Perguntar
Fechar
Para fazer exame de gravidez precisa de jejum?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Não. O exame de sangue beta-hCG para detectar a gravidez não precisa ser realizado em jejum.

A mulher com atraso menstrual acima de 2 semanas pode realizar o teste de detecção da gravidez a qualquer momento do dia, sem a necessidade do jejum.

Em alguns laboratórios é realizado o exame de urina que também detecta a presença da gravidez e, da mesma forma, não é preciso do jejum para realizar.

Caso o resultado do exame de gravidez tenha dado positivo, procure um serviço de saúde para maiores explicações e acompanhamento. Caso o resultado seja negativo e você continue com o atraso menstrual, também procure um serviço de saúde para marcar uma consulta de avaliação e detecção das causas desse atraso.

Saiba mais em: Resultado do Exame de Gravidez - Beta-HCG

Teste de farmácia de gravidez é confiável?
Dra. Janyele Sales
Dra. Janyele Sales
Medicina de Família e Comunidade

Sim, o teste de gravidez de farmácia é confiável. Quando realizado corretamente, o teste de farmácia pode ter uma eficácia de 95% a 99%. Se a menstruação estiver atrasada e o teste for positivo, há grandes chances de ser mesmo gravidez. Resultados falso positivos são raros nos testes de gravidez de farmácia.

Contudo, se o teste for negativo, ainda assim ficará a dúvida se você pode estar grávida, uma vez que os testes de farmácia podem dar resultados negativos falsos. Por isso, para confirmar a gravidez é necessário fazer um exame de sangue.

Só a partir do 8º dia de gravidez, ou seja, 8 dias depois do momento da implantação do óvulo fecundado (embrião) no útero, é que os níveis de beta-hCG no organismo começam a aumentar.

Esse hormônio só é produzido pelo organismo quando a mulher está grávida e são necessários pelo menos 8 dias para que os níveis de beta-hCG estejam suficientemente altos para serem detectados na urina.

Portanto, as alterações hormonais têm início no momento exato em que ovo, formado pela união do espermatozoide com o óvulo, é implantado no útero.

Assim, qualquer teste de gravidez realizado antes dessa fase pode dar resultado falso negativo, já que ainda não houve tempo dos níveis de hormônio no sangue subirem o bastante ao ponto de serem detectados no sangue ou na urina.

Quando fazer o teste de gravidez de farmácia?

O teste de gravidez de farmácia deve ser feito quando a menstruação está atrasada por pelo menos uma semana. Esse tempo de espera para realizar o teste é necessário, pois só a partir da 2ª semana de gestação é que o hormônio HCG pode ser detectado na urina.

No caso da mulher não saber a data que deveria vir o período menstrual, recomenda-se que o teste seja feito 3 semanas depois da última relação desprotegida.

O ideal é que o teste de gravidez de farmácia seja feito com a primeira urina do dia, logo que a mulher acordar.

Já o exame de sangue pode detectar a gravidez a partir do 12º dia de gestação. Esse é o teste considerado pelos médicos para identificar a gravidez, já que é mais preciso que o teste de urina.

O que significa resultado falso negativo no teste de gravidez de farmácia?

O resultado falso negativo no teste de gravidez de farmácia significa que a mulher está grávida, mas o resultado do teste deu “negativo”. Esses resultados são mais frequentes nas primeiras semanas de gestação, quando o corpo ainda não produziu quantidades suficientes de hormônio beta-hCG para ser detectado na urina.

Em geral, os resultados falso negativos são mais frequentes quando a mulher faz o teste antes do atraso da menstruação.

O teste de gravidez de farmácia também pode dar falsos resultados se não for feito corretamente, como não esperar pelo tempo certo para fazer a leitura, usar recipientes sujos ou mal lavados, entre outros erros que podem ocorrem no teste feito em casa.

Por isso, nesses casos, recomenda-se esperar uma semana e repetir o teste de farmácia ou então realizar o exame Beta-hCG de sangue ou de urina, feito em laboratório.

Teste de gravidez de farmácia pode dar resultado falso positivo?

O resultado falso positivo pode ocorrer se a mulher estiver tomando medicamentos com hCG (normalmente usados para tratar infertilidade), tiver passado por parto ou aborto há menos de 8 semanas.

Há ainda doenças raras que podem produzir hCG, sendo a principal delas a mola hidatiforme, um tumor formado no tecido placentário de uma gravidez que não resultou.

Tratam-se de situações pouco comuns. Por isso, se a menstruação estiver atrasada e o resultado for positivo, a probabilidade da mulher estar grávida é bastante elevada.

O uso de medicamento pode alterar o resultado do teste de gravidez de farmácia?

Depende. O uso de medicamentos antibióticos, anti-inflamatórios e anticoncepcionais não altera o resultado do teste de gravidez de farmácia. Mesmo o consumo de álcool, não interfere no resultado do exame.

Porém, o uso de medicamentos hormonais para tratar a infertilidade, além de medicamentos usados no tratamento de alergias e diuréticos e Mal de Parkinson podem interferir no resultado do teste de farmácia.

Para maiores esclarecimentos sobre o teste de gravidez de farmácia, consulte um médico clínico geral, médico de família ou ginecologista.

Como funciona o exame Beta-hCG?
Dr. Marcelo Scarpari Dutra Rodrigues
Dr. Marcelo Scarpari Dutra Rodrigues
Médico

O exame Beta-hCG, gonadotrofina coriônica humana ou teste imunológico da gravidez é usado no diagnóstico e acompanhamento da gestação normal, gravidez ectópica e de tumores germinativos (ovarianos e testiculares). É dosado na urina, a primeira da manhã (exame qualitativo, apenas diz se é positivo ou negativo) ou sangue (exame quantitativo, com os valores exatos). A preparação envolvida é apenas de jejum de 4 horas.

É importante lembrar que o diagnóstico da gravidez não deve se basear somente no resultado do exame laboratorial, mas sim na correlação do resultado do teste com os sinais e sintomas clínicos. Além disso, um resultado negativo não deve ser considerado isoladamente para exclusão de gravidez, sugerindo realizar novo teste em amostra colhida após 7 dias (falso negativo). Quando o resultado for indeterminado, atenção especial na evolução, com repetição após 72 horas.

Amostras de pacientes com doenças trofoblásticas como coriocarcinoma ou mola hidatiforme que secretam hCG, podem produzir resultados positivos na ausência de gravidez e ocasionalmente em mulheres saudáveis não grávidas e na menopausa (falso positivo para gravidez). Determinações seriadas podem ser usadas na suspeita de gravidez anormal, quando o ritmo de elevação na concentração de HCG é menor do que o esperado.

O diagnóstico de gravidez pode ser feito a partir do 2º dia de atraso menstrual e na gravidez normal a concentração dobra a cada 2 dias da 2ª.à 5ª.semana de evolução.

Após aborto em quanto tempo beta-HCG dá negativo?
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

O beta-HCG reduz e tende a negativar entre 15 a 30 dias após o aborto.

Sabendo que esse tempo varia de acordo com alguns fatores, o principal deles é a fase em que houve o abortamento; no caso de aborto precoce (até 12 semanas), a taxa de produção do hormônio foi menor, por isso o tempo esperado para negativar varia em média entre 10 a 15 dias; nos casos de abortamento tardio ( de 12 a 20 semanas), esse hormônio alcançou taxas mais elevadas, por isso pode levar mais tempo para negativar.

Em todos os casos, é importante que você seja acompanhada pelo medico ginecologista / obstetra para dar seguimento e orientações adequadas, principalmente nos casos em que os valores de beta-HCG levem mais tempo que o esperado para reduzir.

Também pode lhe interessar:

Na ultrassom transvaginal se estiver grávida aparece?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Se a mulher estiver grávida com mais de 5 semanas de gestação, a gravidez aparece no ultrassom transvaginal.

O ultrassom transvaginal é capaz de detectar a presença de gestação a partir da 5º semana. Nessa fase, é possível detectar o saco gestacional que contém o embrião de apenas 5 ou 6 mm. Exames realizados antes desse período pode não revelar a gestação inicial.

O 1º ultrassom da gravidez é feito entre a 5ª e a 8ª semana de gestação. O exame serve para analisar o número de embriões, onde a gravidez está localizada (no útero ou fora dele, como nas trompas) e o tempo de gravidez.

No resultado do ultrassom transvaginal, pode haver a seguinte frase: Fundo de Saco posterior livre ou Fundo de Saco de Douglas livre. Isso não significa que você está grávida. O fundo de saco de Douglas livre significa que não há estruturas ou massas ocupando o saco e, portanto, ele está livre. Esse é o espaço anatômico localizado entre o útero e o reto. A sua avaliação pode facilitar o diagnóstico de patologias como cisto de ovário, doenças inflamatórias pélvicas, peritonite ou gravidez ectópica.

Além disso, em alguns casos, os ovários ou algum deles podem não ser visualizados durante o exame de ultrassom transvaginal. Não se preocupe com isso, pois pode ser devido à presença de estruturas que não permitiram a visualização do ovário durante o exame. A não visualização do ovário também não é indicativo de gravidez.

Quais são os sintomas de gravidez?

Um dos primeiros sinais de suspeita de gravidez é a ausência de menstruação no período esperado pela mulher, observando um atraso menstrual de 1 ou mais semanas. Nesse início da gravidez outros sinais podem ser observados como náusea, aumento da sensibilidade nas mamas, cansaço e aumento da frequência urinária.

Caso você apresente atraso menstrual maior de 15 dias, procure um serviço de saúde para uma avaliação e/ou realização de teste de gravidez.

Além disso, leia também:

Como é feito o exame transvaginal?

Para que serve o exame transvaginal?

Com quantas semanas dá para ver o bebe no ultrassom?

É possivel estar gravida mesmo que o saco gestacional nao apareca no ultrassom?

Quanto tempo leva para exames de gravidez darem positivos?

Terminei a cartela e a menstruação não desceu, é normal? O que faço?
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

Sim, é normal. A menstruação não descer após o término da cartela de anticoncepcional ou na troca de remédio, acontece com frequência, pela adaptação do organismo as doses de hormônios.

Por isso a recomendação de iniciar a próxima cartela, ou aplicar a injeção do anticoncepcional não deve ser baseada na menstruação. Siga as orientações de acordo com os dias indicados e não pelo retorno do sangramento.

No entanto, existem outras causas para essa situação, por isso, na ausência da menstruação por mais de 15 dias (considerado atraso menstrual), é importante que procure um ginecologista para avaliação.

Causas de ausência da menstruação 1. Uso de anticoncepcionais

O uso regular de anticoncepcionais causa diversas modificações no corpo da mulher, sendo uma delas a diminuição da camada do útero, que reduz significativamente a menstruação e pode com o tempo, levar a ausência completa de sangramento.

Nesse caso, o fluxo da menstruação vai diminuindo gradativamente, até que o fluxo cessa. Não apresenta outros sintomas.

O que fazer?

Não precisa mudar em nada o uso da sua medicação. Inicie a próxima cartela na data programada, de preferência mantendo sempre o mesmo horário.

2. Troca de anticoncepcional

A troca de anticoncepcional é outra causa comum de ausência de menstruação, porque o organismo precisa de nova adaptação aos hormônios e diferentes dosagens. Não existem mais sintomas, apenas a ausência do sangramento.

O que fazer?

Mesmo não havendo outros sintomas, a ausência da menstruação de forma associada a uma troca de medicamentos, exige que seja descartada uma possível gravidez antes do início de uma nova cartela.

Se não houve relação no período, portanto não há risco de gravidez, pode retornar o remédio, mas se teve relação sem outro método contraceptivo, fale com o seu médico, e faça um teste de gravidez.

3. Gravidez

O primeiro sinal da gestação é o atraso menstrual, ou melhor, a ausência da menstruação. Por isso, sempre que uma mulher tem relação desprotegida e a menstruação falha, é importante uma pesquisa para essa situação.

O que fazer?

Faça um teste de gravidez antes do início da próxima cartela.

Os testes de gravidez podem ser o exame de farmácia ou exame de sangue. Os testes de farmácia são mais fáceis de encontrar, não precisam de receita médica e são bastante confiáveis. O teste de sangue, com pesquisa de Beta HCG, é o exame mais seguro, porém precisa de um pedido médico para realizá-lo.

O exame sendo positivo, indica que está grávida, por isso precisa receber as devidas orientações e iniciar o pré-natal. O exame negativo, confirma ser um efeito natural da medicação, não devendo se preocupar com esse atraso ou ausência de sangramento.

Contudo, outras situações como a síndrome do ovário policístico, doenças da glândula hipófise, ou distúrbios endocrinológicos, podem ser também uma causa para a falta de menstruação.

Sendo assim, na ausência de menstruação associada a cólicas, acne, mudança de peso (obesidade ou perda de peso sem razão) ou sintomas que não são habituais, procure um médico ginecologista, para avaliação mais criteriosa e maiores esclarecimentos.

Saiba mais sobre as causas de atraso menstrual (amenorreia), no artigo: O que é amenorreia e quais as suas causas?

Referência:

FEBRASGO - Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia.

É possível estar grávida mesmo que o saco gestacional não apareça no ultrassom?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Sim, é possível estar grávida mesmo que o saco gestacional não apareça no ultrassom.

O saco gestacional começa a ser visto pela ultrassonografia a partir da quinta ou sexta semana de gestação. Antes desse período, a gravidez pode estar presente mesmo sem o saco gestacional visível pelo exame.

Quando a ultrassonografia detecta a gestação sem o saco gestacional, o/a ultrassonografista solicita a repetição do exame em algumas semanas justamente para aguardar o período em que a estrutura será detectável. O saco gestacional fica visível até a 10ª semana de gravidez, após esse período, a estrutura fetal vai desenvolvendo e outros parâmetros são avaliados.

O acompanhamento pré-natal deve ser realizado com consultas periódicas e realização dos exames indicados.

Leia também:

O que é o saco gestacional?

Com quantas semanas é possível ver o embrião no saco gestacional?

Álcool altera o resultado do exame Beta-HCG?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Álcool não altera o resultado do exame Beta-HCG. A ingestão de bebidas alcoólicas pode, sim, alterar o resultado de outros exames, em especial o de triglicerídeos, além dos exames de colesterol e gama glutamil transferase (gama GT). No entanto, o álcool não irá alterar os níveis de Beta-HCG.

Beta-HCG é um hormônio detectado no sangue ou na urina da mulher grávida. O nível sanguíneo de Beta HCG pode ser detectável em torno de 6 a 8 dias após a concepção. O álcool não irá afetar a produção nem a detecção deste hormônio.

Como o período fértil da mulher situa-se no meio do ciclo menstrual, entre o 11º e o 17º dia (considerando um ciclo regular de 28 dias), com variações no período fértil que podem chegar a 7 dias, os resultados mais confiáveis para o Beta-HCG podem ser obtidos 14 dias depois da fecundação, ou seja, próximo da semana do atraso menstrual.

Assim, resultados negativos verificados antes desse período ou em mulheres com ciclos menstruais irregulares devem ser confirmados através de novos exames.

Para maiores esclarecimentos, consulte o/a médico/a clínico/a geral, ginecologista ou médico/a de família.