Perguntar
Fechar

Mamas

Líquido branco saindo da mama pode ser gravidez?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Líquido branco saindo da mama pode ser gravidez, mas pode surgir também em muitas outras situações, associadas ao aumento do hormônio prolactina.

prolactina é um hormônio produzido pela glândula hipófise responsável pela produção de leite durante a amamentação. A produção desse hormônio pode estar aumentada em outras situações como:

  • Uso de certas medicações: antipsicóticos (ex: Clorpromazina, Haloperidol, Risperidona), antidepressivos (Clomipramina), anti-hipertensivos (Metildopa, Verapamil, Reserpina), opióides (Morfina, Codeína) e outros usados para evitar enjoo (Metoclopramida);
  • Tumor na hipófise;
  • Traumas, cirurgias, anestesias.

Entretanto, é importante lembrar que, por volta do 5º mês de gravidez, o líquido que geralmente sai da mama ao apertar o bico do seio é transparente. Trata-se do colostro, o primeiro leite produzido, muito rico em proteínas e anticorpos para proteger o bebê.

Leia também: É normal sair leite antes do bebê nascer?

Portanto, se a mulher não estiver grávida nem amamentando e verificar que está saindo um líquido branco da mama, ela deve procurar um/a médico/a para avaliação.

Estou sentindo meus seios inchados e doloridos, o que pode ser?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Seios inchados e doloridos podem ser causados por diversas situações, sendo as mais frequentes: período pré-menstrual (TPM), alterações hormonais, uso de anticoncepcional, gravidez, etc.

A principal causa de inchaço e dor nos seios quando a mulher não está grávida são as alterações hormonais que ocorrem durante o ciclo menstrual. Esses sintomas tendem a piorar nos dias antes de menstruar, na fase pré-menstrual.

Os próprios anticoncepcionais hormonais também podem deixar os seios inchados, sendo outra causa comum de inchaço nas mamas.

Procure o/a médico/a ginecologista, clínico/a geral ou médico/a de família para uma avaliação completa e detecção da causa do inchaço e dor nos seios.

Leia também:

Seios inchados fora do período menstrual, o que pode ser?

Anticoncepcional deixa os seios inchados?

Queria saber até quando os seios crescem?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

O corpo de mulher, incluindo os seios, podem sofrem modificações durante toda sua vida. Quando a mulher engorda os seios tendem a aumentar de tamanho porque são moldados por gordura e o inverso ocorre quando a mulher emagrece. Antes da menstruação tendem a estar maiores por causa dos hormônios. Quando a mulher engravida, pela primeira vez, as glândulas mamárias terminam seu desenvolvimento e os seios tendem a tornarem-se maiores. Algumas mulheres tem um grande crescimento das mamas durante a gestação, porém os seios tendem a regredir, em parte, após ela parar de amamentar.

Falando em crescimento que ocorre na fase juvenil, geralmente ele pára por volta dos 18 anos de idade, porém ele se modifica muito pouco após os 16 ou 17 anos. Portanto no seu caso que está com 17 anos: o corpo que você tem é este ai, não vai mudar muito.

Após a menstruação meus seios continuam muito doloridos...
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Seios doloridos e inchados é realmente comum antes da menstruação (coisa que incomoda as mulheres e os homens), porém como você mesmo disse isto tende a passar assim que a menstruação desce, geralmente quando não passa significa que a mulher tem algum tipo de distúrbio hormonal (geralmente com excesso de hormônios), mas voltando a sua pergunta que fala sobre a menopausa (na menopausa existe a falta dos hormônios), então acredito que isso não deve ser decorrente da menopausa, até porque em teoria faltam uns 5 anos para você chegar na menopausa. Provavelmente o que você tem é apenas uma alteração hormonal que na maioria das vezes tende a melhorar em poucos dias (as vezes meses). O importante lembrar que você já tem 45 anos então deve fazer a mamografia regularmente.

Nódulo dolorido em mama é sinal para câncer?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Nódulo dolorido em mama não é sinal positivo para câncer de mama, a maioria dos nódulos de mama benignos são doloridos, em contrapartida os nódulo de mama que são malignos, geralmente no começo, são indolores, quando começam a doer pode ser um sinal de estágio avançado do câncer.

Fiz exame de mama: linfonodo intramamário, isso é perigoso?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

A presença de linfonodo intramamário pode não significar nada de grave, isso dependerá do restante do resultado do exame de mama. 

O que precisa ser feito é mostrar o resultado do exame para o/a médico/a que solicitou para que ele/ela lhe explique o resultado global do exame e dê sequência ao procedimento necessário, podendo ser: aguardar um novo exame, solicitar outro método diagnóstico (ultrassonografia, mamografia) ou indicar uma biópsia.

Um linfonodo é um gânglio linfático, um pequeno órgão de defesa que faz parte do sistema linfático do corpo. Esses gânglios estão dispostos em diversos pontos da rede linfática, inclusive na mama (intramamário), e atuam na defesa do organismo

A função do linfonodo é drenar os líquidos presentes ao redor dele. Quando um linfonodo está aumentado, significa que o sistema imunológico está produzindo mais células de defesa naquele gânglio e que a drenagem está sendo maior.

Veja também: Quais os sintomas do câncer de mama? ; O que são linfonodos?

O/a médico/a ginecologista ou mastologista poderá esclarecer as dúvidas, de acordo com o seu caso, e solicitar outros exames se achar necessário.

Está saindo um líquido tipo água do meu seio, o que pode ser?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Saída de líquido do seio é uma situação comum em mulheres na idade fértil e na maioria das vezes é algo benigno e não precisa de preocupação. As causas possíveis podem ser:

  • Fisiológica (normal, não patológica);
  • Aumento do hormônio prolactina;
  • Estresse;
  • Trauma;
  • Cirurgia;
  • Anestesias;
  • Câncer;
  • Tumor na hipófise;
  • Uso de medicações: antipsicóticos (ex: Clorpromazina, Haloperidol, Risperidona), antidepressivos (Clomipramina), antihipertensivos (Metildopa, Verapamil, Reserpina), opióides (Morfina, Codeína) e outros usados para evitar enjoo (Metoclopramida).

De qualquer forma é muito importante uma avaliação do/a ginecologista, médico/a de família ou clinico/a geral para detectar a possível causa e descartar situações malignas.

Nódulo na mama que doí muito é câncer?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Você já deve ter feito exames para avaliar o tipo de nódulo que você tem na mama e ele provavelmente não é câncer, mas para saber só fazendo os exames. Na sua idade os nódulos são, geralmente benignos. Dieta para nódulo de mama "é novidade para mim".

Apareceu um caroço no meu seio esquerdo...
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Pela sua descrição parece um nódulo causado por algum tipo de infecção ou inflamação, pode ser até uma coleção de pus (abcesso), mas só há um jeito de ter certeza do que é, você precisa ser examinada por um médico, procure ajuda.

Estou com os seios inchados e doloridos o que pode ser?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Seios inchados e doloridos são queixas frequentes de mulheres em qualquer idade. A maioria desses problemas é explicada pelas flutuações hormonais ao longo do ciclo menstrual. Em geral, a época em que esses sintomas ficam mais intensos é na fase pré-menstrual, ou seja, dias antes de começar a menstruação.

Os outros tipos de dores ou sensibilidade nos seios são bem raros e podem acontecer não necessariamente vinculadas ao ciclo menstrual, e afetar apenas uma mama ou uma região dela. Nesse caso, havendo presença de outros sintomas como secreção mamilar, alteração da pele da mama, vermelhidão, coceira, nódulo ou caroço, é recomendada a consulta com o/a médico/a para avaliação e exame físico das mamas. 

O auto exame e observação do próprio corpo é muito importante para a compreensão do funcionamento de cada organismo e da percepção de alterações.

Também pode lhe interessar: Dor no seio durante a gravidez: o que fazer para aliviar?

Quais os sintomas do câncer de mama avançado?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Os sintomas do câncer de mama avançado são os mesmos sintomas que podem estar presentes na fase inicial da doença.

O principal sinal é a presença de um nódulo (caroço) fixo no seio, que geralmente não causa dor. Outros sinais e sintomas do câncer de mama incluem: pele da mama vermelha, repuxada ou com aspecto de casca de laranja, alterações no mamilo (mamilo invertido, coceira, vermelhidão), aparecimento de pequenos nódulos nas axilas ou no pescoço e saída de secreção da mama.

O câncer de mama inflamatório, uma forma agressiva da doença, também pode deixar as mamas inchadas e provocar coceira nos seios. A presença de inchaço ou nódulos na região da clavícula ou axila podem indicar que o câncer está avançado e já se espalhou pelos gânglios linfáticos desses locais. O inchaço pode surgir antes mesmo que a mulher tenha detectado o caroço no seio.

É importante lembrar que nem todo caroço na mama é câncer. Existem várias condições benignas que causam o mesmo sintoma. Além disso, todos os outros sinais e sintomas apresentados também podem estar presentes em doenças benignas da mama.

Contudo, é importante que a mulher esteja atenta a qualquer alteração nos seios e procure o/a médico/a ginecologista, médico/a de família ou clínico/a geral se observar algum desses sintomas. 

Identificar precocemente o câncer de mama é muito importante para o sucesso do tratamento. Se for diagnosticada no início, a doença pode ter até 95% de chances de cura.

Leia também: 

Quais os sintomas do câncer de mama?

Câncer de mama tem cura? Qual o tratamento?

Quais os fatores de risco para o câncer de mama?

Tenho dor nos seios 15 dias antes da menstruação?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Não. Nenhum tipo de dor é normal, quando esta dor é repetitiva e sempre na mesma época do ciclo menstrual provavelmente tem relação com as alterações hormonais normais do ciclo menstrual e pode não ser uma doença, porém nunca pode ser considerada normal.