma. O uso de anabolizantes e bebidas alcoólicas também prejudicam de forma semelhante.

A idade é outro fator que contribui para essa redução. Com o envelhecimento natural do homem, principalmente a partir dos 45 anos, a quantidade de esperma na ejaculação pode diminuir consideravelmente.

Existem ainda causas genéticas, como a síndrome de Klinefelter e outras.

Dessa maneira, é necessário que procure um médico urologista, para uma avaliação e orientações adequadas, de acordo com o seu caso.

Pode lhe interessar também: Ejaculo pouco esperma, pode dificultar ter filhos?

Quando o homem não tem ereção completa é algum problema?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Ereção incompleta significa impotência sexual, em homens jovens geralmente está associados à problemas emocionais e em homens de mais idade, pode estar relacionado a algumas doenças. Na maioria dos caso tem tratamento, procure um Urologista que ele vai te ajudar.

Observo há tempo que meu pênis não possui tamanho normal...
Dra. Janyele Sales
Dra. Janyele Sales
Medicina de Família e Comunidade

Deve procurar um Urologista, pois esse é o especialista em distúrbios do aparelho reprodutor masculino e caso de fato se trate de uma Fusão Penescrotal o tratamento é cirúrgico e será realizado por esse profissional.

No entanto, é interessante uma primeira avaliação por um médico clínico geral ou médico de família, pois essa alteração no tamanho do pênis pode tratar-se de outra condição e pode ser avaliada por esses outros profissionais, já que caso o diagnóstico seja outro o manejo clínico pode ser outro.

Tenho 26 anos e enurese noturna o que eu faço?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

A enurese noturna em adultos deve ser investigada e tratada pelo/a médico/a urologista, que é  especialista responsável pelo diagnóstico e tratamento de problemas relacionados com o sistema urinário masculino e feminino.

Dentre as possíveis causas de enurese noturna na idade adulta estão:

  • Falta de musculatura ou controle neurológico necessários para controlar a urina;
  • Cistocele, também conhecida como "bexiga caída";
  • Poliúria (urinar bastante, mais de 2,5 litros por dia);
  • Infecção urinária;
  • Consumo de bebidas alcoólicas, café, chás ou medicamentos diuréticos;
  • Uso de remédios para dormir;
  • Diabetes;
  • Estresse e ansiedade;
  • Bexiga neurogênica (disfunção na bexiga provocada por alguma lesão neurológica, que faz com que a pessoa perca o controle da urina).

Indivíduos adultos que já tiveram o controle da micção e o perderam podem ser portadores de doenças que afetam o controle da urina.

Dependendo da causa, é possível reverter o problema e curar completamente a enurese noturna. Porém, há muitos casos, sobretudo em lesões neurológicas, que não existe tratamento.

O mais indicado é consultar o/a médico urologista para que a origem da sua enurese seja devidamente diagnosticada e receba um tratamento adequado.

Leia também: Xixi na Cama: Qual médico procurar?