Quais as causas da insuficiência venosa?

Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

As principais causas de insuficiência venosa são:

  • Veias profundas danificadas, ineficientes;
  • Malformação vascular;
  • Trombos, obstrução de veias (trombose venosa profunda);
  • Traumas;
  • Tumores (mais raramente).

A insuficiência venosa é uma doença caracterizada por uma série de sinais e sintomas decorrentes do refluxo ou obstrução do fluxo sanguíneo dentro das veias.

Talvez mais importante do que conhecer as causas da insuficiência venosa, seja entender os fatores de risco que desencadeiam a doença. Excluindo a predisposição genética, a grande maioria dos fatores desencadeantes são preveníveis, por isso vale a pena entendê-los.

Quais são os principais fatores de risco para insuficiência venosa?

Dentre os fatores de risco para desenvolver a doença podemos citar como os mais comuns:

  • História familiar (predisposição genética);
  • Gênero, é mais comum nas mulheres;
  • Idade, acima de 35 anos, embora possa ocorrer em qualquer idade;
  • Gestação,
  • Aumento de peso, sobrepeso ou obesidade;
  • Tabagismo;
  • Sedentarismo (falta de exercícios físicos);
  • Hábitos de vida, por exemplo passar muitas horas em pé ou sentado;
  • Hormônios, pílulas anticoncepcionais.

Gravidez

Com o aumento dos níveis de progesterona, como ocorre na gravidez, os vasos tornam-se mais frágeis, aumentando os riscos do desenvolvimento de insuficiência venosa.

Complicações

Sem tratamento, a insuficiência venosa aumenta o risco de desenvolver complicações como: inchaço, trombose venosa profunda, alterações na pele, erisipela, dermatites e úlceras varicosas.

Prevenção

Para combater e prevenir a insuficiência venosa, recomenda-se movimentar sempre as pernas, evitar mantê-las para baixo ou paradas por muito tempo; praticar atividade física regularmente, com acompanhamento; manter o peso e dietas adequados e fazer uso de meias elásticas de baixa ou média compressão durante o dia (quando recomendado) e durante viagens prolongadas.

O tratamento da insuficiência venosa é da responsabilidade do/a médico/a angiologista ou cirurgião/ã vascular.

Leia também:

Quais os sintomas da insuficiência venosa?

Insuficiência venosa tem cura? Como é o tratamento?