O que é colesterol LDL e HDL?

Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

O colesterol LDL e o colesterol HDL são dois tipos de lipoproteínas, uma combinação de gorduras (lipídios) e proteínas. Esses lipídios precisam se ligar às proteínas para serem transportados na corrente sanguínea.

O colesterol é um tipo de gordura encontrada em todas as células do corpo, produzido pelo fígado e também presente em alguns alimentos, como carnes e laticínios. O corpo precisa de colesterol para funcionar adequadamente. Contudo, o excesso de colesterol no sangue aumenta o risco de doenças cardiovasculares.

Saiba mais em: Quais os riscos do colesterol alto?

Colesterol LDL

LDL , abreviação de Low Density Lipoprotein, ou lipoproteína de baixa densidade, é o colesterol considerado "ruim", dentre as frações de colesterol no sangue, porque tem a característica de se aderir à parede interna do vaso sanguíneo, podendo causar formação de placas de gordura e consequentemente, obstruções desses vasos. A obstrução leva a redução do fluxo sanguíneo, e origina doenças cardiovasculares e cerebrovasculares.

Quais são os valores de referência do colesterol LDL?

Valores de colesterol LDL Classificação
Menos de 100 mg/dL Ideal
100-129 mg/dL Adequado
130-159 mg/dL Limite alto
160-189 mg/dL Alto
190 mg/dL ou mais Muito alto

O que pode deixar o colesterol LDL alto?

Dieta rica em gorduras: a gordura saturada e o colesterol presente nos alimentos, aumentam o nível de colesterol ruim no sangue.

Excesso de peso: estar acima do peso tende a aumentar o LDL, diminuir o HDL e aumentar o nível total de colesterol.

Falta de exercício físico: a falta de atividade física leva ao ganho de peso, o que pode aumentar o nível do colesterol LDL.

Fumar: fumar reduz o colesterol bom (HDL). Como o HDL ajuda a eliminar o colesterol ruim (LDL) das artérias, sua redução é prejudicial ao organismo.

Idade avançada e alterações hormonais: à medida que mulheres e homens envelhecem, seus níveis de colesterol aumentam. Antes da menopausa, as mulheres apresentam níveis mais baixos de colesterol total do que os homens da mesma idade. Após a menopausa, os níveis de LDL nas mulheres tendem a aumentar.

História familiar: a genética determina parcialmente a quantidade de colesterol que o corpo produz.

Medicamentos: alguns medicamentos, incluindo esteroides, e certos medicamentos para pressão arterial e HIV/AIDS podem aumentar a taxa de LDL no sangue.

Doenças: doença renal crônica, diabetes e HIV podem aumentar o nível do colesterol LDL.

Como baixar o colesterol LDL?

Dieta: diminuir o consumo de alimentos ricos em gorduras.

Controle de peso: se estiver acima do peso, a perda de peso pode ajudar a reduzir o colesterol ruim (LDL).

Atividade física: praticar exercícios físicos regularmente, durante 30 minutos, pelo menos 4 vezes por semana.

Medicamentos: se as mudanças no estilo de vida não forem capazes de baixar o nível de LDL, pode ser necessário acrescentar medicamentos para reduzir o colesterol, como as estatinas.

Aférese de lipoproteínas: Algumas pessoas com hipercolesterolemia familiar podem receber esse tratamento, que utiliza uma máquina de filtragem para remover o colesterol ruim (LDL) do sangue e devolver o restante do sangue para a circulação.

Colesterol HDL

HDL , abreviação de High Density Lipoprotein, ou lipoproteína de alta densidade, conhecido como colesterol "bom", porque remove o colesterol “ruim” (LDL) da circulação sanguínea, transportando-o para o fígado, onde será eliminado do corpo. Além disso, por ter alta densidade, o colesterol HDL não flutua na superfície do sangue e assim, não se deposita nas paredes dos vasos sanguíneos.

Quais são os valores de referência do colesterol HDL?

Idade Valores de colesterol HDL
Homens e mulheres com até 19 anos Mais de 45 mg/dL
Homens a partir dos 20 anos Mais de 40 mg/dL
Mulheres a partir dos 20 anos Mais de 50 mg/dL

Como aumentar o colesterol HDL?

Dieta

Para aumentar o nível de HDL, recomenda-se comer gorduras “boas” em vez de gorduras “más”. Isso significa limitar o consumo de alimentos ricos em gorduras saturadas, como leite integral, queijos e carnes com alto teor de gordura (salsichas, bacon), além de refeições preparadas com manteiga, banha de porco e óleo vegetal hidrogenado.

Também deve-se evitar gorduras trans, presentes em algumas margarinas, frituras e alimentos processados. No lugar dessas gorduras “más”, deve-se dar prioridade a gorduras insaturadas, consideradas “boas”, encontradas no abacate, azeite, nozes, amêndoas e avelãs.

É importante também limitar o consumo de carboidratos, especialmente açúcar, e aumentar o consumo de alimentos ricos em fibras, como aveia e feijão.

Controle do peso: É possível aumentar o nível de colesterol HDL perdendo peso, sobretudo se a pessoa tiver muita gordura na cintura.

Exercícios: O exercício regular pode aumentar o colesterol bom (HDL), bem como reduzir o colesterol ruim (LDL). Para isso, recomenda-se praticar atividade física por 30 minutos, pelo menos 4 dias por semana.

Não fumar: Fumar ou se expor à fumaça do cigarro pode reduzir o nível de colesterol HDL.

Reduzir o consumo de álcool: O consumo moderado de bebidas alcoólicas pode diminuir o colesterol HDL. Em excesso, o álcool pode causar ganho de peso, o que reduz o nível de HDL.

Medicamentos: Alguns medicamentos para colesterol, incluindo certas estatinas, podem aumentar o nível de colesterol bom (HDL), bem como diminuir o colesterol ruim (LDL). Em geral, esses medicamentos não são usados apenas para aumentar o HDL. Porém, se a pessoa tiver um HDL baixo e um LDL alto, pode precisar de medicação.

Certos medicamentos podem diminuir os níveis de HDL em algumas pessoas, tais como:

  • Betabloqueadores (medicamento para pressão arterial);
  • Esteroides anabolizantes, incluindo testosterona, um hormônio masculino;
  • Progestinas (hormônios femininos encontrados em algumas pílulas anticoncepcionais e usados em terapia de reposição hormonal);
  • Benzodiazepínicos (sedativos frequentemente usados para ansiedade e insônia).

Para maiores esclarecimentos sobre colesterol, consulte um médico clínico geral ou médico de família.

Pode lhe interessar também: 10 alimentos que vão ajudar a baixar o colesterol