Perguntar
Fechar

Suspeita de Gravidez

Relação com camisinha qual probabilidade ocorrer gravidez?

Uma relação sexual com camisinha apresenta em torno de 2 a 5% de chance de ocorrer gravidez.

O coito interrompido não é uma técnica indicada enquanto método contraceptivo.

O coito interrompido, caracterizado pela ejaculação fora da vagina, pode apresentar falhas no tempo em que a ejaculação ocorre, além de poder conter esperma no líquido pré-ejaculatório. Sendo assim, a taxa de falha do coito interrompido é em torno de 20%.

Quando há utilização da camisinha, não há necessidade de ejacular fora da vagina, pois o líquido da ejaculação será armazenado pela camisinha.

A camisinha (preservativo) é um excelente contraceptivo e um método de barreira contra agentes infecciosos de doenças sexualmente transmissíveis. Embora não seja 100% eficiente, pode chegar a um valor muito próximo disto para a maioria das doenças e também para a prevenção da gravidez.

O preservativo é oferecido gratuitamente pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e pode ser adquirido nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) ou nas Unidades de Saúde da Família (UBSF).

Leia também: O que fazer para tirar camisinha que ficou dentro da vagina?

O que significa o colo do útero fechado? É sinal de gravidez?

Ter o colo do útero fechado pode ser sinal de gravidez, mas também pode indicar que a mulher não está no seu período fértil, ou seja, não está ovulando. Portanto, nem sempre significa gravidez.

Se o colo do útero estiver fechado e rígido, provavelmente você não está grávida.

Regra geral, o colo do útero está aberto e macio nas seguintes situações:

  • Durante a menstruação, para permitir a saída do fluxo menstrual;
  • Quando a mulher está ovulando, para permitir a entrada do espermatozoide e ela poder engravidar;
  • No final da gravidez, para que o bebê possa sair.

Essa abertura do colo do útero pode ser percebida pelo exame de toque vaginal que a própria mulher pode realizar ou durante o exame ginecológico.

Durante a gravidez o colo do útero se fecha para não deixar o feto sair, mas ele também está fechado no período não-fértil da mulher.

Sinais como esse do colo do útero aberto ou fechado não é utilizado para diagnosticar a gestação. A detecção da gravidez é através de um exame de sangue ou urina. Se a sua menstruação estiver atrasada e desconfiar que está grávida, procure uma unidade de saúde para uma avaliação.

Posso engravidar na primeira cartela do anticoncepcional?

Sim. A mulher pode engravidar na primeira cartela do anticoncepcional.  

Os primeiros três meses do uso da pílula anticoncepcional são de adaptação hormonal à nova medicação bem como a adequação da mulher aos horários da tomada. Sendo assim, pode haver alguma falha nesse processo, resultando em gravidez indesejada. É indicado o uso de outro método anticoncepcional nesse período de adaptação como, por exemplo, o preservativo feminino ou masculino. 

Outro caso possível é o início do uso da pílula anticoncepcional ter sido realizado sem descartar a possibilidade de gravidez ou sem aguardar a menstruação. Nesse caso, a mulher já estava grávida antes de ter começado a tomar a medicação. 

Vale a pena ressaltar que a pílula anticoncepcional não previne doenças sexualmente transmissíveis que podem ser evitadas com o uso do preservativo. 

A pílula anticoncepcional deve ser tomada 1 comprimido por dia sempre no mesmo horário. 

Para iniciar o uso da pílula anticoncepcional, siga as recomendações do/a profissional de saúde que prescreveu a medicação para evitar intervalos desnecessários e não prorrogar o momento de iniciar a pílula.

Minha namorada começou a tomar este mês anticoncepcional...

Não há problema nenhum em ter começado apenas no terceiro dia (apesar que o ideal seria no primeiro dia, principalmente que começou a tomar agora), se ela tomou certinho todos os dias (não esqueceu nenhum), provavelmente não deve estar grávida, apesar que não costumamos confiar totalmente na primeira cartela do anticoncepcional, geralmente a mulher deve se cuidar com camisinha no primeiro mês... Agora o jeito é fazer o exame para gravidez.

Posso estar grávida mesmo com o exame dando negativo?

Sim, é possível estar grávida com o exame negativo.

Os níveis do hormônio hCG começam a subir depois de 8 dias que ocorreu a fecundação, logo após a implantação do óvulo fecundado no útero. Se o exame de gravidez for feito antes dessa fase, o resultado poderá ser um falso negativo.

Isso porque ainda não há uma quantidade de hormônio circulante que seja suficiente para ser detectada pelo exame.

Os testes de gravidez de farmácia (beta-HCG qualitativo), feitos com urina, demoram um pouco mais para acusar positivo, uma vez que a concentração do hormônio na urina é bem menor que no sangue.

Os exames qualitativos de beta-HCG não mostram a quantidade de hormônio encontrada no sangue. Esses testes dizem apenas "positivo" ou "negativo".

Portanto, para evitar falsos negativos, recomenda-se que os testes de farmácia sejam feitos com duas semanas de atraso da menstruação.

Os exames quantitativos de beta-HCG são mais precisos, pois eles indicam a quantidade da subunidade "beta" do HCG presente no sangue. Estes testes podem detectar uma gravidez logo no 1º dia de atraso da menstruação.

Por isso, na presença de atraso menstrual e outros sintomas de gravidez, é recomendado a repetição do exame em algumas semanas. Se fizer novamente o teste e continuar negativo, consulte com a/o ginecologista, médica/o de família ou clínica/o geral para que esses sintomas sejam devidamente investigados.​

Relação sem penetração ou ejaculação pode ficar grávida?

Relação sem penetração ou ejaculação dentro ou na entrada da vagina, não engravida. No entanto, se houve penetração, mesmo sem ejaculação, existe o risco de gravidez.

Isso porque o fluido que sai do pênis durante a relação, antes do homem ejacular, pode conter espermatozoides. Neste caso, apesar das chances de engravidar serem reduzidas, elas existem.

O chamado "coito interrompido", que consiste em tirar o pênis da vagina pouco antes de ejacular, não é considerado um método anticoncepcional seguro.

A melhor forma de evitar uma gravidez é utilizando um método contraceptivo eficaz, como a camisinha ou a pílula anticoncepcional, por exemplo. A vantagem do preservativo é que previne também doenças sexualmente transmissíveis.

Relações sexuais sem penetração vaginal não é capaz de causar gravidez. Porém, uma relação sexual com penetração vaginal mas sem ejaculação na vagina pode causar gravidez. Se o casal não deseja uma gravidez, é importante utilizar métodos contraceptivos eficazes.

Procure o/a clínico/a geral, médico/a de família ou ginecologista para escolher o melhor método indicado.

Tive relação desprotegida e tomei a pílula do dia seguinte?

A relação foi perto da menstruação e você usou a pílula do dia seguinte, então as chances de gravidez são muito pequenas; além de que seus sintomas não parecem ser de gravidez, talvez o uso da pílula ou a própria ansiedade gerada por toda essa situação possa ser a causa dos seus sintomas, mas só há um jeito de descobrir: vá a um médico.

No exame preventivo dá para saber se eu estou grávida?

Não. O exame preventivo não serve para diagnosticar gravidez.

A partir da realização do exame preventivo não é possível identificar se uma mulher está ou não grávida. O exame preventivo tem a utilidade de identificar alterações nas células do colo do útero e vagina para detectar precocemente lesões ou doenças como câncer do colo do útero. Dessa forma, o resultado que o preventivo fornece não é capaz de informar gravidez.

Os testes de diagnóstico da gestação são a partir do exame Beta-HCG no sangue ou na urina e com a ultrassonografia transvaginal ou abdominal.

A mulher grávida pode e deve fazer o exame preventivo durante a gravidez para identificar alterações, mas não com o objetivo de descobrir a gestação.

Se você tem suspeita de gravidez, procure um serviço de saúde para a melhor identificação e acompanhamento.