Perguntar
Fechar

Mamas

O que é um nódulo isodenso?

Um nódulo isodenso observado na mamografia é um nódulo que apresenta a mesma densidade do tecido da mama. Isso significa que, na imagem de raio-x, o nódulo não vai estar nem mais nem menos esbranquiçado que o tecido ao seu redor. Por ser isodenso, os raios-x passam pelo nódulo da mesma forma que atravessam a mama, conferindo assim o mesmo tom esbranquiçado mostrado na mama. 

Os nódulos podem ser densos, isodensos, com baixa densidade, com densidade de gordura ou ainda densidade heterogênea. A densidade é apenas um dos critérios de análise dos nódulos mamários, que também são analisados conforme o tamanho, contorno e limites.

No caso do câncer de mama, os nódulos geralmente têm alta densidade, apresentam contorno irregular ou com espículas (pontas) e limites mal definidos.

Para maiores esclarecimentos, consulte o médico que solicitou o exame.

Também pode lhe interessar:

O que é um nódulo hipoecóico e hipoecogênico?

Um nódulo benigno pode virar maligno?

Caroço no seio que se movimenta e não dói o que pode ser?

Dor nos seios pode estar relacionado com a menopausa?

Sim. Dor nos seios e aumento da sensibilidade nas mamas são sintomas comuns no período de transição para a menopausa. Esses sintomas normalmente reduzem com o passar do tempo e com a entrada definitiva da mulher na menopausa.

A explicação é devido à flutuação da concentração do hormônio estrogênio na circulação sanguínea que ocorre nesse período de transição.

A sensibilidade mamária aumentada pode estar presente em algumas fases do ciclo menstrual (principalmente antes da menstruação) e ser caracterizada normal e transitória.

Porém, dor nos seios pode ser devido a outros problemas de saúde como cistos, nódulos, inflamação mamária (mastite), tabagismo, uso de anticoncepcionais ou terapia de reposição hormonal, etc.

A mulher que sente dores nos seios frequentes deve procurar um serviço de saúde para avaliação com clínico/a geral, médico/a de família e/ou ginecologista.   

Nódulos de mama classificação - categoria:3?

Categoria 3 é indefinida entre benigno e maligno, deve se preocupar sim; não dá para afirmar positivamente nem negativamente se o contraceptivo é a causa desses nódulos, provavelmente não.

Quais os sintomas do câncer de mama?

Os sintomas do câncer de mama estão listados abaixo. Porém, é importante salientar que, embora esses sintomas sejam considerados de alerta, eles não indicam necessariamente a existência do câncer, podendo ser decorrer de doenças benignas.

  • nódulos ou espessamentos nas áreas das mamas e/ou axilas;
  • mudança no tamanho e formato das mamas;
  • aparecimento de retrações na pele e na aréola e/ou mamilo;
  • abaulamento ou modificações do aspecto da pele;
  • secreções pelo mamilo de saída espontânea.

Embora a dor nas mamas seja um sintoma frequente, raramente está relacionada com o câncer, e sim com a ação hormonal no parênquima mamário ou menos frequentemente como resultado de causas extra mamárias, como: alterações ortopédicas, musculares, neurológicas, endócrinas ou inflamatórias.

O único método que permite o diagnóstico precoce do câncer de mama é a mamografia. Através desse método, é possível identificar tumores mamários mesmo antes de serem detectáveis clinicamente.

Apesar do exame mamográfico ser o melhor método para detectar a doença precocemente, ele pode não evidenciar um câncer, sobretudo se as mamas forem densas, ou poderá demonstrar áreas suspeitas que podem não corresponder ao câncer.

Nesses casos, para um diagnóstico mais preciso, pode-se associar outros exames, como a ultra-sonografia, a ressonância magnética e as punções percutâneas, que aumentam as chances diagnósticas.

A confirmação do diagnóstico será conseguida através das punções percutâneas com agulhas finas ou grossas (mamotomia ou core biopsy), nos casos de microcalcificações, nódulos subclínicos e palpáveis, ou ainda por meio de biópsias cirúrgicas.

O diagnóstico e tratamento do câncer de mama deverá ser orientado pelo médico ginecologista ou mastologista.

Tomar anticoncepcional faz aumentar os seios?

O uso de anticoncepcional pode ocasionar retenção de líquidos e, consequentemente, uma sensação de tensão mamilar e aumento nos seios. Isso é mais frequente acontecer durante o uso de anticoncepcionais contendo estrogênio.

A sensação de aumento nos seios não deve ser um impedimento para continuar o uso do anticoncepcional. Normalmente, essa situação é adaptável após os primeiros meses do uso da medicação.

Caso essa situação esteja lhe incomodando, consulte o/a clínico geral, médico/a de família ou ginecologista para avaliar uma possível troca de método ou medicação anticoncepcional.

Leia também:

Anticoncepcional deixa os seios inchados?

Anticoncepcional engorda?

Dor nos seios há três meses o que pode ser?

O que você tem é o que denominamos em medicina de Mastalgia, normalmente está associada com alterações hormonais ou o uso de anticoncepcional, pode também aparecer na gravidez, como em outras situações médicas. Existe tratamento para a mastalgia, com um bom resultado, procure um ginecologista para avaliar a causa da sua Mastalgia e para fazer o tratamento adequado.

Qual o tratamento para fibroadenoma mamário?

O tratamento para fibroadenoma mamário pode ser feito através de controle clínico-radiológico ou cirurgia. Nos tumores menores, em pacientes com menos de 25 anos, pode ser efetuado o controle clínico e ecográfico semestral. Se o fibroadenoma apresentar crescimento progressivo, é indicada a sua remoção cirúrgica.

Nos fibroadenomas múltiplos e pequenos, o médico também pode optar pelo seguimento clínico-radiológico como forma de tratamento. A decisão tem como objetivo evitar as múltiplas incisões que seriam necessárias para remover os tumores por meio de cirurgia.

Contudo, mulheres com mais de 35 anos de idade devem ser sempre submetidas ao tratamento cirúrgico. O procedimento pode ser feito por mamotomia (eficaz para tumores de até 1,5 cm), crioablação (promove a morte do tumor por congelamento a temperaturas extremamente baixas) ou remoção do tumor com incisão cirúrgica.

Dependendo da localização e do tamanho do nódulo, a paciente retorna para casa no mesmo dia da cirurgia ou permanece internada após procedimento e volta para casa no dia seguinte.

A cirurgia de fibroadenoma mamário é rápida e a recuperação costuma ser completa, sendo necessários apenas alguns dias de repouso até a retirada dos pontos e cicatrização completa.

O tratamento do fibroadenoma de mama é da responsabilidade do médico mastologista, que deverá orientar a paciente sobre as vantagens e desvantagens de cada modalidade terapêutica.

Saiba mais em:

O que é um fibroadenoma mamário e quais os sintomas?

Fibroadenoma mamário pode virar câncer?

Fibroadenoma mamário pode virar câncer?

O risco de um fibroadenoma mamário virar câncer é extremamente baixo, já que se trata de um tumor benigno. Quando ocorre, o tumor maligno provavelmente não se originou do fibroadenoma. Casos de transformação maligna são muito raros.

A relação entre fibroadenoma e câncer pode ser calculada pela presença de células malignas dentro do fibroadenoma, risco de malignização dos nódulos e o risco de ter câncer no   futuro, no caso das mulheres que já tiveram fibroadenoma mamário.

Contudo, as chances de um fibroadenoma ter áreas de malignização no seu interior é bastante baixa, apenas 0,1%. Por outro lado, existe uma probabilidade, embora muito pequena, de um fibroadenoma originar um tipo específico de câncer de mama.

Apesar do fibroadenoma mamário evoluir para câncer apenas em casos muito raros, mulheres que já tiveram fibroadenoma podem ter um risco ligeiramente maior de desenvolver câncer de mama no futuro.

Vale lembrar que os nódulos benignos na mama são o resultado de um crescimento exagerado das suas estruturas, sendo o fibroadenoma o tumor benigno de mama mais frequente.

O médico mastologista deverá orientá-la sobre os riscos do fibroadenoma mamário e sobre a necessidade de tratamento.

Saiba mais em:

Um nódulo benigno pode virar maligno?

O que é um fibroadenoma mamário e quais os sintomas?

Qual o tratamento para fibroadenoma mamário?